Mãe de criança morta a tiro conta drama: "por que fizeram essa covardia?"

CRIME EM SOBRAL

Mãe de criança morta a tiros em casa conta o drama: “por que fizeram essa covardia?”

A criança ainda gritou “mamãe, mamãe”, em meio ao desespero após ser atingida por um tiro. O crime aconteceu em Sobral, no interior do Ceará

Por TV Jangadeiro em Barra Pesada

31 de Maio de 2018 às 17:19

Há 5 meses
Ana Vitória tinha 4 anos (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

Ana Vitória tinha 4 anos (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

A mãe da menina de 4 anos morta a tiros dentro de casa, em Sobral, deu detalhes de como o crime aconteceu. Em áudio, ela conta que a filha foi baleada no peito e chegou a gritar por socorro. O caso foi registrado na noite de quarta-feira (30), na Rua Nossa Senhora de Fátima, no Conjunto Santo Antônio.

“Eu estava fazendo a janta, tinham pessoas sentadas na minha calçada, quando chegaram atirando. Eu corri da cozinha para fora. Agarrei meu filho e perguntei: ‘Igor, foi você que levou um tiro?’. Ele disse: ‘não, mãe’. Minha filha caiu no chão. Quando levantei ela, vi o tiro, minha filha estava morta nos meus braços… ela ainda disse: ‘mamãe, mamãe”.

Segundo a polícia, por volta das 20h20, um dos suspeitos desceu de um veículo com arma em punho e começou a atirar contra outro. O homem que seria o alvo correu para o interior da casa, onde estava Ana Vitória da Silva Rodrigues. A criança foi atingida por um disparo de arma de fogo no peito e ainda foi socorrida para a Santa Casa de Misericórdia, mas não resistiu aos ferimentos.

“Ela ia fazer 5 anos no dia 18 de julho, eu ia fazer o aniversário. Ela tinha chegado da escola e dito: ‘mamãe, olha, eu fiz um coração tão bonito para você, mamãe’… Mas ela se foi… Minha filha… Por que fizeram essa covardia com uma criança de 4 anos?”.

Apreensão

Na manhã desta quinta-feira (31), dois adolescentes suspeitos de cometer o crime foram capturados durante um assalto. Eles já estavam em fuga quando a Polícia chegou. Com eles, foram apreendidos revólver calibre 38, carregado com seis munições intactas, uma certa quantia em dinheiro, aparelhos celulares e relógios. Os dois foram conduzidos para a Delegacia Regional de Sobral, onde um dos menores de idade confessou ter participado do crime que resultou na morte de Ana Vitória.

Veja mais detalhes no Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT:

Publicidade

Dê sua opinião

CRIME EM SOBRAL

Mãe de criança morta a tiros em casa conta o drama: “por que fizeram essa covardia?”

A criança ainda gritou “mamãe, mamãe”, em meio ao desespero após ser atingida por um tiro. O crime aconteceu em Sobral, no interior do Ceará

Por TV Jangadeiro em Barra Pesada

31 de Maio de 2018 às 17:19

Há 5 meses
Ana Vitória tinha 4 anos (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

Ana Vitória tinha 4 anos (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

A mãe da menina de 4 anos morta a tiros dentro de casa, em Sobral, deu detalhes de como o crime aconteceu. Em áudio, ela conta que a filha foi baleada no peito e chegou a gritar por socorro. O caso foi registrado na noite de quarta-feira (30), na Rua Nossa Senhora de Fátima, no Conjunto Santo Antônio.

“Eu estava fazendo a janta, tinham pessoas sentadas na minha calçada, quando chegaram atirando. Eu corri da cozinha para fora. Agarrei meu filho e perguntei: ‘Igor, foi você que levou um tiro?’. Ele disse: ‘não, mãe’. Minha filha caiu no chão. Quando levantei ela, vi o tiro, minha filha estava morta nos meus braços… ela ainda disse: ‘mamãe, mamãe”.

Segundo a polícia, por volta das 20h20, um dos suspeitos desceu de um veículo com arma em punho e começou a atirar contra outro. O homem que seria o alvo correu para o interior da casa, onde estava Ana Vitória da Silva Rodrigues. A criança foi atingida por um disparo de arma de fogo no peito e ainda foi socorrida para a Santa Casa de Misericórdia, mas não resistiu aos ferimentos.

“Ela ia fazer 5 anos no dia 18 de julho, eu ia fazer o aniversário. Ela tinha chegado da escola e dito: ‘mamãe, olha, eu fiz um coração tão bonito para você, mamãe’… Mas ela se foi… Minha filha… Por que fizeram essa covardia com uma criança de 4 anos?”.

Apreensão

Na manhã desta quinta-feira (31), dois adolescentes suspeitos de cometer o crime foram capturados durante um assalto. Eles já estavam em fuga quando a Polícia chegou. Com eles, foram apreendidos revólver calibre 38, carregado com seis munições intactas, uma certa quantia em dinheiro, aparelhos celulares e relógios. Os dois foram conduzidos para a Delegacia Regional de Sobral, onde um dos menores de idade confessou ter participado do crime que resultou na morte de Ana Vitória.

Veja mais detalhes no Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT: