Cemitério São João Batista tem três túmulos considerados milagrosos

HISTÓRIA

Cemitério São João Batista tem três túmulos considerados milagrosos

O cemitério existe há 150 anos. No local, são enterrados, em média, seis corpos por dia

Por TV Jangadeiro em Gente na TV

20 de fevereiro de 2017 às 14:57

Há 2 anos
Três túmulos são considerados santos no Cemitério São João Batista(FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Três túmulos são considerados santos no Cemitério São João Batista (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

O Cemitério São João Batista existe há 150 anos e é o cemitério mais velho em uso em Fortaleza. No local, são enterrados, em média, seis corpos por dia. Sua arquitetura é toda inspirada nos cemitérios franceses.

Muitos corpos de celebridades e pessoas conhecidas estão enterrados no São João Batista. Dois túmulos, no entanto, recebem a maior quantidade de visita.

Um deles é o da Lúcia, que morreu com 2 anos de idade. A morte tem duas versões: fome e sede ou atropelamento. Outro túmulo bem visitado é o da Cleidemar. Pessoas afirmam que o local é santo. Após alcançarem as graças, os visitantes retornam para agradecer. Os dois casos são conhecidos como milagrosos. Os túmulos são procurados principalmente às segundas-feiras, no Dia das Almas.

Em todo cemitério, há ainda a lenda de que uma das crianças enterradas no local transformou-se em uma serpente. De acordo com o homem que visita o túmulo constantemente, a menina de 12 anos “dava muita língua para a mãe”, por isso, quando morreu, teria se transformado em uma cobra. Segundo disse, ela também faz milagres.

Veja mais detalhes no vídeo do Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT:

Veja outros vídeos do Gente na TV.

Publicidade

Dê sua opinião

HISTÓRIA

Cemitério São João Batista tem três túmulos considerados milagrosos

O cemitério existe há 150 anos. No local, são enterrados, em média, seis corpos por dia

Por TV Jangadeiro em Gente na TV

20 de fevereiro de 2017 às 14:57

Há 2 anos
Três túmulos são considerados santos no Cemitério São João Batista(FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Três túmulos são considerados santos no Cemitério São João Batista (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

O Cemitério São João Batista existe há 150 anos e é o cemitério mais velho em uso em Fortaleza. No local, são enterrados, em média, seis corpos por dia. Sua arquitetura é toda inspirada nos cemitérios franceses.

Muitos corpos de celebridades e pessoas conhecidas estão enterrados no São João Batista. Dois túmulos, no entanto, recebem a maior quantidade de visita.

Um deles é o da Lúcia, que morreu com 2 anos de idade. A morte tem duas versões: fome e sede ou atropelamento. Outro túmulo bem visitado é o da Cleidemar. Pessoas afirmam que o local é santo. Após alcançarem as graças, os visitantes retornam para agradecer. Os dois casos são conhecidos como milagrosos. Os túmulos são procurados principalmente às segundas-feiras, no Dia das Almas.

Em todo cemitério, há ainda a lenda de que uma das crianças enterradas no local transformou-se em uma serpente. De acordo com o homem que visita o túmulo constantemente, a menina de 12 anos “dava muita língua para a mãe”, por isso, quando morreu, teria se transformado em uma cobra. Segundo disse, ela também faz milagres.

Veja mais detalhes no vídeo do Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT:

Veja outros vídeos do Gente na TV.