Mais de 350 mil pessoas são atraídas por dia pela oferta de produtos no Centro de Fortaleza

"CENTRO: HISTÓRIAS E DESAFIOS"

Mais de 350 mil pessoas são atraídas por dia pela oferta de produtos no Centro de Fortaleza

Tem locais que, além de vender produtos, ainda contam um pouco da história da cidade, como a farmácia Oswaldo Cruz. Fundada em 1932, é a mais antiga de todo o Ceará

Por TV Jangadeiro em Jornal Jangadeiro

30 de outubro de 2018 às 16:25

Há 2 semanas
Mais de 350 mil pessoas vão ao Centro diariamente atraídas pela oferta de produtos e serviços (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

No Centro, é possível encontrar tudo o que possa imaginar (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

Difícil pensar em compras sem lembrar do Centro de Fortaleza. Dá para encontrar tudo o que possa imaginar: roupas, calçados, brinquedos, móveis, eletrodomésticos, itens de festa e até cédulas e moedas antigas. Grandes redes de lojas se misturam a pequenos comerciantes.

Tem locais que, além de vender produtos, ainda contam um pouco da história da cidade, como a farmácia Oswaldo Cruz. Fundada em 1932, é a mais antiga de todo o Ceará.

O prédio, na Rua Major Facundo, é tombado desde 2012.  Até mesmo os equipamentos internos, como prateleiras, livros e piso permanecem como antes. A Casablanca, da família Ary, fundada em 1945, também conta um pouco da história do Centro.

Todos os dias, mais de 350 mil pessoas vêm ao Centro atraídas pela oferta de produtos e serviços. Em datas comemorativas, como o Natal, esse número passa dos 500 mil. O bairro é o primeiro da cidade quanto ao total de CNPJ ativos, são mais de 10 mil empresas formalizadas.

Veja a primeira reportagem da série “Centro: histórias e desafios”:
Série especial mostra história do Centro, um dos bairros mais movimentados de Fortaleza

O Centro também lidera a quantidade de empregos formais, com cerca de 65 mil trabalhadores. Isso sem falar dos ambulantes. Por ser comércio informal, não há arrecadação de impostos, como ICMS. Mas não dá para negar que eles ajudam a atrair consumidores.

Outro segmento que tem se fortalecido no Centro são as instituições de ensino superior. Existem pelo menos 6 faculdades no bairro. Um delas foi instalada no prédio centenário do antigo colégio Marista Cearense, em uma das vias mais movimentadas da região. Cerca de três mil alunos estão matriculados.

Nesta quarta-feira (31), na última reportagem da série “Centro: histórias e desafios” você vai ver os problemas e os desafios do Centro de fortaleza.

Veja mais detalhes na reportagem do Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT:

Publicidade

Dê sua opinião

"CENTRO: HISTÓRIAS E DESAFIOS"

Mais de 350 mil pessoas são atraídas por dia pela oferta de produtos no Centro de Fortaleza

Tem locais que, além de vender produtos, ainda contam um pouco da história da cidade, como a farmácia Oswaldo Cruz. Fundada em 1932, é a mais antiga de todo o Ceará

Por TV Jangadeiro em Jornal Jangadeiro

30 de outubro de 2018 às 16:25

Há 2 semanas
Mais de 350 mil pessoas vão ao Centro diariamente atraídas pela oferta de produtos e serviços (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

No Centro, é possível encontrar tudo o que possa imaginar (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

Difícil pensar em compras sem lembrar do Centro de Fortaleza. Dá para encontrar tudo o que possa imaginar: roupas, calçados, brinquedos, móveis, eletrodomésticos, itens de festa e até cédulas e moedas antigas. Grandes redes de lojas se misturam a pequenos comerciantes.

Tem locais que, além de vender produtos, ainda contam um pouco da história da cidade, como a farmácia Oswaldo Cruz. Fundada em 1932, é a mais antiga de todo o Ceará.

O prédio, na Rua Major Facundo, é tombado desde 2012.  Até mesmo os equipamentos internos, como prateleiras, livros e piso permanecem como antes. A Casablanca, da família Ary, fundada em 1945, também conta um pouco da história do Centro.

Todos os dias, mais de 350 mil pessoas vêm ao Centro atraídas pela oferta de produtos e serviços. Em datas comemorativas, como o Natal, esse número passa dos 500 mil. O bairro é o primeiro da cidade quanto ao total de CNPJ ativos, são mais de 10 mil empresas formalizadas.

Veja a primeira reportagem da série “Centro: histórias e desafios”:
Série especial mostra história do Centro, um dos bairros mais movimentados de Fortaleza

O Centro também lidera a quantidade de empregos formais, com cerca de 65 mil trabalhadores. Isso sem falar dos ambulantes. Por ser comércio informal, não há arrecadação de impostos, como ICMS. Mas não dá para negar que eles ajudam a atrair consumidores.

Outro segmento que tem se fortalecido no Centro são as instituições de ensino superior. Existem pelo menos 6 faculdades no bairro. Um delas foi instalada no prédio centenário do antigo colégio Marista Cearense, em uma das vias mais movimentadas da região. Cerca de três mil alunos estão matriculados.

Nesta quarta-feira (31), na última reportagem da série “Centro: histórias e desafios” você vai ver os problemas e os desafios do Centro de fortaleza.

Veja mais detalhes na reportagem do Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT: