Governo adota reforço na segurança para resguardar Palácio da Abolição

MEDIDA DE SEGURANÇA

Governo adota reforço na segurança para resguardar Palácio da Abolição

O Palácio da Abolição, que abriga o gabinete do governador Camilo Santana, teve bloqueio de vias e interdições de acesso, além de homens da Polícia Militar

Por TV Jangadeiro em Jornal Jangadeiro

4 de janeiro de 2019 às 15:06

Há 5 meses
Governador Camilo Santana adotou reforço na segurança (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Camilo Santana adotou reforço na segurança (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

No terceiro dia de ataques criminosos, em Fortaleza, a sede administrativa do Governo do Ceará adotou reforço na segurança.

O Palácio da Abolição, que abriga o gabinete do governador Camilo Santana (PT), teve bloqueio de vias e interdições de acesso, além de homens da Polícia Militar.

Na manhã desta sexta-feira (4), a Secretaria Nacional da Segurança Pública anunciou o envio de tropas federais ao Ceará. De acordo com a assessoria do secretário, o General Guilherme Theophilo, cerca de 300 homens e 30 viaturas da Força Nacional devem chegar até este sábado (5).

De acordo com uma nota divulgada nesta quinta-feira (3), pelo ministro Sérgio Moro, a Força Nacional estava mobilizada para se deslocar ao Ceará caso acontecesse o que ele chamou de deterioração da segurança. O ministro Moro anunciou que a Polícia Federal e a Polícia Rodoviária Federal, que já atuam no Ceará, auxiliariam as forças de segurança a combater a onda de ataques.

O Ministério da Justiça anunciou ainda que seriam disponibilizadas vagas em penitenciárias federais. A medida possibilita a transferência de presos do Ceará para as unidades de segurança máximas administradas pela união.

A onda de ataques teria sido uma resposta às declarações do novo secretário de Administração Penitenciária, Luis Mauro Albuquerque, de que o Estado não reconheceria as facções criminosas que estão separadas nos presídios.

Por parte do estado, o governador Camilo Santana anunciou ter antecipado a contratação de 220 agentes prisionais que seriam empossados somente em março, além da convocação de 373 novos policiais concursados e formados no ano passado.

Veja todos os detalhes no vídeo do Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT:

Veja outros vídeos do Jornal Jangadeiro.

Confira a cobertura sobre o caso:

4/1 – Camilo amplia gabinete de crise e confirma 45 prisões de suspeitos de ataques

4/1 – Frota de ônibus de Fortaleza é reduzida a 30% nesta sexta, por segurança contra ataques

4/1 – Concessionária de Fortaleza tem 6 carros incendiados em onda de ataques de facções

4/1 – Viaduto de Caucaia que sofreu explosão recebe operação para evitar desabamento

4/1 – Força Nacional deve chegar ao Ceará até este sábado, com 300 agentes e 30 carros

4/1 – Ceará atinge 3º dia de onda de terror com ataques a ônibus e prédios públicos e privados

4/1 – “Declaração do secretário sobre mudanças em presídios instigou ataques”, avalia especialista

3/1 – Viaduto que corre risco de desabar após ataque criminoso passa por operação emergencial

3/1 – Casal de idosos e motorista ficam feridos após ataque a ônibus 

3/1 – Camilo Santana pede apoio da Força Nacional e do Exército após ataques no Ceará 

3/1 – “Pensei que era um meteoro”, diz moradora após explosão em viaduto de Caucaia

3/1 – Secretário opta por não comentar ataques registrados um dia após anunciar mudanças em presídios 

3/1 – Polícia prende 9 suspeitos de envolvimento na onda de ataques na Grande Fortaleza

3/1 – Cartas espalhadas em viaduto atacado ameaçam Governo por mudanças no sistema prisional 

3/1 – Ônibus de Fortaleza vão circular normalmente mesmo após ataques, garante Sindionibus

3/1 – General Theophilo oferece intervenção federal após ataques no Ceará: “Está na mão do governador”

3/1 – Grande Fortaleza sofre onda de ataques um dia após secretário anunciar fim da divisão de facções em presídios

2/1 – “Haverá matança, se juntar detentos de facções diferentes no mesmo presídio”, alerta Copen

2/1 – Novo secretário promete fim da divisão de presídios por facções no Ceará

Publicidade

Dê sua opinião

MEDIDA DE SEGURANÇA

Governo adota reforço na segurança para resguardar Palácio da Abolição

O Palácio da Abolição, que abriga o gabinete do governador Camilo Santana, teve bloqueio de vias e interdições de acesso, além de homens da Polícia Militar

Por TV Jangadeiro em Jornal Jangadeiro

4 de janeiro de 2019 às 15:06

Há 5 meses
Governador Camilo Santana adotou reforço na segurança (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Camilo Santana adotou reforço na segurança (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

No terceiro dia de ataques criminosos, em Fortaleza, a sede administrativa do Governo do Ceará adotou reforço na segurança.

O Palácio da Abolição, que abriga o gabinete do governador Camilo Santana (PT), teve bloqueio de vias e interdições de acesso, além de homens da Polícia Militar.

Na manhã desta sexta-feira (4), a Secretaria Nacional da Segurança Pública anunciou o envio de tropas federais ao Ceará. De acordo com a assessoria do secretário, o General Guilherme Theophilo, cerca de 300 homens e 30 viaturas da Força Nacional devem chegar até este sábado (5).

De acordo com uma nota divulgada nesta quinta-feira (3), pelo ministro Sérgio Moro, a Força Nacional estava mobilizada para se deslocar ao Ceará caso acontecesse o que ele chamou de deterioração da segurança. O ministro Moro anunciou que a Polícia Federal e a Polícia Rodoviária Federal, que já atuam no Ceará, auxiliariam as forças de segurança a combater a onda de ataques.

O Ministério da Justiça anunciou ainda que seriam disponibilizadas vagas em penitenciárias federais. A medida possibilita a transferência de presos do Ceará para as unidades de segurança máximas administradas pela união.

A onda de ataques teria sido uma resposta às declarações do novo secretário de Administração Penitenciária, Luis Mauro Albuquerque, de que o Estado não reconheceria as facções criminosas que estão separadas nos presídios.

Por parte do estado, o governador Camilo Santana anunciou ter antecipado a contratação de 220 agentes prisionais que seriam empossados somente em março, além da convocação de 373 novos policiais concursados e formados no ano passado.

Veja todos os detalhes no vídeo do Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT:

Veja outros vídeos do Jornal Jangadeiro.

Confira a cobertura sobre o caso:

4/1 – Camilo amplia gabinete de crise e confirma 45 prisões de suspeitos de ataques

4/1 – Frota de ônibus de Fortaleza é reduzida a 30% nesta sexta, por segurança contra ataques

4/1 – Concessionária de Fortaleza tem 6 carros incendiados em onda de ataques de facções

4/1 – Viaduto de Caucaia que sofreu explosão recebe operação para evitar desabamento

4/1 – Força Nacional deve chegar ao Ceará até este sábado, com 300 agentes e 30 carros

4/1 – Ceará atinge 3º dia de onda de terror com ataques a ônibus e prédios públicos e privados

4/1 – “Declaração do secretário sobre mudanças em presídios instigou ataques”, avalia especialista

3/1 – Viaduto que corre risco de desabar após ataque criminoso passa por operação emergencial

3/1 – Casal de idosos e motorista ficam feridos após ataque a ônibus 

3/1 – Camilo Santana pede apoio da Força Nacional e do Exército após ataques no Ceará 

3/1 – “Pensei que era um meteoro”, diz moradora após explosão em viaduto de Caucaia

3/1 – Secretário opta por não comentar ataques registrados um dia após anunciar mudanças em presídios 

3/1 – Polícia prende 9 suspeitos de envolvimento na onda de ataques na Grande Fortaleza

3/1 – Cartas espalhadas em viaduto atacado ameaçam Governo por mudanças no sistema prisional 

3/1 – Ônibus de Fortaleza vão circular normalmente mesmo após ataques, garante Sindionibus

3/1 – General Theophilo oferece intervenção federal após ataques no Ceará: “Está na mão do governador”

3/1 – Grande Fortaleza sofre onda de ataques um dia após secretário anunciar fim da divisão de facções em presídios

2/1 – “Haverá matança, se juntar detentos de facções diferentes no mesmo presídio”, alerta Copen

2/1 – Novo secretário promete fim da divisão de presídios por facções no Ceará