Bebê que passou mais de 1 ano internada em hospital volta para casa

UTI DOMICILIAR

Bebê que passou mais de 1 ano internada em hospital volta para casa

Lisiane chegou ao hospital quando tinha apenas 10 meses. Ela tem Atrofia Muscular Espinhal (AME) e depende de respiração mecânica

Por TV Jangadeiro em Jornal Jangadeiro

20 de setembro de 2017 às 18:52

Há 3 meses
Lisiane passou mais de 1 ano hospitalizada (FOTO: Divulgação/Governo do Estado do Ceará)

Lisiane passou mais de 1 ano hospitalizada (FOTO: Divulgação/Governo do Estado do Ceará)

Crianças que precisam de ventilação mecânica atendidas pelo Hospital Infantil Albert Sabin, em Fortaleza, estão conseguindo voltar para casa graças a um programa que dá suporte a família.

Lisiane chegou ao hospital quando tinha apenas 10 meses. Ela tem Atrofia Muscular Espinhal (AME) e depende de respiração mecânica. Um ano e um mês depois, a pequena vai voltar para casa, onde vai comemorar 2 anos de vida. O que enche o coração da mãe de alegria.

“É uma sensação muito boa poder voltar para casa, ver os filhos novamente, o marido e levar a neném para casa”, afirma Luciana Fernandes, mãe de Lisiane.

 

O retorno só é possível graças ao Programa de Assistência Ventilatória Domiciliar do Hospital Infantil Albert Sabin que atende 24 pacientes, contando com a Lisiane. Eles têm entre 1 e 17 anos e recebem todos os cuidados em casa.

“O acompanhamento é feito por uma equipe multiprofissional vinculada ao Hospital Albert Sabin, onde os equipamentos também são proporcionados pelo hospital. Ela vai receber visita médica semanal para que a gente possa proporcionar um cuidado de qualidade”, explica a coordenadora do programa de assistência ventilatória domiciliar, Cristiane Rodrigues.

Confira todos os detalhes na reportagem do Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT:

 

Publicidade

Dê sua opinião

UTI DOMICILIAR

Bebê que passou mais de 1 ano internada em hospital volta para casa

Lisiane chegou ao hospital quando tinha apenas 10 meses. Ela tem Atrofia Muscular Espinhal (AME) e depende de respiração mecânica

Por TV Jangadeiro em Jornal Jangadeiro

20 de setembro de 2017 às 18:52

Há 3 meses
Lisiane passou mais de 1 ano hospitalizada (FOTO: Divulgação/Governo do Estado do Ceará)

Lisiane passou mais de 1 ano hospitalizada (FOTO: Divulgação/Governo do Estado do Ceará)

Crianças que precisam de ventilação mecânica atendidas pelo Hospital Infantil Albert Sabin, em Fortaleza, estão conseguindo voltar para casa graças a um programa que dá suporte a família.

Lisiane chegou ao hospital quando tinha apenas 10 meses. Ela tem Atrofia Muscular Espinhal (AME) e depende de respiração mecânica. Um ano e um mês depois, a pequena vai voltar para casa, onde vai comemorar 2 anos de vida. O que enche o coração da mãe de alegria.

“É uma sensação muito boa poder voltar para casa, ver os filhos novamente, o marido e levar a neném para casa”, afirma Luciana Fernandes, mãe de Lisiane.

 

O retorno só é possível graças ao Programa de Assistência Ventilatória Domiciliar do Hospital Infantil Albert Sabin que atende 24 pacientes, contando com a Lisiane. Eles têm entre 1 e 17 anos e recebem todos os cuidados em casa.

“O acompanhamento é feito por uma equipe multiprofissional vinculada ao Hospital Albert Sabin, onde os equipamentos também são proporcionados pelo hospital. Ela vai receber visita médica semanal para que a gente possa proporcionar um cuidado de qualidade”, explica a coordenadora do programa de assistência ventilatória domiciliar, Cristiane Rodrigues.

Confira todos os detalhes na reportagem do Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT: