Flanelinhas demarcam vagas públicas para "organizar os apurados" em Fortaleza

ESPAÇO PÚBLICO

Flanelinhas demarcam vagas públicas para “organizar os apurados” em Fortaleza

Situação que virou uma verdadeira guerra: de um lado a população revoltada pelas cobranças indevidas e abusivas e, do outro, os flanelinhas que afirmam trabalhar honestamente

Por TV Jangadeiro em Barra Pesada

26 de dezembro de 2017 às 18:46

Há 4 semanas
Flanelinhas demarcam vagas em espaço público (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Flanelinhas demarcam vagas em espaço público (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Entre carros e motos no Centro de Fortaleza, lá estão os flanelinhas. Eles trabalham informalmente e tentam, através dessa atividade, conseguir uma renda para tentar sobreviver.

Mas, infelizmente, também existem pessoas mal intencionadas. A equipe de reportagem do Gente na TV, da TV Jangadeiro/SBT, encontrou um local onde os flanelinhas demarcam as vagas como se fossem donos do espaço públicos.

Segundo os flanelinhas, as demarcações são uma forma de organizar melhor as vagas e cada um conseguir ganhar seus apurados. Uma situação que virou uma verdadeira guerra: de um lado a população revoltada pelas cobranças indevidas e abusivas e, do outro, os flanelinhas que afirmam trabalhar honestamente.

Sobre a fiscalização dos flanelinhas, a equipe do Gente na TV procurou três órgãos em busca de uma resposta. A Secretaria da Segurança informou que a fiscalização da atividade deve ser feita pela Prefeitura de Fortaleza, mas que qualquer cidadão que se sentir coagido ou ameaçado por cobranças indevidas para estacionar em via pública, pode registrar um Boletim de Ocorrência em qualquer delegacia ou ligar para o número 190.

Por não haver legislação própria para esse tipo de atividade, quem é flagrado cobrando taxa para estacionar em via pública está sujeito ao crime de extorsão, e se for o caso, também pode ser autuado por ameaça e constrangimento ilegal.

Já a Guarda Municipal, que é da Prefeitura de Fortaleza, informou que qualquer cidadão que se sentir ameaçado, pode acionar uma guarnição da guarda. Porém também não pode fiscalizar os flanelinhas, pois não é uma atividade regulamentada.

Veja todos os detalhes no vídeo do Gente na TV, da TV Jangadeiro/SBT:

Veja outros vídeos do Gente na TV.

Publicidade

Dê sua opinião

ESPAÇO PÚBLICO

Flanelinhas demarcam vagas públicas para “organizar os apurados” em Fortaleza

Situação que virou uma verdadeira guerra: de um lado a população revoltada pelas cobranças indevidas e abusivas e, do outro, os flanelinhas que afirmam trabalhar honestamente

Por TV Jangadeiro em Barra Pesada

26 de dezembro de 2017 às 18:46

Há 4 semanas
Flanelinhas demarcam vagas em espaço público (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Flanelinhas demarcam vagas em espaço público (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Entre carros e motos no Centro de Fortaleza, lá estão os flanelinhas. Eles trabalham informalmente e tentam, através dessa atividade, conseguir uma renda para tentar sobreviver.

Mas, infelizmente, também existem pessoas mal intencionadas. A equipe de reportagem do Gente na TV, da TV Jangadeiro/SBT, encontrou um local onde os flanelinhas demarcam as vagas como se fossem donos do espaço públicos.

Segundo os flanelinhas, as demarcações são uma forma de organizar melhor as vagas e cada um conseguir ganhar seus apurados. Uma situação que virou uma verdadeira guerra: de um lado a população revoltada pelas cobranças indevidas e abusivas e, do outro, os flanelinhas que afirmam trabalhar honestamente.

Sobre a fiscalização dos flanelinhas, a equipe do Gente na TV procurou três órgãos em busca de uma resposta. A Secretaria da Segurança informou que a fiscalização da atividade deve ser feita pela Prefeitura de Fortaleza, mas que qualquer cidadão que se sentir coagido ou ameaçado por cobranças indevidas para estacionar em via pública, pode registrar um Boletim de Ocorrência em qualquer delegacia ou ligar para o número 190.

Por não haver legislação própria para esse tipo de atividade, quem é flagrado cobrando taxa para estacionar em via pública está sujeito ao crime de extorsão, e se for o caso, também pode ser autuado por ameaça e constrangimento ilegal.

Já a Guarda Municipal, que é da Prefeitura de Fortaleza, informou que qualquer cidadão que se sentir ameaçado, pode acionar uma guarnição da guarda. Porém também não pode fiscalizar os flanelinhas, pois não é uma atividade regulamentada.

Veja todos os detalhes no vídeo do Gente na TV, da TV Jangadeiro/SBT:

Veja outros vídeos do Gente na TV.