Números de registros de boletins de ocorrência diminuem em comparação ao ano passado

INVESTIGAÇÃO

Números de registros de boletins de ocorrência diminuem em comparação ao ano passado

De janeiro a agosto de 2017, foram registrados 184.361 mil boletins de ocorrência delituosos no Ceará

Por TV Jangadeiro em Jornal Jangadeiro

9 de outubro de 2017 às 18:06

Há 2 meses
Boletins de Ocorrência ajuda nas investigações da polícia (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Boletins de Ocorrência ajuda nas investigações da polícia (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

A cada minuto, mais de um Boletim de Ocorrência é registrado no Ceará.

O documento é importante para ajudar a polícia nas investigações, mas a falta de efetivo faz com que muitos crimes demorem a ser solucionados.

Resultado: boa parte da população não registra B.O. E assim acaba contribuindo para tornar mais grave o problema.

De janeiro a agosto desse ano foram registrados 184.361 mil boletins de ocorrência delituosos no Ceará e outros 209.734 sobre ocorrências sem crime.

É uma média de 759 B.Os de crimes por dia e 863 não delituosos. Fazendo as contas dá mais de um por minuto em todo o Ceará.

Mas, apesar de alarmantes, dados da Secretaria de Segurança Pública mostram que, por outro lado, esses números são menores do que no mesmo período de 2016. Esse resultado revela que muita gente não acredita na utilidade dos B.Os.

Veja todos os detalhes no vídeo do Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT:

Veja outros vídeos do Jornal Jangadeiro.

Publicidade

Dê sua opinião

INVESTIGAÇÃO

Números de registros de boletins de ocorrência diminuem em comparação ao ano passado

De janeiro a agosto de 2017, foram registrados 184.361 mil boletins de ocorrência delituosos no Ceará

Por TV Jangadeiro em Jornal Jangadeiro

9 de outubro de 2017 às 18:06

Há 2 meses
Boletins de Ocorrência ajuda nas investigações da polícia (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Boletins de Ocorrência ajuda nas investigações da polícia (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

A cada minuto, mais de um Boletim de Ocorrência é registrado no Ceará.

O documento é importante para ajudar a polícia nas investigações, mas a falta de efetivo faz com que muitos crimes demorem a ser solucionados.

Resultado: boa parte da população não registra B.O. E assim acaba contribuindo para tornar mais grave o problema.

De janeiro a agosto desse ano foram registrados 184.361 mil boletins de ocorrência delituosos no Ceará e outros 209.734 sobre ocorrências sem crime.

É uma média de 759 B.Os de crimes por dia e 863 não delituosos. Fazendo as contas dá mais de um por minuto em todo o Ceará.

Mas, apesar de alarmantes, dados da Secretaria de Segurança Pública mostram que, por outro lado, esses números são menores do que no mesmo período de 2016. Esse resultado revela que muita gente não acredita na utilidade dos B.Os.

Veja todos os detalhes no vídeo do Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT:

Veja outros vídeos do Jornal Jangadeiro.