A cada 12 homicídios no Brasil, 1 foi registrado no Ceará

VIOLÊNCIA

A cada 12 homicídios no Brasil, 1 foi registrado no Ceará

Apenas no primeiro semestre de 2017, o Brasil registrou 28.200 mil assassinatos. Deste total, o Ceará é responsável por 2.299 casos

Por TV Jangadeiro em Jornal Jangadeiro

22 de agosto de 2017 às 16:19

Há 1 ano
Rivalidade entre facções assusta moradores de Fortaleza (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

Rivalidade entre facções assusta moradores de Fortaleza (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

De cada 12 homicídios registrados no Brasil, nos primeiros seis meses de 2017, um foi no estado do Ceará. Esse aumento da violência vem assustando os cearenses. Em apenas seis meses, mais de 2 mil pessoas foram assassinadas no estado.

A estatística justifica esse medo. Apenas no primeiro semestre de 2017, o Brasil registrou 28.200 mil assassinatos. Desse total, o Ceará é responsável por 2.299 casos.

Segundo o sociólogo Cesar Bandeira, a política pública de segurança precisa ser revista e readequada para o momento atual. “A violência decorre muito da questão da desigualdade social, são situações que se colocam de uma forma muito problemática para algumas áreas”.

A Secretaria de Segurança justifica o aumento da violência à rivalidade entre facções criminosas que causa instabilidade no sistema prisional. No mês de abril, Vainer de Matos Magalhães, conhecido como Pepê, foi executado em uma emboscada na Avenida Santos Dumont. Ele seria um dos líderes da facção Família do Norte.

Outro crime que chamou a atenção, também atribuído a facções criminosas, foi o da chacina do Porto das Dunas. Seis pessoas foram mortas enquanto comemoravam a soltura de um traficante. Quatro vítimas não possuíam antecedentes criminais.

Veja todos os detalhes no vídeo do Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT:

Veja outros vídeos do Jornal Jangadeiro.

Publicidade

Dê sua opinião

VIOLÊNCIA

A cada 12 homicídios no Brasil, 1 foi registrado no Ceará

Apenas no primeiro semestre de 2017, o Brasil registrou 28.200 mil assassinatos. Deste total, o Ceará é responsável por 2.299 casos

Por TV Jangadeiro em Jornal Jangadeiro

22 de agosto de 2017 às 16:19

Há 1 ano
Rivalidade entre facções assusta moradores de Fortaleza (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

Rivalidade entre facções assusta moradores de Fortaleza (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

De cada 12 homicídios registrados no Brasil, nos primeiros seis meses de 2017, um foi no estado do Ceará. Esse aumento da violência vem assustando os cearenses. Em apenas seis meses, mais de 2 mil pessoas foram assassinadas no estado.

A estatística justifica esse medo. Apenas no primeiro semestre de 2017, o Brasil registrou 28.200 mil assassinatos. Desse total, o Ceará é responsável por 2.299 casos.

Segundo o sociólogo Cesar Bandeira, a política pública de segurança precisa ser revista e readequada para o momento atual. “A violência decorre muito da questão da desigualdade social, são situações que se colocam de uma forma muito problemática para algumas áreas”.

A Secretaria de Segurança justifica o aumento da violência à rivalidade entre facções criminosas que causa instabilidade no sistema prisional. No mês de abril, Vainer de Matos Magalhães, conhecido como Pepê, foi executado em uma emboscada na Avenida Santos Dumont. Ele seria um dos líderes da facção Família do Norte.

Outro crime que chamou a atenção, também atribuído a facções criminosas, foi o da chacina do Porto das Dunas. Seis pessoas foram mortas enquanto comemoravam a soltura de um traficante. Quatro vítimas não possuíam antecedentes criminais.

Veja todos os detalhes no vídeo do Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT:

Veja outros vídeos do Jornal Jangadeiro.