Rosier Alexandre: “Como você aproveita as oportunidades que surgem na sua vida?"

QUAL O SEU EVEREST?

Rosier Alexandre: “Como você aproveita as oportunidades que surgem na sua vida?”

Ou não surgem oportunidades para você?

Por Tribuna do Ceará em Rosier Alexandre

2 de julho de 2018 às 15:50

Há 3 semanas

Vou te dar uma notícia boa, oportunidades existem muitas. O que acontece é que nem sempre as vemos ou não estamos preparados para elas. Neste último caso, o despreparo tira a visão e a chance de agarrá-las. O jeitinho brasileiro que parece ajudar a resolver tudo, quase sempre atrapalha.

Tem muita gente expert em apagar incêndios e resolver problemas, porém isso não é nada nobre. O que realmente faz a diferença é a competência para evitar os problemas e o quanto estamos preparados para agarrar cada oportunidade que surgir.

Um profissional competente vai além do que o seu cliente espera. Ele surpreende positivamente, ele não perde tempo apagando incêndios e resolvendo problemas, o foco dele é o planejamento e a entrega de resultados.

Eu passei por as duas maiores tragédias da história do Everest. Em 2014 e 2015, eu estava escalando a montanha quando cada uma das temporadas deixou 19 mortos vítimas de avalanches e eu retornei são e salvo. Devo isso ao profundo planejamento que fiz e aos intensos treinos e simulações que realizei.

As muitas avalanches ocorridas no Everest jamais podem ser consideradas um imprevisto, podem até ser indesejadas, imprevistos jamais. Quando estudamos a montanha sabemos que época do ano ocorrem em maior intensidade, o local e o horário de maior incidência e assim evitamos estar em alguns lugares em determinados horários e isso salva vidas. Não escalamos uma montanha apenas
com força física, mas com estratégia.

Um bom planejamento prevê todas as dificuldades que o projeto pode sofrer e pensa em soluções antes que os problemas apareçam e assim, quando eles surgem, você age imediatamente evitando desgastes e prejuízos.

Nunca esqueça que resultados são obtidos aproveitando as oportunidades e até mesmo criando onde não existem e não apagando incêndios e resolvendo problemas.

Te desejo uma excelente semana com o meu abraço do tamanho do Everest.

*Rosier Alexandre é graduado em marketing, palestrante, consultor organizacional e alpinista profissional.

A coluna “Qual o seu Everest?” é publicada no Tribuna do Ceará todas as segundas-feiras e também vai ao ar na Tribuna BandNews (FM 101.7), às 9h10.

Publicidade

Dê sua opinião

QUAL O SEU EVEREST?

Rosier Alexandre: “Como você aproveita as oportunidades que surgem na sua vida?”

Ou não surgem oportunidades para você?

Por Tribuna do Ceará em Rosier Alexandre

2 de julho de 2018 às 15:50

Há 3 semanas

Vou te dar uma notícia boa, oportunidades existem muitas. O que acontece é que nem sempre as vemos ou não estamos preparados para elas. Neste último caso, o despreparo tira a visão e a chance de agarrá-las. O jeitinho brasileiro que parece ajudar a resolver tudo, quase sempre atrapalha.

Tem muita gente expert em apagar incêndios e resolver problemas, porém isso não é nada nobre. O que realmente faz a diferença é a competência para evitar os problemas e o quanto estamos preparados para agarrar cada oportunidade que surgir.

Um profissional competente vai além do que o seu cliente espera. Ele surpreende positivamente, ele não perde tempo apagando incêndios e resolvendo problemas, o foco dele é o planejamento e a entrega de resultados.

Eu passei por as duas maiores tragédias da história do Everest. Em 2014 e 2015, eu estava escalando a montanha quando cada uma das temporadas deixou 19 mortos vítimas de avalanches e eu retornei são e salvo. Devo isso ao profundo planejamento que fiz e aos intensos treinos e simulações que realizei.

As muitas avalanches ocorridas no Everest jamais podem ser consideradas um imprevisto, podem até ser indesejadas, imprevistos jamais. Quando estudamos a montanha sabemos que época do ano ocorrem em maior intensidade, o local e o horário de maior incidência e assim evitamos estar em alguns lugares em determinados horários e isso salva vidas. Não escalamos uma montanha apenas
com força física, mas com estratégia.

Um bom planejamento prevê todas as dificuldades que o projeto pode sofrer e pensa em soluções antes que os problemas apareçam e assim, quando eles surgem, você age imediatamente evitando desgastes e prejuízos.

Nunca esqueça que resultados são obtidos aproveitando as oportunidades e até mesmo criando onde não existem e não apagando incêndios e resolvendo problemas.

Te desejo uma excelente semana com o meu abraço do tamanho do Everest.

*Rosier Alexandre é graduado em marketing, palestrante, consultor organizacional e alpinista profissional.

A coluna “Qual o seu Everest?” é publicada no Tribuna do Ceará todas as segundas-feiras e também vai ao ar na Tribuna BandNews (FM 101.7), às 9h10.