Médicos e pacientes ficam surpresos com o fim do atendimento de emergência na Santa Casa

PORTAS FECHADAS

Médicos e pacientes ficam surpresos com o fim do atendimento de emergência na Santa Casa

Quem precisar de atendimento de urgência deve procurar uma das 11 Upas de Fortaleza

Por TV Jangadeiro em Jornal Jangadeiro

16 de Janeiro de 2018 às 18:22

Há 4 meses
Santa Casa de Misericórdia de Fortaleza deixa de atender serviços de emergências(FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Santa Casa de Misericórdia de Fortaleza deixa de atender serviços de emergências(FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

O serviço de emergência da Santa Casa de Misericórdia de Fortaleza deixou de funcionar nesta terça-feira (16). A medida deve afetar milhares de pacientes.

Onde era a entrada da emergência, portas fechadas e o aviso: “a partir do dia 16 de janeiro, o atendimento dos pacientes de urgência será feito nas Upas”.

A notícia surpreendeu muita gente, que ficou revoltada com o fim do serviço. “É um absurdo um negócio desse, não pode um negócio desse. As Upas já são ruins e com a Santa Casa fechando (…)”

Até médicos que trabalham na Santa Casa de Misericórdia são contrários ao fechamento da emergência. “Quase 20 médicos ficarão desempregados, apesar da precariedade, ela é uma emergência clínica apenas, mas atendia muita gente, principalmente as pessoas do Centro”, comenta Tarcísio Dias – médico e diretor do Centro de Estudos da Santa Casa.

A direção da Santa Casa explica que houve uma readequação dos serviços. Os recursos públicos que eram destinados ao pronto atendimento foram transferidos para os leitos de retaguarda. São 73 leitos, que agora vão ser utilizados por pacientes encaminhados por outros hospitais, como o Hospital Geral de Fortaleza.

Ainda segundo a direção, a verba do SUS não é suficiente para manter os dois serviços na unidade. Foi priorizado o que é considerado mais importante, uma vez que a demanda de pacientes na emergência é considerada baixa: menos de 3 mil pacientes por mês.

A partir de agora, quem precisar de atendimento de urgência deve procurar uma das 11 Upas de Fortaleza, que ficam nos bairros.

Veja todos os detalhes no vídeo do Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT:

Veja outros vídeos do Jornal Jangadeiro.

Publicidade

Dê sua opinião

PORTAS FECHADAS

Médicos e pacientes ficam surpresos com o fim do atendimento de emergência na Santa Casa

Quem precisar de atendimento de urgência deve procurar uma das 11 Upas de Fortaleza

Por TV Jangadeiro em Jornal Jangadeiro

16 de Janeiro de 2018 às 18:22

Há 4 meses
Santa Casa de Misericórdia de Fortaleza deixa de atender serviços de emergências(FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Santa Casa de Misericórdia de Fortaleza deixa de atender serviços de emergências(FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

O serviço de emergência da Santa Casa de Misericórdia de Fortaleza deixou de funcionar nesta terça-feira (16). A medida deve afetar milhares de pacientes.

Onde era a entrada da emergência, portas fechadas e o aviso: “a partir do dia 16 de janeiro, o atendimento dos pacientes de urgência será feito nas Upas”.

A notícia surpreendeu muita gente, que ficou revoltada com o fim do serviço. “É um absurdo um negócio desse, não pode um negócio desse. As Upas já são ruins e com a Santa Casa fechando (…)”

Até médicos que trabalham na Santa Casa de Misericórdia são contrários ao fechamento da emergência. “Quase 20 médicos ficarão desempregados, apesar da precariedade, ela é uma emergência clínica apenas, mas atendia muita gente, principalmente as pessoas do Centro”, comenta Tarcísio Dias – médico e diretor do Centro de Estudos da Santa Casa.

A direção da Santa Casa explica que houve uma readequação dos serviços. Os recursos públicos que eram destinados ao pronto atendimento foram transferidos para os leitos de retaguarda. São 73 leitos, que agora vão ser utilizados por pacientes encaminhados por outros hospitais, como o Hospital Geral de Fortaleza.

Ainda segundo a direção, a verba do SUS não é suficiente para manter os dois serviços na unidade. Foi priorizado o que é considerado mais importante, uma vez que a demanda de pacientes na emergência é considerada baixa: menos de 3 mil pacientes por mês.

A partir de agora, quem precisar de atendimento de urgência deve procurar uma das 11 Upas de Fortaleza, que ficam nos bairros.

Veja todos os detalhes no vídeo do Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT:

Veja outros vídeos do Jornal Jangadeiro.