Defensoria Pública pode garantir vaga para quem precisa de internamento em UTI
SAÚDE

Defensoria Pública pode garantir vaga para quem precisa de internamento em UTI

A liminar concedida pela Defensoria é para cumprimento imediato, por ser considerado caso de urgência

Por TV Jangadeiro em Jornal Jangadeiro

11 de maio de 2017 às 18:17

Há 5 meses
Defensoria Pública pode garantir vaga em UTI (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Defensoria Pública pode garantir vaga em UTI (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Quase 30 pedidos chegam por semana à Defensoria Pública para garantir atendimento aos pacientes que precisam de UTI no Ceará. Mas nem sempre os casos são resolvidos.

Elenice conseguiu, por meio da Defensoria, uma liminar obrigando o estado a conseguir uma vaga para a mãe na UTI, mas ela morreu esperando a chance de lutar pela vida.

A liminar concedida pela Defensoria é para cumprimento imediato, por ser considerado caso de urgência. É preciso apresentar um laudo médico sobre o estado de saúde do paciente ao setor de distribuição e protocolo da Vara da Fazenda Pública, que funciona no fórum Clóvis Beviláqua. Se faltar vaga no sistema público de saúde, é obrigação do Estado custear a UTI na rede particular.

A produção do Jornal Jangadeiro, não obteve resposta da Secretaria da Saúde sobre esse assunto. Veja todos os detalhes no vídeo do Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT:

Veja outros vídeos do Jornal Jangadeiro.

Publicidade

Dê sua opinião

SAÚDE

Defensoria Pública pode garantir vaga para quem precisa de internamento em UTI

A liminar concedida pela Defensoria é para cumprimento imediato, por ser considerado caso de urgência

Por TV Jangadeiro em Jornal Jangadeiro

11 de maio de 2017 às 18:17

Há 5 meses
Defensoria Pública pode garantir vaga em UTI (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Defensoria Pública pode garantir vaga em UTI (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Quase 30 pedidos chegam por semana à Defensoria Pública para garantir atendimento aos pacientes que precisam de UTI no Ceará. Mas nem sempre os casos são resolvidos.

Elenice conseguiu, por meio da Defensoria, uma liminar obrigando o estado a conseguir uma vaga para a mãe na UTI, mas ela morreu esperando a chance de lutar pela vida.

A liminar concedida pela Defensoria é para cumprimento imediato, por ser considerado caso de urgência. É preciso apresentar um laudo médico sobre o estado de saúde do paciente ao setor de distribuição e protocolo da Vara da Fazenda Pública, que funciona no fórum Clóvis Beviláqua. Se faltar vaga no sistema público de saúde, é obrigação do Estado custear a UTI na rede particular.

A produção do Jornal Jangadeiro, não obteve resposta da Secretaria da Saúde sobre esse assunto. Veja todos os detalhes no vídeo do Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT:

Veja outros vídeos do Jornal Jangadeiro.