Pedido do Ministério Público para acabar com torcidas organizadas divide opiniões

DECISÃO

Pedido do Ministério Público para acabar com torcidas organizadas divide opiniões

Após as mortes, que atingiram lideranças de uma torcida organizada, o governo anunciou maior controle nas entradas dos estádios

Por TV Jangadeiro em Jornal Jangadeiro

13 de Março de 2018 às 16:37

Há 9 meses
fim torcida organizada

Medidas devem ser tomadas ao longo do ano (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Os suspeitos de envolvimento na Chacina no Benfica seriam de uma facção criminosa. Conforme reportagem da TV Jangadeiro/SBT, um dos foragidos seria filho de um sargento da Polícia Militar.

Após as mortes de sexta-feira (9), que atingiram lideranças de uma torcida organizada, o governo anunciou maior controle nas entradas dos estádios. Já o Ministério Público quer o fim das torcidas. “É o fim das torcidas organizadas que estão envolvidas com o crime, isso não vamos admitir”, afirma o coordenador do Núcleo de Defesa do Torcedor, Edvando França.

Em 2013, o Núcleo do Desporto e da Defesa do Torcedor, do Ministério Público do Ceará, entrou com uma ação civil pública para a imediata extinção das atividades das três torcidas organizadas do estado e a proibição das pessoas entrarem nos estádios com objetos que identificam as torcidas.

As medidas foram acatadas em 2016, mas o processo, até agora, aguarda julgamento de recurso no Tribunal de Justiça do Ceará. Para os torcedores, no entanto, esta não seria medida mais adequada.

Agilidade

O Ministério Público estadual cobra agilidade na tramitação da proposta de extinção das torcidas organizadas, já que na última sexta-feira, quatro das sete vítimas da chacina do Benfica seriam membros da diretoria da TUF.

Logo após os crimes, o secretário de Segurança não descartou a possibilidade de as mortes terem ligação com briga entre torcidas.

A produção da TV Jangadeiro tentou ouvir representantes das torcidas organizadas e os dirigentes dos clubes Ceará e Fortaleza sobre a possibilidade do fim das torcidas organizadas. Não houve resposta.

Propostas para reduzir a violência

Na segunda-feira, o Estado e Município apresentaram propostas para reduzir a violência e aumentar a proteção dos torcedores dentro e no entorno do estádios. Entre as medidas, aumento do efetivo policial em dias de jogos e criação de uma comissão parlamentar mista com representantes da Câmara dos Vereadores, Assembleia Legislativa e apoio das Secretarias de Esportes.

A Prefeitura de Fortaleza pretende implementar o quanto antes a identificação biométrica para torcedores terem acesso aos estádios.

Confira todos os detalhes na reportagem do Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT:

Publicidade

Dê sua opinião

DECISÃO

Pedido do Ministério Público para acabar com torcidas organizadas divide opiniões

Após as mortes, que atingiram lideranças de uma torcida organizada, o governo anunciou maior controle nas entradas dos estádios

Por TV Jangadeiro em Jornal Jangadeiro

13 de Março de 2018 às 16:37

Há 9 meses
fim torcida organizada

Medidas devem ser tomadas ao longo do ano (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Os suspeitos de envolvimento na Chacina no Benfica seriam de uma facção criminosa. Conforme reportagem da TV Jangadeiro/SBT, um dos foragidos seria filho de um sargento da Polícia Militar.

Após as mortes de sexta-feira (9), que atingiram lideranças de uma torcida organizada, o governo anunciou maior controle nas entradas dos estádios. Já o Ministério Público quer o fim das torcidas. “É o fim das torcidas organizadas que estão envolvidas com o crime, isso não vamos admitir”, afirma o coordenador do Núcleo de Defesa do Torcedor, Edvando França.

Em 2013, o Núcleo do Desporto e da Defesa do Torcedor, do Ministério Público do Ceará, entrou com uma ação civil pública para a imediata extinção das atividades das três torcidas organizadas do estado e a proibição das pessoas entrarem nos estádios com objetos que identificam as torcidas.

As medidas foram acatadas em 2016, mas o processo, até agora, aguarda julgamento de recurso no Tribunal de Justiça do Ceará. Para os torcedores, no entanto, esta não seria medida mais adequada.

Agilidade

O Ministério Público estadual cobra agilidade na tramitação da proposta de extinção das torcidas organizadas, já que na última sexta-feira, quatro das sete vítimas da chacina do Benfica seriam membros da diretoria da TUF.

Logo após os crimes, o secretário de Segurança não descartou a possibilidade de as mortes terem ligação com briga entre torcidas.

A produção da TV Jangadeiro tentou ouvir representantes das torcidas organizadas e os dirigentes dos clubes Ceará e Fortaleza sobre a possibilidade do fim das torcidas organizadas. Não houve resposta.

Propostas para reduzir a violência

Na segunda-feira, o Estado e Município apresentaram propostas para reduzir a violência e aumentar a proteção dos torcedores dentro e no entorno do estádios. Entre as medidas, aumento do efetivo policial em dias de jogos e criação de uma comissão parlamentar mista com representantes da Câmara dos Vereadores, Assembleia Legislativa e apoio das Secretarias de Esportes.

A Prefeitura de Fortaleza pretende implementar o quanto antes a identificação biométrica para torcedores terem acesso aos estádios.

Confira todos os detalhes na reportagem do Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT: