Rosier Alexandre: Tempo

QUAL O SEU EVEREST?

Rosier Alexandre: “Tempo”

Parece que quanto mais aumenta a tecnologia, mais rápido passa o tempo

Por Tribuna do Ceará em Rosier Alexandre

10 de julho de 2017 às 08:33

Há 5 meses

Por Rosier Alexandre

Parece que quanto mais aumenta a tecnologia, mais rápido passa o tempo. A sensação que temos é que o motor do tempo está cada dia mais acelerado e não conseguimos freá-lo. Todos os dias temos mais tarefas e menos tempo, pelo menos é isso que sentimos, mas é apenas uma sensação. O tempo continua senhor de si mesmo e não temos nenhum poder de acelerar ou parar nem mesmo uma fração dele.

É o recurso mais democrático que existe. Ele vem e vai na mesma velocidade e proporção para todos; o mais rico e o mais sábio dos homens tem um dia de 24 horas, da mesma forma que o mais pobre e o mais tolo também recebem um dia exatamente do mesmo tamanho. Só existe diferença na forma de ocupar o tempo e é isso que nos torna diferentes, felizes ou infelizes, produtivos ou improdutivos.

Algumas pessoas após usarem mal o seu tempo dizem: “Vamos correr para tirar o atraso”. Porém isso é uma ilusão, jamais recuperamos o tempo perdido, podemos até aprender com o passado e passar a utilizar melhor o nosso tempo, jamais conseguimos voltar no tempo e recuperar o que foi gasto com inutilidades. Reforçando isso, temos um provérbio chinês que diz: “Há três coisas na vida que nunca voltam atrás: a flecha lançada, a palavra pronunciada e a oportunidade perdida”.

Este provérbio nos mostra o quanto devemos ser vigilantes com o nosso tempo, porque a tecnologia crescente traz consigo um conjunto de armadilhas na forma de entretenimento. E reforço aqui que entretenimento saudável é muito bom, porém sabemos que as redes sociais e os aplicativos de mensagens consomem grande parcela do nosso tempo. O perigo é quando a maior parte deste tempo é usada de forma totalmente vaga e sem conteúdo.

Jamais teremos tempo para fazer tudo aquilo que queremos fazer, mas sabendo estabelecer prioridades e administrando bem nossas tarefas, podemos viver sem angústias e até ter ganhar mais tempo para a família, para os amigos e outras coisas boas da vida.

Te desejo uma excelente semana como o meu abraço do tamanho do Everest.

*Rosier Alexandre é graduado em marketing, palestrante, consultor organizacional e alpinista profissional.

A coluna “Qual o seu Everest?” é publicada no Tribuna do Ceará todas as segundas-feiras e também vai ao ar na Tribuna BandNews (FM 101.7), às 9h10.

Publicidade

Dê sua opinião

QUAL O SEU EVEREST?

Rosier Alexandre: “Tempo”

Parece que quanto mais aumenta a tecnologia, mais rápido passa o tempo

Por Tribuna do Ceará em Rosier Alexandre

10 de julho de 2017 às 08:33

Há 5 meses

Por Rosier Alexandre

Parece que quanto mais aumenta a tecnologia, mais rápido passa o tempo. A sensação que temos é que o motor do tempo está cada dia mais acelerado e não conseguimos freá-lo. Todos os dias temos mais tarefas e menos tempo, pelo menos é isso que sentimos, mas é apenas uma sensação. O tempo continua senhor de si mesmo e não temos nenhum poder de acelerar ou parar nem mesmo uma fração dele.

É o recurso mais democrático que existe. Ele vem e vai na mesma velocidade e proporção para todos; o mais rico e o mais sábio dos homens tem um dia de 24 horas, da mesma forma que o mais pobre e o mais tolo também recebem um dia exatamente do mesmo tamanho. Só existe diferença na forma de ocupar o tempo e é isso que nos torna diferentes, felizes ou infelizes, produtivos ou improdutivos.

Algumas pessoas após usarem mal o seu tempo dizem: “Vamos correr para tirar o atraso”. Porém isso é uma ilusão, jamais recuperamos o tempo perdido, podemos até aprender com o passado e passar a utilizar melhor o nosso tempo, jamais conseguimos voltar no tempo e recuperar o que foi gasto com inutilidades. Reforçando isso, temos um provérbio chinês que diz: “Há três coisas na vida que nunca voltam atrás: a flecha lançada, a palavra pronunciada e a oportunidade perdida”.

Este provérbio nos mostra o quanto devemos ser vigilantes com o nosso tempo, porque a tecnologia crescente traz consigo um conjunto de armadilhas na forma de entretenimento. E reforço aqui que entretenimento saudável é muito bom, porém sabemos que as redes sociais e os aplicativos de mensagens consomem grande parcela do nosso tempo. O perigo é quando a maior parte deste tempo é usada de forma totalmente vaga e sem conteúdo.

Jamais teremos tempo para fazer tudo aquilo que queremos fazer, mas sabendo estabelecer prioridades e administrando bem nossas tarefas, podemos viver sem angústias e até ter ganhar mais tempo para a família, para os amigos e outras coisas boas da vida.

Te desejo uma excelente semana como o meu abraço do tamanho do Everest.

*Rosier Alexandre é graduado em marketing, palestrante, consultor organizacional e alpinista profissional.

A coluna “Qual o seu Everest?” é publicada no Tribuna do Ceará todas as segundas-feiras e também vai ao ar na Tribuna BandNews (FM 101.7), às 9h10.