Encontro de hackers em Fortaleza mostrará que urna eletrônica pode ser burlada

ELEIÇÕES 2016

Encontro de hackers em Fortaleza mostrará que urna eletrônica pode ser burlada

A Roadsec vai discutir novas técnicas de invasão de sistemas e questionar a segurança do voto eletrônico

Por Roberta Tavares em Tecnologia

27 de Abril de 2016 às 06:30

Há 2 anos
Evento será realizado no sábado (FOTO: Flickr/Creative Commons/FranciscoBeriao)

Evento será realizado no sábado (FOTO: Flickr/Creative Commons/FranciscoBeriao)

O maior evento de hacking e tecnologia do continente, a Roadsec, vai questionar a segurança das urnas usadas nas eleições no Brasil. Neste ano, o painel de conteúdo das palestras da edição cearense, no próximo sábado (30), trará um tema ácido. Os principais palestrantes vão discutir novas técnicas de invasão e debater a segurança do voto eletrônico.

O evento vai expandir o público por meio da inclusão social. A temporada 2016, que passará por 15 capitais brasileiras durante o ano, inaugurará o programa RoadAccess-Morphus, que vai viabilizar a participação de surdos no evento.

Em parceria com a Morphus Segurança da Informação, equipes de intérpretes de Libras darão apoio para que, pela primeira vez, hackers e amantes de tecnologia surdos possam acompanhar as palestras sobre sobre tendências do universo hacker e participar de oficinas interativas.

Além disso, eles poderão disputar os dois campeonatos de hacking mais relevantes da América do Sul: o Hackaflag, maior campeonato brasileiro de hacking; e a CryptoRace, maior gincana de criptografia do Brasil. Os melhores em cada competição ganharão uma viagem com tudo pago para São Paulo e poderão disputar a grande final, em novembro, e conseguir o título de melhor hacker do país. Confira a programação completa.

Serviço:
Data: 30 de abril, das 10h às 18h
Local: Faculdade Farias Brito (Rua Castro Monte, 1364 – Varjota)
Ingressos: R$ 80 (inteira) e R$ 40 (meia entrada)

Publicidade

Dê sua opinião

ELEIÇÕES 2016

Encontro de hackers em Fortaleza mostrará que urna eletrônica pode ser burlada

A Roadsec vai discutir novas técnicas de invasão de sistemas e questionar a segurança do voto eletrônico

Por Roberta Tavares em Tecnologia

27 de Abril de 2016 às 06:30

Há 2 anos
Evento será realizado no sábado (FOTO: Flickr/Creative Commons/FranciscoBeriao)

Evento será realizado no sábado (FOTO: Flickr/Creative Commons/FranciscoBeriao)

O maior evento de hacking e tecnologia do continente, a Roadsec, vai questionar a segurança das urnas usadas nas eleições no Brasil. Neste ano, o painel de conteúdo das palestras da edição cearense, no próximo sábado (30), trará um tema ácido. Os principais palestrantes vão discutir novas técnicas de invasão e debater a segurança do voto eletrônico.

O evento vai expandir o público por meio da inclusão social. A temporada 2016, que passará por 15 capitais brasileiras durante o ano, inaugurará o programa RoadAccess-Morphus, que vai viabilizar a participação de surdos no evento.

Em parceria com a Morphus Segurança da Informação, equipes de intérpretes de Libras darão apoio para que, pela primeira vez, hackers e amantes de tecnologia surdos possam acompanhar as palestras sobre sobre tendências do universo hacker e participar de oficinas interativas.

Além disso, eles poderão disputar os dois campeonatos de hacking mais relevantes da América do Sul: o Hackaflag, maior campeonato brasileiro de hacking; e a CryptoRace, maior gincana de criptografia do Brasil. Os melhores em cada competição ganharão uma viagem com tudo pago para São Paulo e poderão disputar a grande final, em novembro, e conseguir o título de melhor hacker do país. Confira a programação completa.

Serviço:
Data: 30 de abril, das 10h às 18h
Local: Faculdade Farias Brito (Rua Castro Monte, 1364 – Varjota)
Ingressos: R$ 80 (inteira) e R$ 40 (meia entrada)