Adolescentes usam crianças para praticar furtos em shopping de Fortaleza

INVESTIGAÇÃO

Adolescentes usam crianças para praticar furtos em shopping de Fortaleza

Os adolescentes induziam as crianças a cometerem o furto no shopping Parangaba, em Fortaleza. O caso será acompanhado pelo Conselho Tutelar

Por TV Jangadeiro em Barra Pesada

4 de julho de 2018 às 07:00

Há 3 meses
Crianças de 9 e 10 anos são usadas para furtar em shopping (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Crianças de 9 e 10 anos são usadas para furtar em shopping (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Duas crianças e dois adolescentes foram apreendidos por furtar sandálias em um shopping na Parangaba, em Fortaleza.

Segundo a titular da Delegacia de Combate a Exploração da Criança e do Adolescente (Dececa), Arlete Silveira, os adolescentes induziam as crianças a furtarem os produtos.

“Uma criança que cometeu um furto. Com as investigações, foi possível identificar quatro indivíduos e duas crianças. Os adolescentes usavam as crianças, ficavam no banheiro e induziam as crianças a cometerem o furto”, afirma a delegada Arlete Silveira. O caso foi registrado na última segunda-feira (2).

Por estar em vulnerabilidade social, a ocorrência será acompanhada pelo Conselho Tutelar e encaminhada para o Ministério Público para ser analisada pelo Poder Judiciário. As informações são do programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT.

Veja outros vídeos do Barra Pesada.

Publicidade

Dê sua opinião

INVESTIGAÇÃO

Adolescentes usam crianças para praticar furtos em shopping de Fortaleza

Os adolescentes induziam as crianças a cometerem o furto no shopping Parangaba, em Fortaleza. O caso será acompanhado pelo Conselho Tutelar

Por TV Jangadeiro em Barra Pesada

4 de julho de 2018 às 07:00

Há 3 meses
Crianças de 9 e 10 anos são usadas para furtar em shopping (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Crianças de 9 e 10 anos são usadas para furtar em shopping (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Duas crianças e dois adolescentes foram apreendidos por furtar sandálias em um shopping na Parangaba, em Fortaleza.

Segundo a titular da Delegacia de Combate a Exploração da Criança e do Adolescente (Dececa), Arlete Silveira, os adolescentes induziam as crianças a furtarem os produtos.

“Uma criança que cometeu um furto. Com as investigações, foi possível identificar quatro indivíduos e duas crianças. Os adolescentes usavam as crianças, ficavam no banheiro e induziam as crianças a cometerem o furto”, afirma a delegada Arlete Silveira. O caso foi registrado na última segunda-feira (2).

Por estar em vulnerabilidade social, a ocorrência será acompanhada pelo Conselho Tutelar e encaminhada para o Ministério Público para ser analisada pelo Poder Judiciário. As informações são do programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT.

Veja outros vídeos do Barra Pesada.