Suspeitos de matar capivara e fazer churrasco são identificados pela polícia

PUNIÇÃO

Suspeitos de matar capivara e fazer churrasco são identificados pela polícia

As imagens que mostram os maus-tratos ao animal tiveram mais de 1 milhão de compartilhamentos

Por TV Jangadeiro em Barra Pesada

28 de dezembro de 2017 às 15:49

Há 4 meses
 Assassinos de capivara são identificados pela Polícia (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Assassinos de capivara são identificados pela Polícia (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Depois de quase uma semana de investigações, a polícia identificou as pessoas que aparecem em um vídeo praticando maus-tratos a uma capivara.

O animal, que faz parte da fauna brasileira, foi amarrado, espancado e depois comido por populares no Bairro Vila Velha, em Fortaleza.

Segundo o delegado do 10º Distrito Policial, Barbosa Filho, os suspeitos “vão ser devidamente notificados e responder perante a polícia”.

As imagens que mostram os maus-tratos ao animal tiveram mais de 1 milhão de compartilhamentos. Em caso de um animal silvestre aparecer, o procedimento correto é ligar para a Sociedade Protetora dos Animais através do telefone (85) 9 8833-0283.

Veja todos os detalhes no vídeo do programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT:

Veja outros vídeos do Barra Pesada.

Publicidade

Dê sua opinião

PUNIÇÃO

Suspeitos de matar capivara e fazer churrasco são identificados pela polícia

As imagens que mostram os maus-tratos ao animal tiveram mais de 1 milhão de compartilhamentos

Por TV Jangadeiro em Barra Pesada

28 de dezembro de 2017 às 15:49

Há 4 meses
 Assassinos de capivara são identificados pela Polícia (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Assassinos de capivara são identificados pela Polícia (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Depois de quase uma semana de investigações, a polícia identificou as pessoas que aparecem em um vídeo praticando maus-tratos a uma capivara.

O animal, que faz parte da fauna brasileira, foi amarrado, espancado e depois comido por populares no Bairro Vila Velha, em Fortaleza.

Segundo o delegado do 10º Distrito Policial, Barbosa Filho, os suspeitos “vão ser devidamente notificados e responder perante a polícia”.

As imagens que mostram os maus-tratos ao animal tiveram mais de 1 milhão de compartilhamentos. Em caso de um animal silvestre aparecer, o procedimento correto é ligar para a Sociedade Protetora dos Animais através do telefone (85) 9 8833-0283.

Veja todos os detalhes no vídeo do programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT:

Veja outros vídeos do Barra Pesada.