Águeda Muniz: Uma pausa para refletir sobre as cidades do Brasil

CIDADES EM TRANSFORMAÇÃO

Águeda Muniz: “Uma pausa para refletir sobre as cidades do Brasil”

O IV EMDS e a busca por um desenvolvimento sustentável

Por Tribuna do Ceará em Águeda Muniz

25 de Abril de 2017 às 07:56

Há 7 meses

Por Águeda Muniz

A importância da cidade na contemporaneidade e os desafios a serem vencidos, para torná-la um lugar bom para viver, faz com que o século XXI já se consolide como o “século das cidades”.

Isto significa ter um lugar para morar em condições adequadas, ter um trabalho digno para suprir as demandas de consumo do cotidiano e dispor de espaços de lazer entretenimento para estreitar seus laços sociais e estar de bem com a vida. Tudo interligado por uma rede de acessibilidade que reduza tempo e custo nos deslocamentos.

Alcançar tais requisitos depende de planejamento e controle do ambiente natural e do ambiente construído. Depende também de infraestruturas e de boas práticas que relacionem empreendedorismo, competitividade e geração de negócios urbanos.

Esta semana, em Brasília, está sendo realizada a quarta edição do Encontro dos Municípios para com o Desenvolvimento Sustentável. Os 5.570 municípios brasileiros são chamados a participar deste momento, que traz á tona desafios, melhores práticas, troca de conhecimento… Mais de 15 mil participantes, entre prefeitos, gestores públicos, empresários, instituições internacionais de fomento a projetos e causas que buscam a melhoria de nossas cidades, de nosso país.

Realizado pela Frente Nacional de Prefeitos (FNP), em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), o Encontro dos Municípios com o Desenvolvimento Sustentável (EMDS) é um evento bienal que reúne prefeitas e prefeitos de todo país, além de ministros, parlamentares, secretários municipais e estaduais, pesquisadores, estudantes e integrantes de delegações estrangeiras.

Para quem pensa que discutir o desenvolvimento sustentável ainda é tratar exclusivamente de meio ambiente, engana-se. No IV EMDS, temas como educação, saúde, melhores práticas em gestão pública, finanças municipais, empreendedorismo, compras governamentais, habitação, infraestrutura, meio ambiente, a busca por cidades inteligentes, são alguns dos temas que permeiam o encontro. O tema central é “Reinventar o financiamento e a governança das cidades”.

Esta é a grande questão: como fazer uma cidade competitiva, empreendedora, cumpridora de sua função social, que atenda as necessidades do cidadão e que não sobrecarregue os limites econômico-financeiros dos municípios? Respostas? Certamente não teremos ao final do encontro, mas teremos uma série de ideias passíveis de serem implementadas em nossas cidades.

* Águeda Muniz é Doutora em Arquitetura e Urbanismo e titular da Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente de Fortaleza.

A coluna “Cidades em Transformação” é publicada no Tribuna do Ceará, às terça-feiras, e vai ao ar na Rádio Tribuna BandNews (FM 101.7) às 9h10 de terça-feira.

Publicidade

Dê sua opinião

CIDADES EM TRANSFORMAÇÃO

Águeda Muniz: “Uma pausa para refletir sobre as cidades do Brasil”

O IV EMDS e a busca por um desenvolvimento sustentável

Por Tribuna do Ceará em Águeda Muniz

25 de Abril de 2017 às 07:56

Há 7 meses

Por Águeda Muniz

A importância da cidade na contemporaneidade e os desafios a serem vencidos, para torná-la um lugar bom para viver, faz com que o século XXI já se consolide como o “século das cidades”.

Isto significa ter um lugar para morar em condições adequadas, ter um trabalho digno para suprir as demandas de consumo do cotidiano e dispor de espaços de lazer entretenimento para estreitar seus laços sociais e estar de bem com a vida. Tudo interligado por uma rede de acessibilidade que reduza tempo e custo nos deslocamentos.

Alcançar tais requisitos depende de planejamento e controle do ambiente natural e do ambiente construído. Depende também de infraestruturas e de boas práticas que relacionem empreendedorismo, competitividade e geração de negócios urbanos.

Esta semana, em Brasília, está sendo realizada a quarta edição do Encontro dos Municípios para com o Desenvolvimento Sustentável. Os 5.570 municípios brasileiros são chamados a participar deste momento, que traz á tona desafios, melhores práticas, troca de conhecimento… Mais de 15 mil participantes, entre prefeitos, gestores públicos, empresários, instituições internacionais de fomento a projetos e causas que buscam a melhoria de nossas cidades, de nosso país.

Realizado pela Frente Nacional de Prefeitos (FNP), em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), o Encontro dos Municípios com o Desenvolvimento Sustentável (EMDS) é um evento bienal que reúne prefeitas e prefeitos de todo país, além de ministros, parlamentares, secretários municipais e estaduais, pesquisadores, estudantes e integrantes de delegações estrangeiras.

Para quem pensa que discutir o desenvolvimento sustentável ainda é tratar exclusivamente de meio ambiente, engana-se. No IV EMDS, temas como educação, saúde, melhores práticas em gestão pública, finanças municipais, empreendedorismo, compras governamentais, habitação, infraestrutura, meio ambiente, a busca por cidades inteligentes, são alguns dos temas que permeiam o encontro. O tema central é “Reinventar o financiamento e a governança das cidades”.

Esta é a grande questão: como fazer uma cidade competitiva, empreendedora, cumpridora de sua função social, que atenda as necessidades do cidadão e que não sobrecarregue os limites econômico-financeiros dos municípios? Respostas? Certamente não teremos ao final do encontro, mas teremos uma série de ideias passíveis de serem implementadas em nossas cidades.

* Águeda Muniz é Doutora em Arquitetura e Urbanismo e titular da Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente de Fortaleza.

A coluna “Cidades em Transformação” é publicada no Tribuna do Ceará, às terça-feiras, e vai ao ar na Rádio Tribuna BandNews (FM 101.7) às 9h10 de terça-feira.