Campanha mobiliza população contra o mosquito Aedes aegypti no Ceará
AÇÕES EDUCATIVAS

Campanha mobiliza população contra o mosquito Aedes aegypti no Ceará

O objetivo da campanha é chamar atenção da população para o combate aos focos do mosquito

Por TV Jangadeiro em Jornal Jangadeiro

9 de maio de 2017 às 18:01

Há 3 meses
Campanha educativa contra o mosquito Aedes Aegypti (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Campanha educativa contra o mosquito Aedes aegypti (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

A prefeitura de Fortaleza lançou nesta terça-feira (9) uma campanha educativa para mobilizar a população contra o mosquito Aedes aegypti.

A campanha será veiculada no rádio e na TV. O objetivo é conquistar o apoio da população no combate aos focos do mosquito. Uma vez que, segundo a prefeitura, mais de 80% dos focos estão nas residências.

Brigadas da prefeitura também já começaram a limpar os prédios públicos e parcerias com entidades da sociedade civil foram firmadas para unir forças contra o mosquito.

Mais de 700 profissionais de saúde foram capacitados para atender os doentes, e 19 postos de saúde oferecem atendimento diferenciado às vítimas do mosquito. Um Comitê de Enfrentamento foi criado para definir ações e monitorar o Aedes aegypti na capital.

Veja todos os detalhes no vídeo do Jornal jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT:

Veja outros vídeos do Jornal Jangadeiro.

Publicidade

Dê sua opinião

AÇÕES EDUCATIVAS

Campanha mobiliza população contra o mosquito Aedes aegypti no Ceará

O objetivo da campanha é chamar atenção da população para o combate aos focos do mosquito

Por TV Jangadeiro em Jornal Jangadeiro

9 de maio de 2017 às 18:01

Há 3 meses
Campanha educativa contra o mosquito Aedes Aegypti (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Campanha educativa contra o mosquito Aedes aegypti (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

A prefeitura de Fortaleza lançou nesta terça-feira (9) uma campanha educativa para mobilizar a população contra o mosquito Aedes aegypti.

A campanha será veiculada no rádio e na TV. O objetivo é conquistar o apoio da população no combate aos focos do mosquito. Uma vez que, segundo a prefeitura, mais de 80% dos focos estão nas residências.

Brigadas da prefeitura também já começaram a limpar os prédios públicos e parcerias com entidades da sociedade civil foram firmadas para unir forças contra o mosquito.

Mais de 700 profissionais de saúde foram capacitados para atender os doentes, e 19 postos de saúde oferecem atendimento diferenciado às vítimas do mosquito. Um Comitê de Enfrentamento foi criado para definir ações e monitorar o Aedes aegypti na capital.

Veja todos os detalhes no vídeo do Jornal jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT:

Veja outros vídeos do Jornal Jangadeiro.