Fortaleza fica mais quente após retirada de árvores para obras

QUE CALOR!

Fortaleza fica mais quente após retirada de árvores para obras de requalificação

Diferença de temperaturas do asfalto em Fortaleza chega a 18°C. Para especialistas, é preciso pensar no crescimento da cidade sem abrir mão da natureza

Por TV Jangadeiro em Jornal Jangadeiro

13 de novembro de 2018 às 07:00

Há 1 mês
Temperatura do asfalto da Avenida Dom Luís de Fortaleza  (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Temperatura do asfalto da Avenida Dom Luís, em Fortaleza  (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Fortaleza já foi a cidade mais arborizada do Brasil, na década de 70. De lá pra cá, o número de árvores foi reduzido drasticamente em ruas e avenidas da capital. Com a retirada da vegetação, a cidade ficou ainda mais quente.

Na Avenida Aguanambi, 42 árvores foram retiradas para as obras de requalificação. Quem passa pela via percebe que a temperatura ficou mais quente.

O professor do Departamento de Geografia da UFC, Jeovah Meireles, explica que a diferença de temperatura pode chegar a 4º graus, dependendo da cobertura vegetal. O clima é mais ameno em áreas com mais sombras de árvores.

A equipe de reportagem do Jornal Jangadeiro/SBT foi até a Avenida Aguanambi, por volta do meio-dia. Com um equipamento que mede a temperatura, identificou uma temperatura de 41°C. A medição é referente à temperatura do asfalto.

A equipe percorreu outras vias de Fortaleza com poucas árvores. A diferença entre a maior e a menor temperatura foi de 18°C. Para os especialistas, é preciso pensar no crescimento da cidade sem abrir mão da natureza.

Veja todos os detalhes no vídeo do Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT:

Veja outros vídeos do Jornal Jangadeiro.

Publicidade

Dê sua opinião

QUE CALOR!

Fortaleza fica mais quente após retirada de árvores para obras de requalificação

Diferença de temperaturas do asfalto em Fortaleza chega a 18°C. Para especialistas, é preciso pensar no crescimento da cidade sem abrir mão da natureza

Por TV Jangadeiro em Jornal Jangadeiro

13 de novembro de 2018 às 07:00

Há 1 mês
Temperatura do asfalto da Avenida Dom Luís de Fortaleza  (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Temperatura do asfalto da Avenida Dom Luís, em Fortaleza  (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Fortaleza já foi a cidade mais arborizada do Brasil, na década de 70. De lá pra cá, o número de árvores foi reduzido drasticamente em ruas e avenidas da capital. Com a retirada da vegetação, a cidade ficou ainda mais quente.

Na Avenida Aguanambi, 42 árvores foram retiradas para as obras de requalificação. Quem passa pela via percebe que a temperatura ficou mais quente.

O professor do Departamento de Geografia da UFC, Jeovah Meireles, explica que a diferença de temperatura pode chegar a 4º graus, dependendo da cobertura vegetal. O clima é mais ameno em áreas com mais sombras de árvores.

A equipe de reportagem do Jornal Jangadeiro/SBT foi até a Avenida Aguanambi, por volta do meio-dia. Com um equipamento que mede a temperatura, identificou uma temperatura de 41°C. A medição é referente à temperatura do asfalto.

A equipe percorreu outras vias de Fortaleza com poucas árvores. A diferença entre a maior e a menor temperatura foi de 18°C. Para os especialistas, é preciso pensar no crescimento da cidade sem abrir mão da natureza.

Veja todos os detalhes no vídeo do Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT:

Veja outros vídeos do Jornal Jangadeiro.