Pais criam “Whatsapp das Escolas" para facilitar a comunicação entre colégio e famílias
CLASSAPP

Pais criam “Whatsapp das Escolas” para facilitar a comunicação entre colégio e famílias

A ferramenta ClassApp já é usada por escolas no Brasil e no exterior, e será lançada esse mês em Fortaleza. O Colégio Master é o primeiro a aderir

Por Tribuna do Ceará em Tecnologia

8 de março de 2017 às 07:00

Há 3 semanas

O ClassApp facilita a comunicação dos pais com a escola. (FOTO: Divulgação)

Desde que foram incluídos na nossa rotina, os aplicativos têm facilitado o dia a dia no trabalho, em casa e até com as crianças na escola. Os apps de mensagem, por exemplo, permitem uma facilidade na comunicação.

Percebendo isso, dois pais, engenheiros da USP e da Unicamp, de São Paulo, criaram uma ferramenta, semelhante ao “Whatsapp”, que permite contato entre a família e a escola. Assim, os comunicados dirigidos aos pai não se perderiam mais.

O aplicativo será lançado em Fortaleza entre os dias 12 e 17 de março, e o Colégio Master foi o primeiro a adotar o sistema.

No mercado há cerca de dois anos, o ClassApp está presente hoje no cotidiano de cerca de 270 instituições de ensino de todo Brasil, o que significa reportar a rotina escolar entre mais de 150 mil estudantes e famílias. A ferramenta também já é usada por alunos do Canadá e da Noruega e vem sendo estudada por instituições de ensino da Rússia, Portugal e Emirados Árabes.

Vahid Sherafat, co-fundador e CEO da ClassApp, explica que embora o funcionamento da ferramenta seja simples e intuitivo, ela foi totalmente pensada e adaptada para atender as demandas das instituições de ensino, justamente por ter sido criada para preencher essa lacuna no tradicional formato de comunicação usado pela escola dos seus filhos.

“Por um lado, eu via colégio se esforçando para garantir a eficiência das mensagens enviadas, mas, nem sempre usando estratégias alinhadas com a dinâmica veloz de um mundo conectado. E por outro, eu e minha esposa, cada vez mais habituados com a praticidade das novas ferramentas tecnológicas, mas que não dispunham da mesma simplicidade e facilidade na hora de falar com a escola”, conta.

Diante deste cenário, ele se juntou ao cunhado, hoje sócio e CTO da empresa, e passaram ambos a trabalhar na concepção de um produto que pudesse solucionar esta demanda, levando em consideração aspectos importantes para os dois lados envolvidos neste processo.

Com o app, as escolas podem compartilhar, em tempo real, tanto comunicados gerais, como eventos e reuniões, como mensagens específicas de cada aluno ou turma e enviá-las diretamente aos pais, estudantes, professores ou equipe. Da mesma forma, as famílias também podem interagir com qualquer departamento da escola através da ferramenta.

Para garantir que a mensagem chegue ao destinatário, o sistema usado pelo app é capaz de identificar o recebimento e a leitura das mensagens de forma instantânea e, caso necessário, redireciona o conteúdo via e-mail, SMS ou telefone. O aplicativo ainda permite o envio de fotos, documentos em PDF, enquetes interativas e relatórios detalhados para reportar detalhes da rotina escolar de cada aluno.

Outra novidade trazida pelo ClassApp é adoção da assinatura digital (com amparo em Lei) para validar circulares ou autorizações.

Vahid Sherafat e Samin Shams criaram o app. (FOTO: Divulgação)

O ClassApp é gratuito para os estudantes e as famílias, que tem acesso liberado à ferramenta a partir de um código de segurança. O pagamento pelo uso do aplicativo é feito mensalmente pelas instituições de ensino, com valores que variam de acordo com o número de estudantes cadastrados.

“Para os pais, o ClassApp possibilita uma interação fácil e instantânea com a escola de um jeito muito prático e seguro. Já para as escolas, há ganhos em eficiência e na otimização no processo de gerenciamento dos comunicados, além dos benefícios inestimáveis ao abrir um canal de comunicação online seguro e privado com as famílias”, afirma Sherafat.

Para 2017, além de ampliar sua atuação em escolas no exterior, a empresa começa a mirar outros segmentos cuja comunicação e relacionamento são primordiais, tais como academias de ginastica, clubes, universidades, médicos, entre outros.

