Cearense cria sistema de distribuição de água mineral predial que evita uso de garrafões


Cearense cria sistema de distribuição de água mineral predial que evita uso de garrafões

Você está cansado de trocar o garrafão de água de casa quando fica vazio? Empresa cearense desenvolveu um processo inspirado no sistema de gás predial

Por Hayanne Narlla em Tecnologia

17 de Março de 2015 às 11:00

Há 4 anos
Bebedouro do sistema Blu não precisa de garrafão (FOTO: Hayanne Narlla/ Tribuna do Ceará)

Bebedouro do sistema Blu não precisa de garrafão (FOTO: Hayanne Narlla/ Tribuna do Ceará)

Água mineral disponível 24 horas, sem se preocupar em trocar garrafões de plástico. Era esse o sonho do empresário cearense Henrique Hissa, que resolveu colocar em prática uma ideia inovadora: utilizar um sistema de distribuição de água potável inspirado no de gás predial. Deu certo! Em 2005, surgia a empresa Blu, a primeira a desenvolver o modo de abastecimento de água em prédio.

A moda pegou, e hoje 112 condomínios em Fortaleza já contam com o sistema. Além disso, há 20 prédios de Natal que adquiriram a inovação. Para a implantação do Blu, são necessários no mínimo 20 moradores. Dessa forma, fica viável a instalação em casas.

Henrique ressalta que, ao implantar o Blu nas atuais construções, os imóveis ficaram mais valorizados no momento da revenda. “Antes, o empreendimento contar com o sistema de abastecimento predial de água mineral era visto como um diferencial. Hoje, essa relação mudou para se tornar algo essencial. Os próprios consumidores já exigem essa praticidade”, constata.

Síndico experimenta água de sistema predial (FOTO: Hayanne Narlla/ Tribuna do Ceará)

Síndico experimenta água de sistema predial (FOTO: Hayanne Narlla/ Tribuna do Ceará)

Experiência

O Tribuna do Ceará foi até um condomínio que já conta com o serviço. O San Carlo, localizado na Rua Carlos Vasconcelos, em Fortaleza, tem 22 andares, sendo dois apartamentos a cada um, e já foi construído com o sistema.

O síndico Paulo Teodoro conta que todos os moradores aprovam. E salienta que só usa quem quer; quem não quiser pode voltar a adquirir garrafões. No fim do mês, a conta é enviada para cada morador, sendo responsável somente pelo consumo de seu imóvel. Cada apartamento possui um medidor individual e um bebedouro, com água gelada, natural e quente.

Abastecimento

A água sai da fonte de Serra Grande (Serra de Ibiapaba), para serem abastecidos os reservatórios instalados no alto dos edifícios. Os reservatórios dos caminhões-tanques e dos edifícios são de aço inox, mantendo as propriedades da água. Na hora do abastecimento, sempre há um tecnólogo de alimentos para assegurar que o líquido não será contaminado.

Confira imagens

Sistema Blu
1/3

Sistema Blu

Caminhão estaciona para fazer abastecimento (FOTO: Hayanne Narlla/ Tribuna do Ceará)

Sistema Blu
2/3

Sistema Blu

Tecnóloga de alimentos conecta a mangueira para evitar contaminação (FOTO: Hayanne Narlla/ Tribuna do Ceará)

Sistema Blu
3/3

Sistema Blu

Morador utiliza água direto do bebedouro com sistema de distribuição (FOTO: Hayanne Narlla/ Tribuna do Ceará)

Publicidade

Dê sua opinião

Cearense cria sistema de distribuição de água mineral predial que evita uso de garrafões

Você está cansado de trocar o garrafão de água de casa quando fica vazio? Empresa cearense desenvolveu um processo inspirado no sistema de gás predial

Por Hayanne Narlla em Tecnologia

17 de Março de 2015 às 11:00

Há 4 anos
Bebedouro do sistema Blu não precisa de garrafão (FOTO: Hayanne Narlla/ Tribuna do Ceará)

Bebedouro do sistema Blu não precisa de garrafão (FOTO: Hayanne Narlla/ Tribuna do Ceará)

Água mineral disponível 24 horas, sem se preocupar em trocar garrafões de plástico. Era esse o sonho do empresário cearense Henrique Hissa, que resolveu colocar em prática uma ideia inovadora: utilizar um sistema de distribuição de água potável inspirado no de gás predial. Deu certo! Em 2005, surgia a empresa Blu, a primeira a desenvolver o modo de abastecimento de água em prédio.

A moda pegou, e hoje 112 condomínios em Fortaleza já contam com o sistema. Além disso, há 20 prédios de Natal que adquiriram a inovação. Para a implantação do Blu, são necessários no mínimo 20 moradores. Dessa forma, fica viável a instalação em casas.

Henrique ressalta que, ao implantar o Blu nas atuais construções, os imóveis ficaram mais valorizados no momento da revenda. “Antes, o empreendimento contar com o sistema de abastecimento predial de água mineral era visto como um diferencial. Hoje, essa relação mudou para se tornar algo essencial. Os próprios consumidores já exigem essa praticidade”, constata.

Síndico experimenta água de sistema predial (FOTO: Hayanne Narlla/ Tribuna do Ceará)

Síndico experimenta água de sistema predial (FOTO: Hayanne Narlla/ Tribuna do Ceará)

Experiência

O Tribuna do Ceará foi até um condomínio que já conta com o serviço. O San Carlo, localizado na Rua Carlos Vasconcelos, em Fortaleza, tem 22 andares, sendo dois apartamentos a cada um, e já foi construído com o sistema.

O síndico Paulo Teodoro conta que todos os moradores aprovam. E salienta que só usa quem quer; quem não quiser pode voltar a adquirir garrafões. No fim do mês, a conta é enviada para cada morador, sendo responsável somente pelo consumo de seu imóvel. Cada apartamento possui um medidor individual e um bebedouro, com água gelada, natural e quente.

Abastecimento

A água sai da fonte de Serra Grande (Serra de Ibiapaba), para serem abastecidos os reservatórios instalados no alto dos edifícios. Os reservatórios dos caminhões-tanques e dos edifícios são de aço inox, mantendo as propriedades da água. Na hora do abastecimento, sempre há um tecnólogo de alimentos para assegurar que o líquido não será contaminado.

Confira imagens

Sistema Blu
1/3

Sistema Blu

Caminhão estaciona para fazer abastecimento (FOTO: Hayanne Narlla/ Tribuna do Ceará)

Sistema Blu
2/3

Sistema Blu

Tecnóloga de alimentos conecta a mangueira para evitar contaminação (FOTO: Hayanne Narlla/ Tribuna do Ceará)

Sistema Blu
3/3

Sistema Blu

Morador utiliza água direto do bebedouro com sistema de distribuição (FOTO: Hayanne Narlla/ Tribuna do Ceará)