Produção de leite é prejudicada pela seca

Compartilhar por e-mail

Produtores de leite do estado do Ceará estão amargando prejuízos por causa da seca que castiga o estado nos últimos anos. Medidas urgentes foram anunciadas pelo Governo Federal, mas ainda não são suficientes para resolver o problema.

No bairro Mondubim uma unidade tem capacidade de produzir 40 mil litros de leite por dia, mas deixou de funcionar a um ano e a produção de leite da fábrica acabou sendo terceirizado para reduzir custos. Das oito cooperativas que enviavam leite para a industria, apenas quatro continuam encaminhando sua produção. Em março do ano passado foram recebidos 1,2 milhões de litros de leite, já neste ano foram apenas 600 mil litros recebidos pela cooperativa.

A seca também afetou o fornecimento para o Programa Fome Zero, o contrato prevê a entrega de 273 mil litros de leite por mês. Mas apenas 104 mil litros de leite tem saído da cooperativa para atender o programa do Governo Federal.  O setor recebeu autorização para produzir leite longa vida e pasteurizado a partir de leite em pó adquirido de outros estados durante três anos, um alívio temporário, mesmo assim a demanda ainda é maior do que a capacidade de produção.

Imagem de Amostra do You Tube

Comentários