Publicidade

Dê sua opinião

CLASSAPP

Pais criam “Whatsapp das Escolas” para facilitar a comunicação entre colégio e famílias

A ferramenta ClassApp já é usada por escolas no Brasil e no exterior, e será lançada esse mês em Fortaleza. O Colégio Master é o primeiro a aderir

Por Tribuna do Ceará em Tecnologia

8 de março de 2017 às 07:00

Há 3 semanas

O ClassApp facilita a comunicação dos pais com a escola. (FOTO: Divulgação)

Desde que foram incluídos na nossa rotina, os aplicativos têm facilitado o dia a dia no trabalho, em casa e até com as crianças na escola. Os apps de mensagem, por exemplo, permitem uma facilidade na comunicação.

Percebendo isso, dois pais, engenheiros da USP e da Unicamp, de São Paulo, criaram uma ferramenta, semelhante ao “Whatsapp”, que permite contato entre a família e a escola. Assim, os comunicados dirigidos aos pai não se perderiam mais.

O aplicativo será lançado em Fortaleza entre os dias 12 e 17 de março, e o Colégio Master foi o primeiro a adotar o sistema.

No mercado há cerca de dois anos, o ClassApp está presente hoje no cotidiano de cerca de 270 instituições de ensino de todo Brasil, o que significa reportar a rotina escolar entre mais de 150 mil estudantes e famílias. A ferramenta também já é usada por alunos do Canadá e da Noruega e vem sendo estudada por instituições de ensino da Rússia, Portugal e Emirados Árabes.

Vahid Sherafat, co-fundador e CEO da ClassApp, explica que embora o funcionamento da ferramenta seja simples e intuitivo, ela foi totalmente pensada e adaptada para atender as demandas das instituições de ensino, justamente por ter sido criada para preencher essa lacuna no tradicional formato de comunicação usado pela escola dos seus filhos.

“Por um lado, eu via colégio se esforçando para garantir a eficiência das mensagens enviadas, mas, nem sempre usando estratégias alinhadas com a dinâmica veloz de um mundo conectado. E por outro, eu e minha esposa, cada vez mais habituados com a praticidade das novas ferramentas tecnológicas, mas que não dispunham da mesma simplicidade e facilidade na hora de falar com a escola”, conta.

Diante deste cenário, ele se juntou ao cunhado, hoje sócio e CTO da empresa, e passaram ambos a trabalhar na concepção de um produto que pudesse solucionar esta demanda, levando em consideração aspectos importantes para os dois lados envolvidos neste processo.

Com o app, as escolas podem compartilhar, em tempo real, tanto comunicados gerais, como eventos e reuniões, como mensagens específicas de cada aluno ou turma e enviá-las diretamente aos pais, estudantes, professores ou equipe. Da mesma forma, as famílias também podem interagir com qualquer departamento da escola através da ferramenta.

Para garantir que a mensagem chegue ao destinatário, o sistema usado pelo app é capaz de identificar o recebimento e a leitura das mensagens de forma instantânea e, caso necessário, redireciona o conteúdo via e-mail, SMS ou telefone. O aplicativo ainda permite o envio de fotos, documentos em PDF, enquetes interativas e relatórios detalhados para reportar detalhes da rotina escolar de cada aluno.

Outra novidade trazida pelo ClassApp é adoção da assinatura digital (com amparo em Lei) para validar circulares ou autorizações.

Vahid Sherafat e Samin Shams criaram o app. (FOTO: Divulgação)

O ClassApp é gratuito para os estudantes e as famílias, que tem acesso liberado à ferramenta a partir de um código de segurança. O pagamento pelo uso do aplicativo é feito mensalmente pelas instituições de ensino, com valores que variam de acordo com o número de estudantes cadastrados.

“Para os pais, o ClassApp possibilita uma interação fácil e instantânea com a escola de um jeito muito prático e seguro. Já para as escolas, há ganhos em eficiência e na otimização no processo de gerenciamento dos comunicados, além dos benefícios inestimáveis ao abrir um canal de comunicação online seguro e privado com as famílias”, afirma Sherafat.

Para 2017, além de ampliar sua atuação em escolas no exterior, a empresa começa a mirar outros segmentos cuja comunicação e relacionamento são primordiais, tais como academias de ginastica, clubes, universidades, médicos, entre outros.