Livros dão alma ao universo, asas para a mente, voo para a imaginação, e vida a tudo

QUAL O SEU EVEREST?

Rosier Alexandre: “Livros dão alma ao universo, asas para a mente, voo para a imaginação, e vida a tudo”

Eu leio muito e devo a transformação que consegui fazer na minha vida à leitura e aos estudos

Por Tribuna do Ceará em Rosier Alexandre

6 de agosto de 2018 às 18:31

Há 2 meses

Eu leio muito e devo a transformação que consegui fazer na minha vida à leitura e aos estudos. Eu nasci em uma família muito pobre, na qual ganhava-se roupas usadas e ainda as revezavam com os irmãos. Confesso que as privações excessivas me incomodavam bastante.

Ainda na infância, comecei a fazer negócios. Eu os via como uma saída para me livrar da pobreza, mas depois entendi que até poderia continuar fazendo negócios, poréms precisava algo mais para fazê-los bem feitos e lucrativos. Faltava conhecimento e estratégia, algo que só aprenderia estudando. Eu também tinha a certeza de que aquilo que eu não tinha era fruto do que eu não sabia, e precisava mudar.

A primeira vez que ouvi alguém falar que o mundo era composto de sete continentes e cada um habitado por pessoas com culturas diferentes, eu disse pra mim mesmo: “Eu quero conhecer o mundo e as diversas culturas espalhadas nele”. Mas isso tinha implicações financeiras, eu precisava de recursos, algo que eu não possuía naquele momento. Mas eu tinha o mais importante, o desejo de conhecer e a crença de que isso possível. O meu desafio era descobrir “como”.

Antes de realizar o sonho de conhecer o mundo, veio outro sonho, escalar montanhas. Então associei um ao outro e estabeleci o PROJETO SETE CUMES que consistiu em escalar a maior montanha de cada continente. O meu desafio ficou ainda maior. O primeiro passo que dei foi fazer a mim mesmo algumas perguntas chaves na busca de soluções. Mesmo sem saber, eu estava fazendo um plano de ação, ferramenta que potencializa recursos e nos aproxima das nossas metas.

A etapa final foi dedicar energia com foco e paciência. Foram 12 anos escalando montanhas, dei algumas voltas na terra e convivi com diversas culturas, desde as tribos canibais da Papua Nova Guiné até tribos Massais na África, para finalmente no dia 21 de maio de 2016, chegar ao cume do Everest concluindo um grande sonho.

Já dizia Platão: “Livros dão alma ao universo, asas para a mente, voo para a imaginação, e vida a tudo”.

Te desejo uma boa leitura e uma excelente semana com o meu abraço do tamanho do Everest.

*Rosier Alexandre é graduado em marketing, palestrante, consultor organizacional e alpinista profissional.

A coluna “Qual o seu Everest?” é publicada no Tribuna do Ceará todas as segundas-feiras e também vai ao ar na Tribuna BandNews (FM 101.7), às 9h10.

Publicidade

Dê sua opinião

QUAL O SEU EVEREST?

Rosier Alexandre: “Livros dão alma ao universo, asas para a mente, voo para a imaginação, e vida a tudo”

Eu leio muito e devo a transformação que consegui fazer na minha vida à leitura e aos estudos

Por Tribuna do Ceará em Rosier Alexandre

6 de agosto de 2018 às 18:31

Há 2 meses

Eu leio muito e devo a transformação que consegui fazer na minha vida à leitura e aos estudos. Eu nasci em uma família muito pobre, na qual ganhava-se roupas usadas e ainda as revezavam com os irmãos. Confesso que as privações excessivas me incomodavam bastante.

Ainda na infância, comecei a fazer negócios. Eu os via como uma saída para me livrar da pobreza, mas depois entendi que até poderia continuar fazendo negócios, poréms precisava algo mais para fazê-los bem feitos e lucrativos. Faltava conhecimento e estratégia, algo que só aprenderia estudando. Eu também tinha a certeza de que aquilo que eu não tinha era fruto do que eu não sabia, e precisava mudar.

A primeira vez que ouvi alguém falar que o mundo era composto de sete continentes e cada um habitado por pessoas com culturas diferentes, eu disse pra mim mesmo: “Eu quero conhecer o mundo e as diversas culturas espalhadas nele”. Mas isso tinha implicações financeiras, eu precisava de recursos, algo que eu não possuía naquele momento. Mas eu tinha o mais importante, o desejo de conhecer e a crença de que isso possível. O meu desafio era descobrir “como”.

Antes de realizar o sonho de conhecer o mundo, veio outro sonho, escalar montanhas. Então associei um ao outro e estabeleci o PROJETO SETE CUMES que consistiu em escalar a maior montanha de cada continente. O meu desafio ficou ainda maior. O primeiro passo que dei foi fazer a mim mesmo algumas perguntas chaves na busca de soluções. Mesmo sem saber, eu estava fazendo um plano de ação, ferramenta que potencializa recursos e nos aproxima das nossas metas.

A etapa final foi dedicar energia com foco e paciência. Foram 12 anos escalando montanhas, dei algumas voltas na terra e convivi com diversas culturas, desde as tribos canibais da Papua Nova Guiné até tribos Massais na África, para finalmente no dia 21 de maio de 2016, chegar ao cume do Everest concluindo um grande sonho.

Já dizia Platão: “Livros dão alma ao universo, asas para a mente, voo para a imaginação, e vida a tudo”.

Te desejo uma boa leitura e uma excelente semana com o meu abraço do tamanho do Everest.

*Rosier Alexandre é graduado em marketing, palestrante, consultor organizacional e alpinista profissional.

A coluna “Qual o seu Everest?” é publicada no Tribuna do Ceará todas as segundas-feiras e também vai ao ar na Tribuna BandNews (FM 101.7), às 9h10.