Rosier Alexandre: "Como conquistar o seu Everest?"

QUAL O SEU EVEREST?

Rosier Alexandre: “Como conquistar o seu Everest?”

Quando todas as perguntas forem bem respondidas, o projeto vai ganhar corpo, fazer sentido e consequentemente vai ajudar a conseguir os recursos necessários

Por Tribuna do Ceará em Rosier Alexandre

14 de Maio de 2018 às 20:26

Há 2 meses

Esta semana recebi a mesma pergunta em duas palestras diferentes que realizei, então achei interessante abordá-la aqui. A pergunta é: COMO SE CRIA OU ESTABELECE UMA META?

Antes de tudo você precisa definir: QUAL É O SEU EVEREST? Para que se transforme em meta, você precisa responder a pelo menos 7 perguntas: O QUE? Aqui você define qual é a ideia, o que deseja realizar.

POR QUE? Onde você vai justificar a razão deste projeto, apontar os benefícios que ele lhe trará.

QUEM? Aqui você define quem serão os responsáveis, o papel de cada pessoa ou instituição envolvida.

ONDE? Onde ocorrerá este projeto ou cada etapa dele. QUANDO? Aqui você vai descrever o prazo, fazer um cronograma de execução para acompanhar a sua evolução.

COMO? Aqui você vai definir os métodos de trabalho, as estratégias e as parcerias.

QUANTO CUSTA? Nesta fase você vai apontar os recursos que serão necessários a execução deste projeto. Quando você tiver respondido a estas 7 perguntas, você construiu um plano de ação e estabeleceu uma meta. Enquanto você tem apenas um pensamento, desejo ou sonho em mente não pode dizer que tem uma meta, porque ela necessita definição de prazos e estratégias para fazer sentido. Este é o princípio básico do planejamento.

Estabelecer metas é desafiante, exige tempo, habilidade, dedicação e comprometimento. Todas as perguntas acima são importantes, mas tem duas que são gargalos, a 2ª pergunta: POR QUE? Você precisa ver sentido na causa para se comprometer de corpo e alma, se o projeto for de pouca importância ou se tiver sido definido por outra pessoa, dificilmente você dará o melhor de si para sua execução. O segundo gargalo e que bloqueia muita gente é a 7ª pergunta: QUANTO CUSTA? Esta pergunta faz algumas pessoas desistirem do processo ao pensar no dinheiro, o simples fato de não ter os recursos financeiros disponíveis faz com que ela não execute as etapas anteriores, isso é um erro.

Quando todas as perguntas forem bem respondidas, o projeto vai ganhar corpo, fazer sentido e consequentemente vai ajudar a conseguir os recursos necessários.

Responda as 7 perguntas acima com o máximo de detalhes possível, mas não se se limite a elas, quanto mais informações, melhor será seu projeto. Mas lembre-se: toda invenção nasce primeiro na mente, se não visualizarmos
na mente não criaremos na realidade.

Te desejo uma excelente semana, com o meu abraço do tamanho do Everest.

*Rosier Alexandre é graduado em marketing, palestrante, consultor organizacional e alpinista profissional.

A coluna “Qual o seu Everest?” é publicada no Tribuna do Ceará todas as segundas-feiras e também vai ao ar na Tribuna BandNews (FM 101.7), às 9h10.

Publicidade

Dê sua opinião

QUAL O SEU EVEREST?

Rosier Alexandre: “Como conquistar o seu Everest?”

Quando todas as perguntas forem bem respondidas, o projeto vai ganhar corpo, fazer sentido e consequentemente vai ajudar a conseguir os recursos necessários

Por Tribuna do Ceará em Rosier Alexandre

14 de Maio de 2018 às 20:26

Há 2 meses

Esta semana recebi a mesma pergunta em duas palestras diferentes que realizei, então achei interessante abordá-la aqui. A pergunta é: COMO SE CRIA OU ESTABELECE UMA META?

Antes de tudo você precisa definir: QUAL É O SEU EVEREST? Para que se transforme em meta, você precisa responder a pelo menos 7 perguntas: O QUE? Aqui você define qual é a ideia, o que deseja realizar.

POR QUE? Onde você vai justificar a razão deste projeto, apontar os benefícios que ele lhe trará.

QUEM? Aqui você define quem serão os responsáveis, o papel de cada pessoa ou instituição envolvida.

ONDE? Onde ocorrerá este projeto ou cada etapa dele. QUANDO? Aqui você vai descrever o prazo, fazer um cronograma de execução para acompanhar a sua evolução.

COMO? Aqui você vai definir os métodos de trabalho, as estratégias e as parcerias.

QUANTO CUSTA? Nesta fase você vai apontar os recursos que serão necessários a execução deste projeto. Quando você tiver respondido a estas 7 perguntas, você construiu um plano de ação e estabeleceu uma meta. Enquanto você tem apenas um pensamento, desejo ou sonho em mente não pode dizer que tem uma meta, porque ela necessita definição de prazos e estratégias para fazer sentido. Este é o princípio básico do planejamento.

Estabelecer metas é desafiante, exige tempo, habilidade, dedicação e comprometimento. Todas as perguntas acima são importantes, mas tem duas que são gargalos, a 2ª pergunta: POR QUE? Você precisa ver sentido na causa para se comprometer de corpo e alma, se o projeto for de pouca importância ou se tiver sido definido por outra pessoa, dificilmente você dará o melhor de si para sua execução. O segundo gargalo e que bloqueia muita gente é a 7ª pergunta: QUANTO CUSTA? Esta pergunta faz algumas pessoas desistirem do processo ao pensar no dinheiro, o simples fato de não ter os recursos financeiros disponíveis faz com que ela não execute as etapas anteriores, isso é um erro.

Quando todas as perguntas forem bem respondidas, o projeto vai ganhar corpo, fazer sentido e consequentemente vai ajudar a conseguir os recursos necessários.

Responda as 7 perguntas acima com o máximo de detalhes possível, mas não se se limite a elas, quanto mais informações, melhor será seu projeto. Mas lembre-se: toda invenção nasce primeiro na mente, se não visualizarmos
na mente não criaremos na realidade.

Te desejo uma excelente semana, com o meu abraço do tamanho do Everest.

*Rosier Alexandre é graduado em marketing, palestrante, consultor organizacional e alpinista profissional.

A coluna “Qual o seu Everest?” é publicada no Tribuna do Ceará todas as segundas-feiras e também vai ao ar na Tribuna BandNews (FM 101.7), às 9h10.