"A pena deles quem vai completar é Deus", diz mãe de Dandara após julgamento

CRIME BRUTAL

“A pena deles quem vai completar é Deus”, diz mãe da travesti Dandara após julgamento

A travesti Dandara dos Santos foi morta em fevereiro de 2017; o julgamento dos assassinos foi realizado pouco mais de um ano depois

Por TV Jangadeiro em Jornal Jangadeiro

6 de Abril de 2018 às 15:43

Há 9 meses
Cinco envolvidos na morte da travesti Dandara dos Santos  (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Cinco envolvidos na morte da travesti Dandara dos Santos  (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

A mãe da travesti Dandara dos Santos, Francisca Ferreira, considerou baixa as penas concedidas aos assassinos da filha, morta em fevereiro de 2017. A Justiça condenou cinco envolvidos na morte, com penas que variam de 14 a 21 anos de prisão.

“A pena deles quem vai completar é Deus”, disse a mãe da travesti após o julgamento.

As penas foram anunciadas pela juíza já de madrugada desta sexta-feira (6), após mais de 15 horas de julgamento.

Francisco José Monteiro Oliveira foi condenado a 21 anos de prisão. Ele confessou ter dado os dois últimos tiros em Dandara e chegou a pedir desculpas aos familiares da vítima.

> Leia também: 4 homens são presos suspeitos de participar do assassinato de travesti em Fortaleza

Jean Victor Silva Oliveira, Rafael da Silva Paiva e Francisco Gabriel Campos dos Reis pegaram 16 anos por participarem do espancamento. Isaías da Silva Camurça recebeu 14 anos e seis meses por ter xingado a vítima. Todos cumprirão pena em regime fechado.

“Todos os acusados tiveram reconhecidas contra si a qualificadora da torpeza pela motivação transfóbica”, ressaltou o advogado de acusação, Hélio Leitão. A defesa dos réus não concedeu entrevista, mas disse que vai recorrer da sentença. Outros três homens ainda não foram julgados pela morte de Dandara.

Veja todos os detalhes do vídeo do programa Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT: 

Veja outros vídeos do Jornal Jangadeiro.

 

Publicidade

Dê sua opinião

CRIME BRUTAL

“A pena deles quem vai completar é Deus”, diz mãe da travesti Dandara após julgamento

A travesti Dandara dos Santos foi morta em fevereiro de 2017; o julgamento dos assassinos foi realizado pouco mais de um ano depois

Por TV Jangadeiro em Jornal Jangadeiro

6 de Abril de 2018 às 15:43

Há 9 meses
Cinco envolvidos na morte da travesti Dandara dos Santos  (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Cinco envolvidos na morte da travesti Dandara dos Santos  (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

A mãe da travesti Dandara dos Santos, Francisca Ferreira, considerou baixa as penas concedidas aos assassinos da filha, morta em fevereiro de 2017. A Justiça condenou cinco envolvidos na morte, com penas que variam de 14 a 21 anos de prisão.

“A pena deles quem vai completar é Deus”, disse a mãe da travesti após o julgamento.

As penas foram anunciadas pela juíza já de madrugada desta sexta-feira (6), após mais de 15 horas de julgamento.

Francisco José Monteiro Oliveira foi condenado a 21 anos de prisão. Ele confessou ter dado os dois últimos tiros em Dandara e chegou a pedir desculpas aos familiares da vítima.

> Leia também: 4 homens são presos suspeitos de participar do assassinato de travesti em Fortaleza

Jean Victor Silva Oliveira, Rafael da Silva Paiva e Francisco Gabriel Campos dos Reis pegaram 16 anos por participarem do espancamento. Isaías da Silva Camurça recebeu 14 anos e seis meses por ter xingado a vítima. Todos cumprirão pena em regime fechado.

“Todos os acusados tiveram reconhecidas contra si a qualificadora da torpeza pela motivação transfóbica”, ressaltou o advogado de acusação, Hélio Leitão. A defesa dos réus não concedeu entrevista, mas disse que vai recorrer da sentença. Outros três homens ainda não foram julgados pela morte de Dandara.

Veja todos os detalhes do vídeo do programa Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT: 

Veja outros vídeos do Jornal Jangadeiro.