Greve dos motoristas rodoviários segue por tempo indeterminado no Ceará

PARALISAÇÃO

Greve dos motoristas rodoviários segue por tempo indeterminado no Ceará

A greve é por tempo indeterminado. A categoria protesta contra o corte do vale refeição por parte dos empresários e a decisão de diminuir a jornada de trabalho de 44 para 24 horas semanais

Por TV Jangadeiro em Jornal Jangadeiro

10 de julho de 2018 às 17:01

Há 4 meses
Motorista fala sobre a greve dos Motoristas rodoviários (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Motorista fala sobre a greve dos motoristas rodoviários (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

A paralisação dos motoristas rodoviários começou por volta das 9h desta terça-feira (10). Os ônibus ficaram parados dentro do terminal Rodoviário Engenheiro João Tomé – mas, de acordo com o presidente do Sinteti, metade da frota vai continuar funcionando.

A greve é por tempo indeterminado. A categoria protesta contra o corte do vale-refeição por parte dos empresários e a decisão de diminuir a jornada de trabalho de 44 para 24 horas semanais, o que diminuiria em 50% do salário da classe.

Enquanto a situação não for resolvida, os passageiros que precisam embarcar com urgência devem buscar outros meios. O caminhoneiro Veraldino Pereira seguia para São Paulo, mas o ônibus ficou parado. Mesmo com a viagem prejudicada, ele afirmou entender os motivos da paralisação.

Veja mais detalhes no vídeo do Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT: 

Veja outros vídeos do Jornal Jangadeiro.

Publicidade

Dê sua opinião

PARALISAÇÃO

Greve dos motoristas rodoviários segue por tempo indeterminado no Ceará

A greve é por tempo indeterminado. A categoria protesta contra o corte do vale refeição por parte dos empresários e a decisão de diminuir a jornada de trabalho de 44 para 24 horas semanais

Por TV Jangadeiro em Jornal Jangadeiro

10 de julho de 2018 às 17:01

Há 4 meses
Motorista fala sobre a greve dos Motoristas rodoviários (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Motorista fala sobre a greve dos motoristas rodoviários (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

A paralisação dos motoristas rodoviários começou por volta das 9h desta terça-feira (10). Os ônibus ficaram parados dentro do terminal Rodoviário Engenheiro João Tomé – mas, de acordo com o presidente do Sinteti, metade da frota vai continuar funcionando.

A greve é por tempo indeterminado. A categoria protesta contra o corte do vale-refeição por parte dos empresários e a decisão de diminuir a jornada de trabalho de 44 para 24 horas semanais, o que diminuiria em 50% do salário da classe.

Enquanto a situação não for resolvida, os passageiros que precisam embarcar com urgência devem buscar outros meios. O caminhoneiro Veraldino Pereira seguia para São Paulo, mas o ônibus ficou parado. Mesmo com a viagem prejudicada, ele afirmou entender os motivos da paralisação.

Veja mais detalhes no vídeo do Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT: 

Veja outros vídeos do Jornal Jangadeiro.