Rosier Alexandre: O poder da tecnologia e suas mudanças

QUAL O SEU EVEREST?

Rosier Alexandre: “O poder da tecnologia e suas mudanças”

O grande filósofo Heráclito dizia: “Nada é permanente, exceto a mudança”

Por Tribuna do Ceará em Rosier Alexandre

5 de Fevereiro de 2018 às 18:31

Há 4 meses

Estamos vivendo dias de profundas mudanças, principalmente na área de tecnologia. Apesar de alguns dizerem que as máquinas estão tirando os empregos dos homens, vale lembrar que estas máquinas foram pensadas e desenvolvidas por homens, e a grande maioria das mudanças estão trazendo benefícios para a sociedade.

Nós gostamos e consumimos o fruto destas mudanças, porém cada solução substitui outra, e esta última se torna obsoleta. Isso cria uma um conflito de interesses. Basta ver alguns conflitos como Uber x taxistas convencionais, Google x Listel, Netflix x locadoras de vídeos e tantos outros embates. E nem adianta reclamar, porque já sabemos quem vencerá. O vitorioso nem mesmo terá tempo para comemorar, pois ele precisará se reinventar rápido para prolongar sua vida, afinal em breve também será ultrapassado.

O grande filósofo Heráclito dizia: “Nada é permanente, exceto a mudança”. Veja que ele disse isso 500 anos antes de Cristo, imagine o que ele diria se visse a velocidade das mudanças que estamos passando no século XXI.

Você precisa evoluir rápido para acompanhar as exigências que nós mesmos impomos, afinal estas mudanças em parte são frutos das nossas próprias escolhas, tais como: um celular com mais funções; um tratamento médico mais rápido e eficiente; um computador mais leve e rápido; e mais ainda, queremos tudo isso e cada dia com preços mais acessíveis.

Neste cenário, o técnico que consertava máquinas de escrever teve dois caminhos: chorar um amargo desemprego ou aprender a trabalhar com computadores. A segunda alternativa exigiu mudanças, ele precisou sair da zona de conforto e buscar novos aprendizados, único caminho para se inserir ativamente neste universo de mudanças velozes.

Não espere a mudança chegar. Ela quase sempre nos tira do eixo por algum tempo, então, promova a mudança que deseja, assim você se mantém alinhado com esta sociedade que voa baixo produzindo novidades.

Para ilustrar este tema vou encerrar com um verso do grande compositor Belchior que em 1976 compôs a música Roupa Velha e dizia:

“Você não sente nem vê mas eu não posso deixar de dizer, meu amigo, que uma nova mudança em breve vai acontecer, e o que há algum tempo era novo jovem, hoje é antigo, e precisamos todos rejuvenescer…”

Te desejo uma excelente semana com o meu abraço do tamanho do Everest.

*Rosier Alexandre é graduado em marketing, palestrante, consultor organizacional e alpinista profissional.

A coluna “Qual o seu Everest?” é publicada no Tribuna do Ceará todas as segundas-feiras e também vai ao ar na Tribuna BandNews (FM 101.7), às 9h10.

Publicidade

Dê sua opinião

QUAL O SEU EVEREST?

Rosier Alexandre: “O poder da tecnologia e suas mudanças”

O grande filósofo Heráclito dizia: “Nada é permanente, exceto a mudança”

Por Tribuna do Ceará em Rosier Alexandre

5 de Fevereiro de 2018 às 18:31

Há 4 meses

Estamos vivendo dias de profundas mudanças, principalmente na área de tecnologia. Apesar de alguns dizerem que as máquinas estão tirando os empregos dos homens, vale lembrar que estas máquinas foram pensadas e desenvolvidas por homens, e a grande maioria das mudanças estão trazendo benefícios para a sociedade.

Nós gostamos e consumimos o fruto destas mudanças, porém cada solução substitui outra, e esta última se torna obsoleta. Isso cria uma um conflito de interesses. Basta ver alguns conflitos como Uber x taxistas convencionais, Google x Listel, Netflix x locadoras de vídeos e tantos outros embates. E nem adianta reclamar, porque já sabemos quem vencerá. O vitorioso nem mesmo terá tempo para comemorar, pois ele precisará se reinventar rápido para prolongar sua vida, afinal em breve também será ultrapassado.

O grande filósofo Heráclito dizia: “Nada é permanente, exceto a mudança”. Veja que ele disse isso 500 anos antes de Cristo, imagine o que ele diria se visse a velocidade das mudanças que estamos passando no século XXI.

Você precisa evoluir rápido para acompanhar as exigências que nós mesmos impomos, afinal estas mudanças em parte são frutos das nossas próprias escolhas, tais como: um celular com mais funções; um tratamento médico mais rápido e eficiente; um computador mais leve e rápido; e mais ainda, queremos tudo isso e cada dia com preços mais acessíveis.

Neste cenário, o técnico que consertava máquinas de escrever teve dois caminhos: chorar um amargo desemprego ou aprender a trabalhar com computadores. A segunda alternativa exigiu mudanças, ele precisou sair da zona de conforto e buscar novos aprendizados, único caminho para se inserir ativamente neste universo de mudanças velozes.

Não espere a mudança chegar. Ela quase sempre nos tira do eixo por algum tempo, então, promova a mudança que deseja, assim você se mantém alinhado com esta sociedade que voa baixo produzindo novidades.

Para ilustrar este tema vou encerrar com um verso do grande compositor Belchior que em 1976 compôs a música Roupa Velha e dizia:

“Você não sente nem vê mas eu não posso deixar de dizer, meu amigo, que uma nova mudança em breve vai acontecer, e o que há algum tempo era novo jovem, hoje é antigo, e precisamos todos rejuvenescer…”

Te desejo uma excelente semana com o meu abraço do tamanho do Everest.

*Rosier Alexandre é graduado em marketing, palestrante, consultor organizacional e alpinista profissional.

A coluna “Qual o seu Everest?” é publicada no Tribuna do Ceará todas as segundas-feiras e também vai ao ar na Tribuna BandNews (FM 101.7), às 9h10.