Ministério Público entra com ação contra a Sesa para suspender licitação

CONTRATAÇÃO

Ministério Público entra com ação contra a Secretaria de Saúde para suspender licitação

Segundo o procurador do Ministério Público de Contas, a lei exige que cargos na área de saúde sejam preenchidos somente através de concursos

Por TV Jangadeiro em Jornal Jangadeiro

28 de Fevereiro de 2018 às 15:28

Há 7 meses
Contratação de técnicos de Enfermagem por licitação pode ser suspensa (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Contratação de técnicos de Enfermagem por licitação pode ser suspensa (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

O Ministério Público de Contas entrou com uma ação na Justiça contra a Secretaria de Saúde do Ceará.

A ação pede que a Justiça emita uma liminar suspendendo a contratação de técnicos de Enfermagem por licitação, ou seja, para trabalhar como terceirizados na rede estadual.

Segundo o procurador do Ministério Público de Contas, Gleydson Alexandre, a lei exige que cargos na área de saúde sejam preenchidos somente através de concursos. “Esse é o princípio da isonomia, ou seja, dá a possibilidade que todos participem dessas contratações”.

No fim do ano passado, a Sesa foi alvo de uma operação que descobriu a existência de parentesco entre gestores da Secretaria e funcionários terceirizados. Um dos envolvidos era o próprio secretário da Saúde, Henrique Javi, que tinha dois irmãos trabalhando como terceirizados em instituições vinculadas ao órgão.

A TV Jangadeiro apurou que a licitação da Sesa prevê um contrato de mais de R$ 55.300 milhões, dinheiro que seria suficiente para a contratação de 25 Areninhas.

A produção do Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT, entrou em contato com a Secretaria da Saúde, para questionar qual o posicionamento do órgão sobre essa representação do Ministério Público de Contas; mas, até o fechamento da matéria, não houve retorno.

Veja todos os detalhes no vídeo do Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT:

Veja outros vídeos do Jornal Jangadeiro.

Publicidade

Dê sua opinião

CONTRATAÇÃO

Ministério Público entra com ação contra a Secretaria de Saúde para suspender licitação

Segundo o procurador do Ministério Público de Contas, a lei exige que cargos na área de saúde sejam preenchidos somente através de concursos

Por TV Jangadeiro em Jornal Jangadeiro

28 de Fevereiro de 2018 às 15:28

Há 7 meses
Contratação de técnicos de Enfermagem por licitação pode ser suspensa (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Contratação de técnicos de Enfermagem por licitação pode ser suspensa (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

O Ministério Público de Contas entrou com uma ação na Justiça contra a Secretaria de Saúde do Ceará.

A ação pede que a Justiça emita uma liminar suspendendo a contratação de técnicos de Enfermagem por licitação, ou seja, para trabalhar como terceirizados na rede estadual.

Segundo o procurador do Ministério Público de Contas, Gleydson Alexandre, a lei exige que cargos na área de saúde sejam preenchidos somente através de concursos. “Esse é o princípio da isonomia, ou seja, dá a possibilidade que todos participem dessas contratações”.

No fim do ano passado, a Sesa foi alvo de uma operação que descobriu a existência de parentesco entre gestores da Secretaria e funcionários terceirizados. Um dos envolvidos era o próprio secretário da Saúde, Henrique Javi, que tinha dois irmãos trabalhando como terceirizados em instituições vinculadas ao órgão.

A TV Jangadeiro apurou que a licitação da Sesa prevê um contrato de mais de R$ 55.300 milhões, dinheiro que seria suficiente para a contratação de 25 Areninhas.

A produção do Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT, entrou em contato com a Secretaria da Saúde, para questionar qual o posicionamento do órgão sobre essa representação do Ministério Público de Contas; mas, até o fechamento da matéria, não houve retorno.

Veja todos os detalhes no vídeo do Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT:

Veja outros vídeos do Jornal Jangadeiro.