Morte de professora dentro de ônibus causa comoção em escola em Fortaleza

VIOLÊNCIA

Morte de professora dentro de ônibus causa comoção em escola em Fortaleza

Na escola, os funcionários tinham retornado das férias para iniciar o planejamento das aulas. No entanto, nessa sexta-feira os portões estavam fechados em virtude da morte

Por TV Jangadeiro em Barra Pesada

13 de Janeiro de 2018 às 11:28

Há 3 meses
Duas pessoas foram assassinadas (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

Duas pessoas foram assassinadas (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

O corpo da professora assassinada dentro de um ônibus foi velado na casa dos pais, em Itaitinga, Região Metropolitana. O enterro de Alexandra dos Santos, de 34 anos, ocorreu na manhã deste sábado (13).

O crime aconteceu na última quinta-feira (11), em um coletivo que fazia a linha Antônio Bezerra/Messejana, em Fortaleza. Um suspeito efetuou disparos contra um homem que pulou a catraca. Ele morreu dentro do coletivo. Alexandra foi atingida na cabeça, levada ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

Ela trabalhava no Centro Educacional da Juventude Padre João Piamarta e havia acabado de sair do local quando familiares e amigos receberam a notícia. “Ela saiu por volta das 15h30. Quando foi 16h tivemos a notícia”, lamenta Padre Francisco Ferreira.

Na escola, os alunos estão de férias, já os funcionários tinham retornado recentemente para iniciar o planejamento das aulas. No entanto, nessa sexta-feira (12), os portões estavam fechados em virtude da morte da educadora.

Em um vídeo, é possível ver a tentativa de socorro a Alexandra. Embaixo de uma das cadeiras do ônibus, um médico faz massagem cardíaca na professora. Outras pessoas se aproximam e tentam tirar a mulher do ônibus para levá-la ao hospital. O suspeito do crime ainda não foi preso.

Confira mais detalhes na reportagem de Luciana Lemos, do Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT:

Publicidade

Dê sua opinião

VIOLÊNCIA

Morte de professora dentro de ônibus causa comoção em escola em Fortaleza

Na escola, os funcionários tinham retornado das férias para iniciar o planejamento das aulas. No entanto, nessa sexta-feira os portões estavam fechados em virtude da morte

Por TV Jangadeiro em Barra Pesada

13 de Janeiro de 2018 às 11:28

Há 3 meses
Duas pessoas foram assassinadas (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

Duas pessoas foram assassinadas (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

O corpo da professora assassinada dentro de um ônibus foi velado na casa dos pais, em Itaitinga, Região Metropolitana. O enterro de Alexandra dos Santos, de 34 anos, ocorreu na manhã deste sábado (13).

O crime aconteceu na última quinta-feira (11), em um coletivo que fazia a linha Antônio Bezerra/Messejana, em Fortaleza. Um suspeito efetuou disparos contra um homem que pulou a catraca. Ele morreu dentro do coletivo. Alexandra foi atingida na cabeça, levada ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

Ela trabalhava no Centro Educacional da Juventude Padre João Piamarta e havia acabado de sair do local quando familiares e amigos receberam a notícia. “Ela saiu por volta das 15h30. Quando foi 16h tivemos a notícia”, lamenta Padre Francisco Ferreira.

Na escola, os alunos estão de férias, já os funcionários tinham retornado recentemente para iniciar o planejamento das aulas. No entanto, nessa sexta-feira (12), os portões estavam fechados em virtude da morte da educadora.

Em um vídeo, é possível ver a tentativa de socorro a Alexandra. Embaixo de uma das cadeiras do ônibus, um médico faz massagem cardíaca na professora. Outras pessoas se aproximam e tentam tirar a mulher do ônibus para levá-la ao hospital. O suspeito do crime ainda não foi preso.

Confira mais detalhes na reportagem de Luciana Lemos, do Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT: