Rosier Alexandre: "Carreira profissional ou família? Felicidade ou dinheiro?"

QUAL O SEU EVEREST?

Rosier Alexandre: “Carreira profissional ou família? Felicidade ou dinheiro?”

Você pode ter tudo que é importante para você, basta ter uma vida equilibrada gastando menos que ganha e investindo adequadamente

Por Tribuna do Ceará em Rosier Alexandre

11 de março de 2019 às 09:05

Há 2 semanas

Vivemos em busca da felicidade, este é o grande tesouro que todos desejam. E quem, assim como eu, já passou privações financeiras, sabe que o dinheiro tem um papel importante na conquista da felicidade.

Claro que somente o dinheiro não traz a felicidade, mas é difícil imaginar que alguém seja plenamente feliz com contas atrasadas ou sofrendo carências básicas de comida, roupa e medicamentos.

Um dia você já escutou estas perguntas: Família ou carreira profissional? Felicidade ou dinheiro? Em ambas, se você escolheu apenas uma das respostas, precisa repensar as suas crenças e valores.

Pessoas de mentalidade pobre tendem a acreditar que não se pode ter tudo, mas isso é um erro. Podemos sim ter os dois. Nem a família concorre com a carreira profissional e nem felicidade concorre com dinheiro.

Se você está sobrecarregado de trabalho e está difícil ter tempo para a família, talvez precise rever as suas prioridades ou até mesmo suas habilidades profissionais. Se você acha que a felicidade depende apenas de dinheiro, precisa conhecer casais que acabaram um casamento quando se distanciaram para intensificar o trabalho e acumular mais riqueza. Se acha que dinheiro não é importante, visite alguém que está com a conta de água e luz cortadas por falta de pagamento, e ainda estão sem comida em casa. O ponto-chave desta situação não é fácil, mas é simples: é ter equilíbrio em todas as situações.

Todas as grandes conquistas se dão graças a um conjunto: um sonho bem definido, trabalho focado e boa gestão financeira. Quando eu anunciei que iria escalar o Everest, fui tratado como louco por ainda ser bem pobre e publicar um projeto que ia exigir uma montanha de dinheiro. Claro que eu tive apoios financeiros de várias empresas. Mas ressalto que isso só chegou após estes parceiros avaliarem as chances de sucesso do projeto que dependiam quase exclusivamente do meu nível de comprometimento pessoal e da minha capacidade de gestão financeira. Somente após esta análise é que estas empresas quiseram se associar e expor as suas marcas no meu projeto, e todas elas estavam certas.

Da próxima vez que lhe perguntarem se você quer churrasco ou uma peixada, diga: “os dois”, o churrasco no almoço e a peixada para o jantar. Não acredite na teoria da escassez que está sempre excluindo algo, você pode ter tudo que é importante para você, basta ter uma vida equilibrada gastando menos que ganha e investindo adequadamente.

Te desejo uma excelente semana, com o meu abraço do tamanho do Everest.

Publicidade

Dê sua opinião

QUAL O SEU EVEREST?

Rosier Alexandre: “Carreira profissional ou família? Felicidade ou dinheiro?”

Você pode ter tudo que é importante para você, basta ter uma vida equilibrada gastando menos que ganha e investindo adequadamente

Por Tribuna do Ceará em Rosier Alexandre

11 de março de 2019 às 09:05

Há 2 semanas

Vivemos em busca da felicidade, este é o grande tesouro que todos desejam. E quem, assim como eu, já passou privações financeiras, sabe que o dinheiro tem um papel importante na conquista da felicidade.

Claro que somente o dinheiro não traz a felicidade, mas é difícil imaginar que alguém seja plenamente feliz com contas atrasadas ou sofrendo carências básicas de comida, roupa e medicamentos.

Um dia você já escutou estas perguntas: Família ou carreira profissional? Felicidade ou dinheiro? Em ambas, se você escolheu apenas uma das respostas, precisa repensar as suas crenças e valores.

Pessoas de mentalidade pobre tendem a acreditar que não se pode ter tudo, mas isso é um erro. Podemos sim ter os dois. Nem a família concorre com a carreira profissional e nem felicidade concorre com dinheiro.

Se você está sobrecarregado de trabalho e está difícil ter tempo para a família, talvez precise rever as suas prioridades ou até mesmo suas habilidades profissionais. Se você acha que a felicidade depende apenas de dinheiro, precisa conhecer casais que acabaram um casamento quando se distanciaram para intensificar o trabalho e acumular mais riqueza. Se acha que dinheiro não é importante, visite alguém que está com a conta de água e luz cortadas por falta de pagamento, e ainda estão sem comida em casa. O ponto-chave desta situação não é fácil, mas é simples: é ter equilíbrio em todas as situações.

Todas as grandes conquistas se dão graças a um conjunto: um sonho bem definido, trabalho focado e boa gestão financeira. Quando eu anunciei que iria escalar o Everest, fui tratado como louco por ainda ser bem pobre e publicar um projeto que ia exigir uma montanha de dinheiro. Claro que eu tive apoios financeiros de várias empresas. Mas ressalto que isso só chegou após estes parceiros avaliarem as chances de sucesso do projeto que dependiam quase exclusivamente do meu nível de comprometimento pessoal e da minha capacidade de gestão financeira. Somente após esta análise é que estas empresas quiseram se associar e expor as suas marcas no meu projeto, e todas elas estavam certas.

Da próxima vez que lhe perguntarem se você quer churrasco ou uma peixada, diga: “os dois”, o churrasco no almoço e a peixada para o jantar. Não acredite na teoria da escassez que está sempre excluindo algo, você pode ter tudo que é importante para você, basta ter uma vida equilibrada gastando menos que ganha e investindo adequadamente.

Te desejo uma excelente semana, com o meu abraço do tamanho do Everest.