Professor de balé supera preconceito e realiza sonho

DEDICAÇÃO

Professor de balé supera preconceito e realiza sonho: “me sentia muito rejeitado”

Sérgio Gomes foi impedido de participar de aulas de balé por não ser mulher. Hoje, é professor de balé de mais de 20 alunos em uma escola particular

Por TV Jangadeiro em Gente na TV

30 de junho de 2018 às 07:00

Há 3 meses
 Sérgio Gomes supera preconceito e realiza sonho  (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Sérgio Gomes supera preconceito e realiza sonho  (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Sérgio Gomes tinha apena 10 anos quando a vontade de dançar foi despertada. O que ele não sabia é que a escolha do sonho o faria enfrentar barreiras.

“A professora não me aceitava. Ela dizia que lá não era lugar de homem, era lugar só das meninas. Eu me sentia muito rejeitado”, conta em entrevista ao Gente na TV, da TV Jangadeiro/SBT.

Depois das tentativas de se inserir na dança, Sérgio encontrou um projeto que abriu as portas para ele. Superou o preconceito e se tornou professor de balé de mais de 20 alunos em uma escola particular, além de criar o próprio projeto de dança no bairro onde mora – no local, ele ensina balé e dança contemporânea.

Veja mais detalhes no vídeo do Gente na TV, da TV Jangadeiro/SBT:

Veja outros vídeos do Gente na TV.

Publicidade

Dê sua opinião

DEDICAÇÃO

Professor de balé supera preconceito e realiza sonho: “me sentia muito rejeitado”

Sérgio Gomes foi impedido de participar de aulas de balé por não ser mulher. Hoje, é professor de balé de mais de 20 alunos em uma escola particular

Por TV Jangadeiro em Gente na TV

30 de junho de 2018 às 07:00

Há 3 meses
 Sérgio Gomes supera preconceito e realiza sonho  (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Sérgio Gomes supera preconceito e realiza sonho  (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Sérgio Gomes tinha apena 10 anos quando a vontade de dançar foi despertada. O que ele não sabia é que a escolha do sonho o faria enfrentar barreiras.

“A professora não me aceitava. Ela dizia que lá não era lugar de homem, era lugar só das meninas. Eu me sentia muito rejeitado”, conta em entrevista ao Gente na TV, da TV Jangadeiro/SBT.

Depois das tentativas de se inserir na dança, Sérgio encontrou um projeto que abriu as portas para ele. Superou o preconceito e se tornou professor de balé de mais de 20 alunos em uma escola particular, além de criar o próprio projeto de dança no bairro onde mora – no local, ele ensina balé e dança contemporânea.

Veja mais detalhes no vídeo do Gente na TV, da TV Jangadeiro/SBT:

Veja outros vídeos do Gente na TV.