"Não estamos seguros nem dentro de casa", lamenta família de criança morta enquanto jantava

PEDIDO DE JUSTIÇA

“Não estamos seguros nem dentro de casa”, lamenta família de criança morta enquanto jantava

Como pedido de justiça, a família da vítima fez caminhada em direção à Praça do Henrique Jorge, em Fortaleza. O objetivo era chamar atenção das autoridades

Por TV Jangadeiro em Barra Pesada

6 de junho de 2018 às 19:35

Há 2 semanas
Família da Pequena Licia Taynara pede justiça (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Família da vítima pede justiça (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Na Rua Porto Alegre, a reportagem do Barra Pesada acompanhou a manifestação de familiares e amigos da pequena Lívia Taynara, de 10 anos, que morreu ao ser baleada enquanto jantava dentro de casa. Criminosos perseguiam desafetos pela rua e efetuaram disparos. Um deles atingiu a criança.

Como pedido de justiça, a família da vítima fez caminhada em direção à Praça do Henrique Jorge, local em que estava sendo inaugurada uma UNISEG. O objetivo deles era chamar a atenção das autoridades.

“Ela estava dentro de casa, jantando. Não estamos seguros nem dentro da nossa casa”, comenta a irmã da vítima.

Veja mais detalhes no vídeo do Barra Pesada da TV Jangadeiro/SBT:

Veja outros vídeos do Barra Pesada.

Publicidade

Dê sua opinião

PEDIDO DE JUSTIÇA

“Não estamos seguros nem dentro de casa”, lamenta família de criança morta enquanto jantava

Como pedido de justiça, a família da vítima fez caminhada em direção à Praça do Henrique Jorge, em Fortaleza. O objetivo era chamar atenção das autoridades

Por TV Jangadeiro em Barra Pesada

6 de junho de 2018 às 19:35

Há 2 semanas
Família da Pequena Licia Taynara pede justiça (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Família da vítima pede justiça (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Na Rua Porto Alegre, a reportagem do Barra Pesada acompanhou a manifestação de familiares e amigos da pequena Lívia Taynara, de 10 anos, que morreu ao ser baleada enquanto jantava dentro de casa. Criminosos perseguiam desafetos pela rua e efetuaram disparos. Um deles atingiu a criança.

Como pedido de justiça, a família da vítima fez caminhada em direção à Praça do Henrique Jorge, local em que estava sendo inaugurada uma UNISEG. O objetivo deles era chamar a atenção das autoridades.

“Ela estava dentro de casa, jantando. Não estamos seguros nem dentro da nossa casa”, comenta a irmã da vítima.

Veja mais detalhes no vídeo do Barra Pesada da TV Jangadeiro/SBT:

Veja outros vídeos do Barra Pesada.