Defensoria recomenda pagamento de passagens para peritos investigarem denúncias de tortura em presídios

PRESÍDIOS

Defensoria recomenda pagamento de passagens para peritos investigarem denúncias de tortura

Mascaradas, mulheres de detentos protestaram. Nos cartazes, supostas agressões sofridas pelos maridos dentro dos presídios do estado

Por TV Jangadeiro em Jornal Jangadeiro

19 de fevereiro de 2019 às 17:17

Há 1 mês
Mulheres de detentos protestaram supostas agressões sofridas pelos maridos (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Mulheres de detentos denunciaram supostas agressões sofridas pelos maridos (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

A Defensoria Pública da União recomendou ao Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos a autorização do custeio de diárias e passagens aéreas para que peritos investiguem denúncias de tortura nos presídios cearenses.

Mascaradas, mulheres de detentos protestaram. Nos cartazes, supostas agressões sofridas pelos maridos dentro dos presídios do estado.

Em nota, o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos afirma que as visitas não foram canceladas. Elas devem ser remanejadas para novas datas, para garantir maior economia na compra de passagens aéreas.

Caso os agentes tivessem vindo ao Ceará, o custo das passagens e diárias seria de, pelo menos, R$ 10.500. O prazo do Ministério para a solicitação de vistorias é de, no mínimo, 15 dias. Os trabalhos dos peritos no Ceará foi solicitado com 13 dias de antecedência.

Veja todos os detalhes no vídeo do Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT:

Veja outros vídeos do Jornal Jangadeiro.

Publicidade

Dê sua opinião

PRESÍDIOS

Defensoria recomenda pagamento de passagens para peritos investigarem denúncias de tortura

Mascaradas, mulheres de detentos protestaram. Nos cartazes, supostas agressões sofridas pelos maridos dentro dos presídios do estado

Por TV Jangadeiro em Jornal Jangadeiro

19 de fevereiro de 2019 às 17:17

Há 1 mês
Mulheres de detentos protestaram supostas agressões sofridas pelos maridos (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Mulheres de detentos denunciaram supostas agressões sofridas pelos maridos (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

A Defensoria Pública da União recomendou ao Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos a autorização do custeio de diárias e passagens aéreas para que peritos investiguem denúncias de tortura nos presídios cearenses.

Mascaradas, mulheres de detentos protestaram. Nos cartazes, supostas agressões sofridas pelos maridos dentro dos presídios do estado.

Em nota, o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos afirma que as visitas não foram canceladas. Elas devem ser remanejadas para novas datas, para garantir maior economia na compra de passagens aéreas.

Caso os agentes tivessem vindo ao Ceará, o custo das passagens e diárias seria de, pelo menos, R$ 10.500. O prazo do Ministério para a solicitação de vistorias é de, no mínimo, 15 dias. Os trabalhos dos peritos no Ceará foi solicitado com 13 dias de antecedência.

Veja todos os detalhes no vídeo do Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT:

Veja outros vídeos do Jornal Jangadeiro.