Helicóptero usado na morte de membros do PCC está registrado em nome de empresa de imóveis

PERÍCIA

Helicóptero usado na morte de membros do PCC está registrado em nome de empresa de imóveis

A aeronave está registrada em nome de uma empresa administradora de imóveis. Entretanto, no telefone registrado dessa firma quem atende é um escritório de advocacia

Por TV Jangadeiro em Jornal Jangadeiro

5 de Março de 2018 às 16:16

Há 4 meses
helicóptero PCC

Aeronave passou por perícia (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

As investigações da polícia para saber quem é o responsável pelo helicóptero utilizado para matar dois membros do PCC continuam.

A aeronave está registrada em nome de uma empresa administradora de imóveis. Entretanto, no telefone registrado dessa firma quem atende é um escritório de advocacia.

Esse e outros mistérios estão sendo investigados pela polícia de São Paulo. A TV Jangadeiro apurou que o registro do helicóptero indica como proprietário o nome de um homem chamado Paulo Fabrício Simão.

No momento, a aeronave está em hangar no aeroporto do Campo de Marte, em São Paulo. O equipamento foi periciado na última sexta-feira (2), quando foram procuradas impressões digitais e outros vestígios do piloto e dos passageiros. Além da propriedade e da operação do helicóptero, a inteligência da Polícia Civil quer saber: quem matou e mandou matar Gegê do Mangue, o número dois do PCC, e o comparsa dele, o Paca.

Confira mais detalhes na matéria do Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT:

Publicidade

Dê sua opinião

PERÍCIA

Helicóptero usado na morte de membros do PCC está registrado em nome de empresa de imóveis

A aeronave está registrada em nome de uma empresa administradora de imóveis. Entretanto, no telefone registrado dessa firma quem atende é um escritório de advocacia

Por TV Jangadeiro em Jornal Jangadeiro

5 de Março de 2018 às 16:16

Há 4 meses
helicóptero PCC

Aeronave passou por perícia (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

As investigações da polícia para saber quem é o responsável pelo helicóptero utilizado para matar dois membros do PCC continuam.

A aeronave está registrada em nome de uma empresa administradora de imóveis. Entretanto, no telefone registrado dessa firma quem atende é um escritório de advocacia.

Esse e outros mistérios estão sendo investigados pela polícia de São Paulo. A TV Jangadeiro apurou que o registro do helicóptero indica como proprietário o nome de um homem chamado Paulo Fabrício Simão.

No momento, a aeronave está em hangar no aeroporto do Campo de Marte, em São Paulo. O equipamento foi periciado na última sexta-feira (2), quando foram procuradas impressões digitais e outros vestígios do piloto e dos passageiros. Além da propriedade e da operação do helicóptero, a inteligência da Polícia Civil quer saber: quem matou e mandou matar Gegê do Mangue, o número dois do PCC, e o comparsa dele, o Paca.

Confira mais detalhes na matéria do Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT: