Governador correu contra o tempo para inaugurar obras antes do prazo

ACELEROU A AGENDA

Governador correu contra o tempo para inaugurar obras antes do prazo estabelecido pela lei eleitoral

Na semana passada, antes de começar esse prazo, a agenda pública foi corrida e houve até eventos sem entrega de equipamentos

Por TV Jangadeiro em Jornal Jangadeiro

9 de julho de 2018 às 16:45

Há 1 semana
Camilo Santana participou de uma solenidade na sede da Polícia Rodoviária Federal em Fortaleza

Camilo Santana participou de uma solenidade na sede da Polícia Rodoviária Federal em Fortaleza

Desde sábado (7), o governador Camilo Santana está impedido de participar de inauguração de obras. Na semana passada, antes de começar esse prazo, a agenda pública foi corrida e houve até eventos sem entrega de equipamentos.

A corrida era contra o tempo. Sexta-feira passada (6 de julho), foi o último dia permitido pela Lei eleitoral para que candidatos participassem de inaugurações. O governador Camilo Santana acelerou a agenda, como explicou em evento de lançamento da base da Ciopaer em Quixadá, no último dia do prazo.

O túnel da avenida Borges de Melo, que registrou alagamento, foi uma das obras inauguradas na semana passada.

A Lei eleitoral estabelece regras em anos eleitorais para agentes públicos com pretensão de candidatura. Os gestores não pode participar de inaugurações públicas três meses antes das eleições. Na prática, a proibição começou no último sábado, data que coincidiu com o alagamento do túnel da Borges de Melo, cinco dias depois da solenidade de inauguração da obra.

A agenda não incluiu somente inaugurações. Na quinta-feira passada, Camilo participou de uma solenidade na sede da Polícia Rodoviária Federal em Fortaleza. O espaço deve abrigar o laboratório integrado de Segurança Pública. O evento marcou o lançamento da pedra fundamental. O laboratório vai ficar a menos de 2 km da casa de shows do bairro Cajazeiras, onde houve 14 mortes em janeiro, a maior chacina da história do Ceará. A sede da PRF vai precisar de reformas e a previsão de funcionamento do laboratório é somente para 2020.

A unidade do Jangurussu também inclui o Conjunto Palmeiras, área apontada como berço da facção responsável pela Chacina das Cajazeiras e funciona provisoriamente no batalhão da PM em Messejana. É que a unidade foi inaugurada sem que a sede estivesse concluída.

Ainda em julho, Camilo inaugurou o Centro de Formação Olímpica. Antes, em 2014, o CFO havia recebido outra solenidade de inauguração, dois dias antes de o então governador Cid Gomes deixar o cargo. O Centro nunca se tornou referência na formação de atletas, equipes e profissionais de alto rendimento para o esporte olímpico, como indicado no edital para a contratação das obras, em 2013, que consumiram mais de 250 milhões de reais.

Sobre o alagamento do túnel da Avenida Borges de Melo, a Secretaria da Infraestrutura afirma que a água foi drenada e que há vistoria no sistema de bombeamento. O túnel foi liberado na tarde de sábado (8). A Funceme diz que pode chover na capital até quarta-feira, mas sem a intensidade do fim de semana.

E a Secretaria da Segurança afirma que a concentração de policiais da Uniseg do Jangurussu, no Batalhão de Messejana, é provisória e não prejudica o policiamento estratégico. A nota diz que o conceito de Uniseg prevê integração sem sede única para as atividades da PM e da Polícia Civil.

Veja detalhes no vídeo do Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT: 

Veja outros vídeos do Jornal Jangadeiro.

Publicidade

Dê sua opinião

ACELEROU A AGENDA

Governador correu contra o tempo para inaugurar obras antes do prazo estabelecido pela lei eleitoral

Na semana passada, antes de começar esse prazo, a agenda pública foi corrida e houve até eventos sem entrega de equipamentos

Por TV Jangadeiro em Jornal Jangadeiro

9 de julho de 2018 às 16:45

Há 1 semana
Camilo Santana participou de uma solenidade na sede da Polícia Rodoviária Federal em Fortaleza

Camilo Santana participou de uma solenidade na sede da Polícia Rodoviária Federal em Fortaleza

Desde sábado (7), o governador Camilo Santana está impedido de participar de inauguração de obras. Na semana passada, antes de começar esse prazo, a agenda pública foi corrida e houve até eventos sem entrega de equipamentos.

A corrida era contra o tempo. Sexta-feira passada (6 de julho), foi o último dia permitido pela Lei eleitoral para que candidatos participassem de inaugurações. O governador Camilo Santana acelerou a agenda, como explicou em evento de lançamento da base da Ciopaer em Quixadá, no último dia do prazo.

O túnel da avenida Borges de Melo, que registrou alagamento, foi uma das obras inauguradas na semana passada.

A Lei eleitoral estabelece regras em anos eleitorais para agentes públicos com pretensão de candidatura. Os gestores não pode participar de inaugurações públicas três meses antes das eleições. Na prática, a proibição começou no último sábado, data que coincidiu com o alagamento do túnel da Borges de Melo, cinco dias depois da solenidade de inauguração da obra.

A agenda não incluiu somente inaugurações. Na quinta-feira passada, Camilo participou de uma solenidade na sede da Polícia Rodoviária Federal em Fortaleza. O espaço deve abrigar o laboratório integrado de Segurança Pública. O evento marcou o lançamento da pedra fundamental. O laboratório vai ficar a menos de 2 km da casa de shows do bairro Cajazeiras, onde houve 14 mortes em janeiro, a maior chacina da história do Ceará. A sede da PRF vai precisar de reformas e a previsão de funcionamento do laboratório é somente para 2020.

A unidade do Jangurussu também inclui o Conjunto Palmeiras, área apontada como berço da facção responsável pela Chacina das Cajazeiras e funciona provisoriamente no batalhão da PM em Messejana. É que a unidade foi inaugurada sem que a sede estivesse concluída.

Ainda em julho, Camilo inaugurou o Centro de Formação Olímpica. Antes, em 2014, o CFO havia recebido outra solenidade de inauguração, dois dias antes de o então governador Cid Gomes deixar o cargo. O Centro nunca se tornou referência na formação de atletas, equipes e profissionais de alto rendimento para o esporte olímpico, como indicado no edital para a contratação das obras, em 2013, que consumiram mais de 250 milhões de reais.

Sobre o alagamento do túnel da Avenida Borges de Melo, a Secretaria da Infraestrutura afirma que a água foi drenada e que há vistoria no sistema de bombeamento. O túnel foi liberado na tarde de sábado (8). A Funceme diz que pode chover na capital até quarta-feira, mas sem a intensidade do fim de semana.

E a Secretaria da Segurança afirma que a concentração de policiais da Uniseg do Jangurussu, no Batalhão de Messejana, é provisória e não prejudica o policiamento estratégico. A nota diz que o conceito de Uniseg prevê integração sem sede única para as atividades da PM e da Polícia Civil.

Veja detalhes no vídeo do Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT: 

Veja outros vídeos do Jornal Jangadeiro.