"Se ele tivesse corrido, estaria conversando com a gente", lamenta pai de rapaz morto em desabamento
TRAGÉDIA

“Se ele tivesse corrido, estaria conversando com a gente”, lamenta pai de rapaz morto em desabamento

O pai do rapaz de 22 anos morto após desabamento de um triplex em Fortaleza concedeu entrevista ao programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro

Por TV Jangadeiro em Barra Pesada

24 de fevereiro de 2017 às 18:53

Há 3 meses
Pai fala do momento do desabamento que matou o filho (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Pai fala do momento do desabamento que matou o filho (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

A equipe de reportagem do Barra Pesada voltou ao local onde um triplex desabou deixando um rapaz de 22 anos morto e outras duas pessoas feridas.

O pai de Jefferson Boris sobreviveu ao acidente, ocorrido no Bairro Barroso II, em Fortaleza, e conta detalhes dos momentos anteriores ao desabamento.

Ubirajara Leite, que presenciou tudo, afirma que – se o filho tivesse corrido – não teria morrido. “Ele estava saindo para o trabalho. Se ele tivesse corrido, estaria conversando com a gente, mas Deus sabe o que faz”. O pai ainda diz que é difícil aceitar, mas agora é levantar a cabeça e rezar muito pelo filho.

Veja mais detalhes no vídeo do Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT:

Veja outros vídeos do Barra Pesada.

Publicidade

Dê sua opinião

TRAGÉDIA

“Se ele tivesse corrido, estaria conversando com a gente”, lamenta pai de rapaz morto em desabamento

O pai do rapaz de 22 anos morto após desabamento de um triplex em Fortaleza concedeu entrevista ao programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro

Por TV Jangadeiro em Barra Pesada

24 de fevereiro de 2017 às 18:53

Há 3 meses
Pai fala do momento do desabamento que matou o filho (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Pai fala do momento do desabamento que matou o filho (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

A equipe de reportagem do Barra Pesada voltou ao local onde um triplex desabou deixando um rapaz de 22 anos morto e outras duas pessoas feridas.

O pai de Jefferson Boris sobreviveu ao acidente, ocorrido no Bairro Barroso II, em Fortaleza, e conta detalhes dos momentos anteriores ao desabamento.

Ubirajara Leite, que presenciou tudo, afirma que – se o filho tivesse corrido – não teria morrido. “Ele estava saindo para o trabalho. Se ele tivesse corrido, estaria conversando com a gente, mas Deus sabe o que faz”. O pai ainda diz que é difícil aceitar, mas agora é levantar a cabeça e rezar muito pelo filho.

Veja mais detalhes no vídeo do Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT:

Veja outros vídeos do Barra Pesada.