Chikungunya se desenvolve de forma diferente em crianças e idosos; saiba como protegê-los
ALERTA

Chikungunya se desenvolve de forma diferente em crianças e idosos; saiba como protegê-los

Além da febre e das dores nas articulações, surgem erupções na pele, semelhantes a grandes queimaduras

Por TV Jangadeiro em Jornal Jangadeiro

19 de maio de 2017 às 14:18

Há 1 mês
Febre Chikungunya apresenta novos sintomas  (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Febre Chikungunya apresenta novos sintomas (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Atenção, mães e pais de crianças menores de seis meses de idade. A febre chikungunya se desenvolve de forma diferente nessa faixa etária.

As consequências da febre chikungunya são piores em idosos e crianças. Nessas faixas etárias, as chances de complicações são maiores e de morte também. Dos cinco óbitos já confirmados em 2017, um foi de um bebê.

Os sintomas da doença se apresentam de forma diferente. Além da febre e das dores nas articulações, surgem erupções na pele, semelhantes a grandes queimaduras. Elas surgem no tronco, em seguida no rosto, nas palmas das mãos e nas plantas dos pés.

Aí fica a dúvida: como proteger os bebes? Já que nessa fase da vida o uso de repelentes é contraindicado. O Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT, conversou com Robério Leite, infectologista pediátrico, que recomenda o uso de mosquiteiros (véus de proteção colocados em berços). Outra orientação é vestir as crianças com roupas mais compridas que cubram braços e pernas. E nunca vesti-los de cores escuras, que podem atrair o mosquito.

Estudos ainda indicam que os bebês podem contrair febre chikungunya ainda na barriga da mãe, se ela estiver doente.

Veja todos os detalhes no vídeo do Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT:

Veja outros vídeos do Jornal Jangadeiro.

Publicidade

Dê sua opinião

ALERTA

Chikungunya se desenvolve de forma diferente em crianças e idosos; saiba como protegê-los

Além da febre e das dores nas articulações, surgem erupções na pele, semelhantes a grandes queimaduras

Por TV Jangadeiro em Jornal Jangadeiro

19 de maio de 2017 às 14:18

Há 1 mês
Febre Chikungunya apresenta novos sintomas  (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Febre Chikungunya apresenta novos sintomas (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Atenção, mães e pais de crianças menores de seis meses de idade. A febre chikungunya se desenvolve de forma diferente nessa faixa etária.

As consequências da febre chikungunya são piores em idosos e crianças. Nessas faixas etárias, as chances de complicações são maiores e de morte também. Dos cinco óbitos já confirmados em 2017, um foi de um bebê.

Os sintomas da doença se apresentam de forma diferente. Além da febre e das dores nas articulações, surgem erupções na pele, semelhantes a grandes queimaduras. Elas surgem no tronco, em seguida no rosto, nas palmas das mãos e nas plantas dos pés.

Aí fica a dúvida: como proteger os bebes? Já que nessa fase da vida o uso de repelentes é contraindicado. O Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT, conversou com Robério Leite, infectologista pediátrico, que recomenda o uso de mosquiteiros (véus de proteção colocados em berços). Outra orientação é vestir as crianças com roupas mais compridas que cubram braços e pernas. E nunca vesti-los de cores escuras, que podem atrair o mosquito.

Estudos ainda indicam que os bebês podem contrair febre chikungunya ainda na barriga da mãe, se ela estiver doente.

Veja todos os detalhes no vídeo do Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT:

Veja outros vídeos do Jornal Jangadeiro.