Famílias expulsas por facções temem voltar para casa apesar de liminar do MPF

INSEGURANÇA

Famílias expulsas por facções criminosas temem voltar para casa apesar de liminar do MPF

O inquérito aponta que 52 famílias do residencial José Euclides Ferreira Gomes, no Jangurussu, foram retiradas à força de casa sob forte ameaça

Por TV Jangadeiro em Jornal Jangadeiro

6 de julho de 2018 às 17:40

Há 3 meses
Famílias foram retiradas à força de casa sob forte ameaça  (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Famílias foram retiradas à força de casa sob forte ameaça <br />(FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Os Ministérios Públicos Federal e Estadual entraram com ação na justiça para garantir a posse dos imóveis aos beneficiados do programa Minha Casa Minha vida, que foram expulsos por integrantes de facções criminosas.

O inquérito aponta que 52 famílias do residencial José Euclides Ferreira Gomes, no Jangurussu, foram retiradas à força de casa sob forte ameaça. Na ação, movida contra a Caixa Econômica Federal e o Estado do Ceará, o Ministério Público Federal e Ministério Público Estadual solicitam que os invasores sejam removidos dos imóveis que ocupam ilegalmente.

As expulsões se tornaram comuns em Fortaleza. Elas ocorrem em regiões com forte atuação das facções criminosas. Só em 2018, famílias que moravam na Babilônia, Maria Tomásia, Novo Barroso e na Travessa Unidos Venceremos, comunidades que ficam na região que abrange os bairros Conjunto Palmeiras, Jangurussu, Barroso e Passaré, foram ameaçadas caso não saíssem de casa. O mesmo aconteceu na comunidade 7 de Setembro, no Bom Jardim, e no Vincente Pinzon.

MPF e MPCE pedem que a Caixa Econômica Federal e o Governo do Estado não financiem empreendimentos em áreas inseguras.

Veja mais detalhes no vídeo do Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT: 

Veja outros vídeos do Jornal Jangadeiro.

Publicidade

Dê sua opinião

INSEGURANÇA

Famílias expulsas por facções criminosas temem voltar para casa apesar de liminar do MPF

O inquérito aponta que 52 famílias do residencial José Euclides Ferreira Gomes, no Jangurussu, foram retiradas à força de casa sob forte ameaça

Por TV Jangadeiro em Jornal Jangadeiro

6 de julho de 2018 às 17:40

Há 3 meses
Famílias foram retiradas à força de casa sob forte ameaça  (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Famílias foram retiradas à força de casa sob forte ameaça <br />(FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Os Ministérios Públicos Federal e Estadual entraram com ação na justiça para garantir a posse dos imóveis aos beneficiados do programa Minha Casa Minha vida, que foram expulsos por integrantes de facções criminosas.

O inquérito aponta que 52 famílias do residencial José Euclides Ferreira Gomes, no Jangurussu, foram retiradas à força de casa sob forte ameaça. Na ação, movida contra a Caixa Econômica Federal e o Estado do Ceará, o Ministério Público Federal e Ministério Público Estadual solicitam que os invasores sejam removidos dos imóveis que ocupam ilegalmente.

As expulsões se tornaram comuns em Fortaleza. Elas ocorrem em regiões com forte atuação das facções criminosas. Só em 2018, famílias que moravam na Babilônia, Maria Tomásia, Novo Barroso e na Travessa Unidos Venceremos, comunidades que ficam na região que abrange os bairros Conjunto Palmeiras, Jangurussu, Barroso e Passaré, foram ameaçadas caso não saíssem de casa. O mesmo aconteceu na comunidade 7 de Setembro, no Bom Jardim, e no Vincente Pinzon.

MPF e MPCE pedem que a Caixa Econômica Federal e o Governo do Estado não financiem empreendimentos em áreas inseguras.

Veja mais detalhes no vídeo do Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT: 

Veja outros vídeos do Jornal Jangadeiro.