De cabeleireiro a cantor: cearense tem várias profissões em Maranguape

SE GARANTE!

De cabeleireiro a cantor: cearense tem várias profissões em Maranguape

Francisco é, literalmente, é “pau pra toda obra”. Segundo os moradores, o cearense resolve qualquer problema da comunidade

Por Tribuna do Ceará em Gente na TV

27 de dezembro de 2017 às 18:27

Há 10 meses
Francisco é literalmente é "pau pra toda obra" (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro) 

Francisco é literalmente é “pau pra toda obra” (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Francisco Antônio Freitas da Silva, de 38 anos, é pedreiro, agricultor, carpinteiro, cabeleireiro, artista plástico, compositor e cantor.

Ele mora na comunidade Rato de Baixo, localizada a 47 quilômetros de Maranguape, Região Metropolitana de Fortaleza.

Francisco é, literalmente, é “pau pra toda obra”. Segundo os moradores, o cearense resolve qualquer problema da comunidade.

Em entrevista ao Gente na TV, da TV, Jangadeiro/SBT, ele relembra um momento difícil quando passou três anos doente e precisou de ajuda de familiares e amigos. “Eu pedi muito a Deus. Ele me deu a vitória e venci”.

Veja todos os detalhes no vídeo Gente na TV, da TV Jangadeiro;SBT: 

Veja outros vídeos do Gente na TV.

Publicidade

Dê sua opinião

SE GARANTE!

De cabeleireiro a cantor: cearense tem várias profissões em Maranguape

Francisco é, literalmente, é “pau pra toda obra”. Segundo os moradores, o cearense resolve qualquer problema da comunidade

Por Tribuna do Ceará em Gente na TV

27 de dezembro de 2017 às 18:27

Há 10 meses
Francisco é literalmente é "pau pra toda obra" (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro) 

Francisco é literalmente é “pau pra toda obra” (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Francisco Antônio Freitas da Silva, de 38 anos, é pedreiro, agricultor, carpinteiro, cabeleireiro, artista plástico, compositor e cantor.

Ele mora na comunidade Rato de Baixo, localizada a 47 quilômetros de Maranguape, Região Metropolitana de Fortaleza.

Francisco é, literalmente, é “pau pra toda obra”. Segundo os moradores, o cearense resolve qualquer problema da comunidade.

Em entrevista ao Gente na TV, da TV, Jangadeiro/SBT, ele relembra um momento difícil quando passou três anos doente e precisou de ajuda de familiares e amigos. “Eu pedi muito a Deus. Ele me deu a vitória e venci”.

Veja todos os detalhes no vídeo Gente na TV, da TV Jangadeiro;SBT: 

Veja outros vídeos do Gente na TV.