Estudantes continuam estudando para Enem mesmo com professores em greve - Vídeos


Estudantes continuam estudando para Enem mesmo com professores em greve

59 escolas estão ocupadas por estudantes no Estado

Por Tribuna do Ceará em Jornal Jangadeiro

2 de junho de 2016 às 14:11

Há 2 anos
Já são 39 dias sem aulas oficiais (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Já são 39 dias sem aulas oficiais (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Durante a greve dos professores do Estado, os estudantes ocuparam as escolas para lutar por melhores condições nas unidades educacionais. Já são 39 dias sem aulas oficiais. Mas, para não se prejudicar no Enem, aos poucos, eles se juntam para continuar os estudos.

De acordo com a Secretaria de Educação, 59 escolas estão ocupadas por estudantes no estado, 42 só em Fortaleza. Mais de 400 estão em funcionamento normal e, na próxima segunda-feira (6), começam a elaborar os calendários de reposição, garantindo o cumprimento dos 200 dias letivos de aulas exigidos por lei.

Nesta quinta-feira (2), um grupo de professores chegou à Secretaria da Educação, no Cambeba, junto com alguns alunos a fim de realizar um protesto. Em nota, a Seduc reitera que está em permanente diálogo com a categoria. Veja mais detalhe no vídeo.

 

Veja outros vídeos do Jornal Jangadeiro.

Publicidade

Dê sua opinião

Estudantes continuam estudando para Enem mesmo com professores em greve

59 escolas estão ocupadas por estudantes no Estado

Por Tribuna do Ceará em Jornal Jangadeiro

2 de junho de 2016 às 14:11

Há 2 anos
Já são 39 dias sem aulas oficiais (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Já são 39 dias sem aulas oficiais (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Durante a greve dos professores do Estado, os estudantes ocuparam as escolas para lutar por melhores condições nas unidades educacionais. Já são 39 dias sem aulas oficiais. Mas, para não se prejudicar no Enem, aos poucos, eles se juntam para continuar os estudos.

De acordo com a Secretaria de Educação, 59 escolas estão ocupadas por estudantes no estado, 42 só em Fortaleza. Mais de 400 estão em funcionamento normal e, na próxima segunda-feira (6), começam a elaborar os calendários de reposição, garantindo o cumprimento dos 200 dias letivos de aulas exigidos por lei.

Nesta quinta-feira (2), um grupo de professores chegou à Secretaria da Educação, no Cambeba, junto com alguns alunos a fim de realizar um protesto. Em nota, a Seduc reitera que está em permanente diálogo com a categoria. Veja mais detalhe no vídeo.

 

Veja outros vídeos do Jornal Jangadeiro.