Aos 92 anos, dono de mercadinho chama atenção pela forma como cuida do estabelecimento
REDENÇÃO

Aos 92 anos, dono de mercadinho chama atenção pela forma como cuida do estabelecimento

Seu Batista segue firme no comércio. Em pleno ano de 2017, ainda prefere o caderninho para anotar todo o dinheiro que circula no mercado

Por TV Jangadeiro em Gente na TV

29 de setembro de 2017 às 15:49

Há 3 semanas
Idoso divide amor de mercadinho com esposa (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Idoso divide amor de mercadinho com esposa (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

O interior do Ceará reserva boas histórias. No distrito de Antônio Diogo, em Redenção, localizado a cerca de 75 km de Fortaleza, um mercadinho chama atenção.

Seu Batista, 92 anos, segue firme no comércio e, mesmo em 2017, ainda prefere o caderninho para anotar todo o dinheiro que circula em seu mercado.

O mercadinho é um dos amores de Seu Batista, que também é apaixonado por Vilanir Diógenes. “Antes de eu chegar aqui, andei por tanto lugar, conheci o Amazonas quase todo, o Pará também. Eu vendia mercadoria de porta em porta. Foi quando conheci Vilanir, e tudo deu certo”.

Os dois são casados há 60 anos e seguem com o mesmo amor.

Confira mais detalhes na matéria do programa Gente na TV, da TV Jangadeiro/SBT:

Publicidade

Dê sua opinião

REDENÇÃO

Aos 92 anos, dono de mercadinho chama atenção pela forma como cuida do estabelecimento

Seu Batista segue firme no comércio. Em pleno ano de 2017, ainda prefere o caderninho para anotar todo o dinheiro que circula no mercado

Por TV Jangadeiro em Gente na TV

29 de setembro de 2017 às 15:49

Há 3 semanas
Idoso divide amor de mercadinho com esposa (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Idoso divide amor de mercadinho com esposa (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

O interior do Ceará reserva boas histórias. No distrito de Antônio Diogo, em Redenção, localizado a cerca de 75 km de Fortaleza, um mercadinho chama atenção.

Seu Batista, 92 anos, segue firme no comércio e, mesmo em 2017, ainda prefere o caderninho para anotar todo o dinheiro que circula em seu mercado.

O mercadinho é um dos amores de Seu Batista, que também é apaixonado por Vilanir Diógenes. “Antes de eu chegar aqui, andei por tanto lugar, conheci o Amazonas quase todo, o Pará também. Eu vendia mercadoria de porta em porta. Foi quando conheci Vilanir, e tudo deu certo”.

Os dois são casados há 60 anos e seguem com o mesmo amor.

Confira mais detalhes na matéria do programa Gente na TV, da TV Jangadeiro/SBT: