Exemplo de superação: deficientes físicos se destacam no esporte

Compartilhar por e-mail

A falta de um dos membros do corpo ou uma deficiência psicomotora, a impossibilidade de andar ou de ver não são suficientes para impedir a vontade de vencer desses guerreiros que através do esporte encontraram um novo sentido para vida. Dedicação, força de vontade e superação fazem parte do dia a dia de um grupo de pessoas que nasceram com deficiências físicas.

“Em termos de treinamento você faz algumas adaptações, por conta da deficiência da pessoa, mas do ponto de vista fisiológico, de treinamento e de cobrança dos atletas de alto rendimento paraolímpico, hoje não tem nenhuma diferença. A grande coisa do movimento paraolímpico, do incremento de grandes paraolimpíadas, como foi a Londres é que agente não tem mais a figura do coitadinho no esporte paraolímpico”. Afirma o técnico Guillermo Sanchis.

O para-atleta Carlos Alberto perdeu um dos braços aos 12 anos, e chegou a medalha de ouro no pan-americano de Guadalajara em 2011, uma das maiores conquistas de um atleta paraolímpico cearense. Ele serve de exemplo para outros atletas que vem seguindo seus passos. Acompanhe:

Imagem de Amostra do You Tube

Comentários