Idoso anota nome e data da morte de todos os moradores de Acaraú

CADERNO DA MORTE

Idoso anota nome e data da morte de todos os moradores de Acaraú

Há 25 anos, Manoel Mariquita guarda um caderno que virou uma espécie utilidade pública

Por TV Jangadeiro em Gente na TV

7 de agosto de 2018 às 07:15

Há 4 meses
Idoso da cidade de Acaraú cria o caderno da morte (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Idoso da cidade de Acaraú cria o caderno da morte (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Na cidade de Acaraú, moram 62 mil pessoas. Dentre tantos moradores, um tem feito um trabalho pra lá de inusitado. Há 25 anos, o agricultor Manoel Mariquita guarda algo que virou utilidade pública: o caderno da morte.

Seu Manoel anota no caderno o nome e dia, mês e ano do falecimento das pessoas. Ela conta que começou a mania para rezar um terço para os falecidos.

Na medida em que os cadernos vão se deteriorando, ele vai passando todos os nomes para um caderno novo – hoje, já está no terceiro volume. Manoel conta que muita gente o procura para saber o dia exato da morte de um parente.

Veja mais detalhes no vídeo do Gente na TV, da TV Jangadeiro/SBT:

Veja outros vídeos do Gente na TV.

 

Publicidade

Dê sua opinião

CADERNO DA MORTE

Idoso anota nome e data da morte de todos os moradores de Acaraú

Há 25 anos, Manoel Mariquita guarda um caderno que virou uma espécie utilidade pública

Por TV Jangadeiro em Gente na TV

7 de agosto de 2018 às 07:15

Há 4 meses
Idoso da cidade de Acaraú cria o caderno da morte (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Idoso da cidade de Acaraú cria o caderno da morte (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Na cidade de Acaraú, moram 62 mil pessoas. Dentre tantos moradores, um tem feito um trabalho pra lá de inusitado. Há 25 anos, o agricultor Manoel Mariquita guarda algo que virou utilidade pública: o caderno da morte.

Seu Manoel anota no caderno o nome e dia, mês e ano do falecimento das pessoas. Ela conta que começou a mania para rezar um terço para os falecidos.

Na medida em que os cadernos vão se deteriorando, ele vai passando todos os nomes para um caderno novo – hoje, já está no terceiro volume. Manoel conta que muita gente o procura para saber o dia exato da morte de um parente.

Veja mais detalhes no vídeo do Gente na TV, da TV Jangadeiro/SBT:

Veja outros vídeos do Gente na TV.