Morto e enterrado há 19 anos estava com o corpo perfeito, conta o coveiro


Morto e enterrado há 19 anos estava com o corpo perfeito, conta o coveiro

A história é curiosa: em Santana do Acaraú, no interior do Ceará, um homem morto e enterrado no cemitério estava em perfeitas condições. O bigode do defunto, inclusive, tinha crescido. Ele teria morrido em 1995, 19 anos atrás, quando tinha aparentemente 42 anos. A história foi descoberta dias atrás, quando a mãe dele também tinha […]

Por Renato Ferreira em Gente na TV

13 de Fevereiro de 2014 às 15:33

Há 4 anos

A história é curiosa: em Santana do Acaraú, no interior do Ceará, um homem morto e enterrado no cemitério estava em perfeitas condições. O bigode do defunto, inclusive, tinha crescido. Ele teria morrido em 1995, 19 anos atrás, quando tinha aparentemente 42 anos. A história foi descoberta dias atrás, quando a mãe dele também tinha falecido e seria enterrada junto com ele.

A equipe do Gente na TV/TV Jangadeiro foi até o local e conversou com o coveiro, Pedro Pereira, que presenciou toda a cena. Ele relata que todo mundo que estava por perto ficou impressionado, e que ainda pensa muito na curiosidade do morto: um corpo praticamente intacto.

[uol video=”http://mais.uol.com.br/view/14860762″]

Veja outros vídeos do Gente na TV.

Publicidade

Dê sua opinião

Morto e enterrado há 19 anos estava com o corpo perfeito, conta o coveiro

A história é curiosa: em Santana do Acaraú, no interior do Ceará, um homem morto e enterrado no cemitério estava em perfeitas condições. O bigode do defunto, inclusive, tinha crescido. Ele teria morrido em 1995, 19 anos atrás, quando tinha aparentemente 42 anos. A história foi descoberta dias atrás, quando a mãe dele também tinha […]

Por Renato Ferreira em Gente na TV

13 de Fevereiro de 2014 às 15:33

Há 4 anos

A história é curiosa: em Santana do Acaraú, no interior do Ceará, um homem morto e enterrado no cemitério estava em perfeitas condições. O bigode do defunto, inclusive, tinha crescido. Ele teria morrido em 1995, 19 anos atrás, quando tinha aparentemente 42 anos. A história foi descoberta dias atrás, quando a mãe dele também tinha falecido e seria enterrada junto com ele.

A equipe do Gente na TV/TV Jangadeiro foi até o local e conversou com o coveiro, Pedro Pereira, que presenciou toda a cena. Ele relata que todo mundo que estava por perto ficou impressionado, e que ainda pensa muito na curiosidade do morto: um corpo praticamente intacto.

[uol video=”http://mais.uol.com.br/view/14860762″]

Veja outros vídeos do Gente na TV.