Ceará terá dados policiais incluídos no Sistema Nacional de Segurança

ATÉ 20 DE AGOSTO

Ceará terá dados policiais incluídos no Sistema Nacional de Segurança

A partir de agosto, dados cearenses, como registro de boletins de ocorrências, vão ser integrados com um sistema nacional. O Ceará vai se unir a outros nove estados brasileiros que já utilizam a ferramenta

Por Nordestv em Nordestv Notícias

18 de julho de 2018 às 19:20

Há 5 meses
André Costa repassou detalhes após a reunião (FOTO: Reprodução/Nordestv Notícias)

André Costa repassou detalhes após a reunião (FOTO: Reprodução/Nordestv Notícias)

Representantes da Secretaria Nacional de Segurança Pública estiveram na sede da Secretaria de Segurança Pública do Ceará para discutir propostas de integração e padronização da segurança. Foi definida também a instalação do Centro Regional de Inteligência no estado.

A partir de agosto, dados cearenses, como registro de boletins de ocorrências, vão ser integrados com um sistema nacional. O Ceará vai se unir a outros nove estados brasileiros que já utilizam a ferramenta.

“A gente estabeleceu um cronograma até o dia 20 de agosto, que o Ceará vai passar a estar 100%. A partir daí a gente trabalha até o final do ano de transmitir os dados que tem pra trás, dos últimos anos”, afirma André Costa, secretário de Segurança Pública e Defesa Social.

Além disso, foi discutida também qualificação dos profissionais da segurança que devem receber formação continuada e a possibilidade de convênio entre Secretaria de Segurança e Senasp.

Já o Centro Regional de Inteligência deve ser implantado em 90 dias, no Palácio Iracema. A expectativa é aperfeiçoar o trabalho dos agentes de segurança do estado. “Ainda no começo de agosto fazer a reunião em Fortaleza para fechar detalhes do funcionamento do Centro, o que cada estado vai disponibilizar”.

Confira todos os detalhes na reportagem do Nordestv Notícias, da Nordestv/Band:

Publicidade

Dê sua opinião

ATÉ 20 DE AGOSTO

Ceará terá dados policiais incluídos no Sistema Nacional de Segurança

A partir de agosto, dados cearenses, como registro de boletins de ocorrências, vão ser integrados com um sistema nacional. O Ceará vai se unir a outros nove estados brasileiros que já utilizam a ferramenta

Por Nordestv em Nordestv Notícias

18 de julho de 2018 às 19:20

Há 5 meses
André Costa repassou detalhes após a reunião (FOTO: Reprodução/Nordestv Notícias)

André Costa repassou detalhes após a reunião (FOTO: Reprodução/Nordestv Notícias)

Representantes da Secretaria Nacional de Segurança Pública estiveram na sede da Secretaria de Segurança Pública do Ceará para discutir propostas de integração e padronização da segurança. Foi definida também a instalação do Centro Regional de Inteligência no estado.

A partir de agosto, dados cearenses, como registro de boletins de ocorrências, vão ser integrados com um sistema nacional. O Ceará vai se unir a outros nove estados brasileiros que já utilizam a ferramenta.

“A gente estabeleceu um cronograma até o dia 20 de agosto, que o Ceará vai passar a estar 100%. A partir daí a gente trabalha até o final do ano de transmitir os dados que tem pra trás, dos últimos anos”, afirma André Costa, secretário de Segurança Pública e Defesa Social.

Além disso, foi discutida também qualificação dos profissionais da segurança que devem receber formação continuada e a possibilidade de convênio entre Secretaria de Segurança e Senasp.

Já o Centro Regional de Inteligência deve ser implantado em 90 dias, no Palácio Iracema. A expectativa é aperfeiçoar o trabalho dos agentes de segurança do estado. “Ainda no começo de agosto fazer a reunião em Fortaleza para fechar detalhes do funcionamento do Centro, o que cada estado vai disponibilizar”.

Confira todos os detalhes na reportagem do Nordestv Notícias, da Nordestv/Band: