Catadores dividem espaço com urubus e moscas em lixão

DURA REALIDADE

Catadores dividem espaço com urubus e moscas em lixão: “tem que ser feliz até na dificuldade”

Matéria especial mostra homens e mulheres que sobrevivem do lixo. Os relatos são emocionantes

Por TV Jangadeiro em Barra Pesada

17 de Fevereiro de 2018 às 07:00

Há 4 meses
Famílias vivem em condições desumanas em lixão (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Famílias vivem em condições desumanas em lixão (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Um cenário real, mas desconhecido por muitos. Em meio a urubus e moscas, dezenas de pessoas se aglomeram na espera do caminhão que traz parte do lixo.

O barulho se aproxima, até que ele chega, descarrega o resíduo sólido, e os catadores de um lixão começam um árduo trabalho, revirando o que encontram pela frente.

Tudo separado é levado para casa, sendo assim, um acalento para todos os trabalhadores que têm como única fonte de sustento o aterro sanitário.

Na matéria especial do programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT, desta sexta-feira (16), você vai acompanhar histórias de homens e mulheres que passam o dia inteiro em um dos lixões da Região Metropolitana de Fortaleza. “Tem que sorrir. A gente tem que ter alegria em tudo, até com as coisas mais difíceis, até com a dor. A minha esperança é um dia mudar”, diz catadora em lixão.

Confira todos os detalhes no vídeo da matéria do Programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT:

Veja outros vídeos do Barra Pesada.

Publicidade

Dê sua opinião

DURA REALIDADE

Catadores dividem espaço com urubus e moscas em lixão: “tem que ser feliz até na dificuldade”

Matéria especial mostra homens e mulheres que sobrevivem do lixo. Os relatos são emocionantes

Por TV Jangadeiro em Barra Pesada

17 de Fevereiro de 2018 às 07:00

Há 4 meses
Famílias vivem em condições desumanas em lixão (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Famílias vivem em condições desumanas em lixão (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Um cenário real, mas desconhecido por muitos. Em meio a urubus e moscas, dezenas de pessoas se aglomeram na espera do caminhão que traz parte do lixo.

O barulho se aproxima, até que ele chega, descarrega o resíduo sólido, e os catadores de um lixão começam um árduo trabalho, revirando o que encontram pela frente.

Tudo separado é levado para casa, sendo assim, um acalento para todos os trabalhadores que têm como única fonte de sustento o aterro sanitário.

Na matéria especial do programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT, desta sexta-feira (16), você vai acompanhar histórias de homens e mulheres que passam o dia inteiro em um dos lixões da Região Metropolitana de Fortaleza. “Tem que sorrir. A gente tem que ter alegria em tudo, até com as coisas mais difíceis, até com a dor. A minha esperança é um dia mudar”, diz catadora em lixão.

Confira todos os detalhes no vídeo da matéria do Programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT:

Veja outros vídeos do Barra Pesada.