Imóveis passam a receber vistorias compulsórias contra mosquito da dengue em Fortaleza
MESMO SEM PERMISSÃO

Imóveis passam a receber vistorias compulsórias contra mosquito da dengue em Fortaleza

O ingresso forçado em imóveis públicos e particulares é permitido por uma medida provisória federal

Por TV Jangadeiro em Jornal Jangadeiro

16 de março de 2017 às 15:54

Há 4 meses
Secretaria Municipal de Saúde iniciou as vistorias compulsórias (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Secretaria Municipal de Saúde iniciou as vistorias compulsórias (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

A Secretaria Municipal de Saúde iniciou, nesta quinta-feira (16), as vistorias compulsórias, que são aquelas feitas mesmo sem a permissão dos proprietários dos imóveis fechados. A ação da Regional II é para evitar focos do mosquito Aedes aegypti.

Uma casa, no bairro Dionísio Torres, que está fechada, recebeu três notificações de visitas dos agentes de endemias. A prefeitura contratou um chaveiro para abrir o imóvel à força e permitir a vistoria. Na residência, havia muito mato, entulho e água empoçada, além de um foco do mosquito Aedes aegypti na piscina.

Essa foi a primeira vistoria compulsória de 2017 na Regional II, na área de Fortaleza, que esse ano já registrou 335 notificações de doenças transmitidas pelo Aedes aegypti, como dengue, zika e febre chikungunya.

Na Regional, os bairros mais preocupantes são: São João do Tauape, Joaquim Távora, Vicente Pinzon e Dionísio Torres.

O ingresso forçado em imóveis públicos e particulares é permitido por uma medida provisória federal. Em Fortaleza, cerca de 150 mil imóveis estão nessa situação. Neste período de chuvas, a prevenção é fundamental. Veja todos os detalhes no vídeo do Jornal Jangadeiro da TV Jangadeiro/SBT:

Veja outros vídeos do Jornal Jangadeiro.

Publicidade

Dê sua opinião

MESMO SEM PERMISSÃO

Imóveis passam a receber vistorias compulsórias contra mosquito da dengue em Fortaleza

O ingresso forçado em imóveis públicos e particulares é permitido por uma medida provisória federal

Por TV Jangadeiro em Jornal Jangadeiro

16 de março de 2017 às 15:54

Há 4 meses
Secretaria Municipal de Saúde iniciou as vistorias compulsórias (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Secretaria Municipal de Saúde iniciou as vistorias compulsórias (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

A Secretaria Municipal de Saúde iniciou, nesta quinta-feira (16), as vistorias compulsórias, que são aquelas feitas mesmo sem a permissão dos proprietários dos imóveis fechados. A ação da Regional II é para evitar focos do mosquito Aedes aegypti.

Uma casa, no bairro Dionísio Torres, que está fechada, recebeu três notificações de visitas dos agentes de endemias. A prefeitura contratou um chaveiro para abrir o imóvel à força e permitir a vistoria. Na residência, havia muito mato, entulho e água empoçada, além de um foco do mosquito Aedes aegypti na piscina.

Essa foi a primeira vistoria compulsória de 2017 na Regional II, na área de Fortaleza, que esse ano já registrou 335 notificações de doenças transmitidas pelo Aedes aegypti, como dengue, zika e febre chikungunya.

Na Regional, os bairros mais preocupantes são: São João do Tauape, Joaquim Távora, Vicente Pinzon e Dionísio Torres.

O ingresso forçado em imóveis públicos e particulares é permitido por uma medida provisória federal. Em Fortaleza, cerca de 150 mil imóveis estão nessa situação. Neste período de chuvas, a prevenção é fundamental. Veja todos os detalhes no vídeo do Jornal Jangadeiro da TV Jangadeiro/SBT:

Veja outros vídeos do Jornal Jangadeiro.