Pesquisadores do Ceará desenvolvem controle remoto que acende e desliga as luzes

TECNOLOGIA NA MÃO

Pesquisadores do Ceará desenvolvem controle remoto que acende e desliga as luzes

O ControLamp, criado no IFCE, já está disponível no mercado em várias lojas que vendem produtos eletrônicos

Por Tribuna Bandnews FM em Tecnologia

10 de outubro de 2018 às 07:15

Há 7 dias
controle-remoto

A tecnologia pode ser encontrada no Ceará e no resto do país. (FOTO: Freepik)

Pensando em reaproveitar tecnologias que temos em casa, o Laboratório de Pesquisa Aplicada ao Desenvolvimento em Automação, do Instituto Federal de Educação Tecnológica (IFCE) de Fortaleza, desenvolveu um equipamento que controla remotamente as luzes da casa: é o ControLamp!

O dispositivo, que deve ser instalado na fiação da lâmpada, utiliza transmissão de dados por infravermelho para controlar o acender e desligar das luzes. E tudo na palma da mão!

De acordo com o coordenador do laboratório e professor, Anaxágoras Girão, a ideia durante uma de suas aulas de microcontroladores.

“A ideia é pegar uma tecnologia já consolidada, que é dos controles remotos que estão na nossa casa, e aproveitar essa tecnologia para fazer um sensor inteligente e intuitivo mesmo. É pegar o controle, apontar, e aquele desejo de ligar a lâmpada se realiza apertando uma tecla qualquer. Ela foi implementada pelo aluno juntamente comigo. Ele levou a ideia adiante em termos de patente. E aí, dessa ideia original, surge o ControLamp e ele abre a empresa e hoje o produto atinge o mercado local e nacional”, disse Anaxágoras Girão, em entrevista à Rádio Tribuna Band News FM.

O controle é aquele que você já tem: o da TV ou DVD. Ainda segundo Anaxágoras Girão, é esperado que essa automação se adapte a vários aparelhos eletrônicos.

“Essa sempre foi a nossa ideia. Tanto que a gente começou com ventilador, depois pra lâmpada, tem a ideia de fazer a luminária… Nossa ideia, hoje, é realmente transformar essa ideia que nasceu dentro da universidade e foi para uma start-up, transformar em sucesso de mercado. Porque é daí, do ControLamp e das suas vendas, que vão ser financiados os outros produtos”, explicou o professor.

Facilitar a vida das pessoas com pouca acessibilidade é o principal objetivo do produto que já está disponível no mercado em várias lojas que vendem produtos eletrônicos.

Confira a reportagem de Ítalo Alcântara, da Tribuna Band News FM.

Publicidade

Dê sua opinião

TECNOLOGIA NA MÃO

Pesquisadores do Ceará desenvolvem controle remoto que acende e desliga as luzes

O ControLamp, criado no IFCE, já está disponível no mercado em várias lojas que vendem produtos eletrônicos

Por Tribuna Bandnews FM em Tecnologia

10 de outubro de 2018 às 07:15

Há 7 dias
controle-remoto

A tecnologia pode ser encontrada no Ceará e no resto do país. (FOTO: Freepik)

Pensando em reaproveitar tecnologias que temos em casa, o Laboratório de Pesquisa Aplicada ao Desenvolvimento em Automação, do Instituto Federal de Educação Tecnológica (IFCE) de Fortaleza, desenvolveu um equipamento que controla remotamente as luzes da casa: é o ControLamp!

O dispositivo, que deve ser instalado na fiação da lâmpada, utiliza transmissão de dados por infravermelho para controlar o acender e desligar das luzes. E tudo na palma da mão!

De acordo com o coordenador do laboratório e professor, Anaxágoras Girão, a ideia durante uma de suas aulas de microcontroladores.

“A ideia é pegar uma tecnologia já consolidada, que é dos controles remotos que estão na nossa casa, e aproveitar essa tecnologia para fazer um sensor inteligente e intuitivo mesmo. É pegar o controle, apontar, e aquele desejo de ligar a lâmpada se realiza apertando uma tecla qualquer. Ela foi implementada pelo aluno juntamente comigo. Ele levou a ideia adiante em termos de patente. E aí, dessa ideia original, surge o ControLamp e ele abre a empresa e hoje o produto atinge o mercado local e nacional”, disse Anaxágoras Girão, em entrevista à Rádio Tribuna Band News FM.

O controle é aquele que você já tem: o da TV ou DVD. Ainda segundo Anaxágoras Girão, é esperado que essa automação se adapte a vários aparelhos eletrônicos.

“Essa sempre foi a nossa ideia. Tanto que a gente começou com ventilador, depois pra lâmpada, tem a ideia de fazer a luminária… Nossa ideia, hoje, é realmente transformar essa ideia que nasceu dentro da universidade e foi para uma start-up, transformar em sucesso de mercado. Porque é daí, do ControLamp e das suas vendas, que vão ser financiados os outros produtos”, explicou o professor.

Facilitar a vida das pessoas com pouca acessibilidade é o principal objetivo do produto que já está disponível no mercado em várias lojas que vendem produtos eletrônicos.

Confira a reportagem de Ítalo Alcântara, da Tribuna Band News FM.