Cresce o número de maus-tratos a animais em Fortaleza e Região Metropolitana
COVARDIA E FALTA DE AMOR

Cresce o número de maus-tratos a animais em Fortaleza e Região Metropolitana

Além do abandono e envenenamento, existem também as agressões físicas

Por TV Jangadeiro em Barra Pesada

19 de maio de 2017 às 15:31

Há 4 dias
Animais são abandonados nas ruas e praças de Fortaleza (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Animais são abandonados nas ruas e praças de Fortaleza (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

Nos últimos meses têm crescido os casos de maus-tratos a animais em Fortaleza e Região Metropolitana. Além do abandono e envenenamento, existem também as agressões físicas.

No Brasil, a lei 9.605 de 1998 em seu artigo 32 diz que “praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos, nativos ou exóticos, prevê pena de detenção de três meses a um ano e multa”.

Na matéria especial do Barra Pesada, desta sexta-feira (19), você vai conhecer algumas ações para impedir o avanço da violência contra os animais. Vai conhecer também a dona Estela que, há anos, todos os dias, presta socorro e mantêm cães e gatos abandonados em um abrigo.

Veja todos os detalhes no vídeo do Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT:

Veja outros vídeos do Barra Pesada.

Publicidade

Dê sua opinião

COVARDIA E FALTA DE AMOR

Cresce o número de maus-tratos a animais em Fortaleza e Região Metropolitana

Além do abandono e envenenamento, existem também as agressões físicas

Por TV Jangadeiro em Barra Pesada

19 de maio de 2017 às 15:31

Há 4 dias
Animais são abandonados nas ruas e praças de Fortaleza (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Animais são abandonados nas ruas e praças de Fortaleza (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

Nos últimos meses têm crescido os casos de maus-tratos a animais em Fortaleza e Região Metropolitana. Além do abandono e envenenamento, existem também as agressões físicas.

No Brasil, a lei 9.605 de 1998 em seu artigo 32 diz que “praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos, nativos ou exóticos, prevê pena de detenção de três meses a um ano e multa”.

Na matéria especial do Barra Pesada, desta sexta-feira (19), você vai conhecer algumas ações para impedir o avanço da violência contra os animais. Vai conhecer também a dona Estela que, há anos, todos os dias, presta socorro e mantêm cães e gatos abandonados em um abrigo.

Veja todos os detalhes no vídeo do Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT:

Veja outros vídeos do Barra Pesada.