Posts com a tag: Instituto Penal Paulo Sarasate

 

Presídio mais antigo do Estado será desativado

Nesta quinta-feira, 15, a Sejus a desativação total do IPPS, em Aquiraz fazendo a transferência dos 290 presos para outras unidades de Fortaleza

© Local Foto_FO_5195

IPPS (FOTO: Falcão Jr.)

A Secretaria da Justiça e Cidadania do Ceará (Sejus-CE) realiza na manhã desta quinta-feira (15), a partir de 9h, a desativação total do Instituto Penal Paulo Sarasate (IPPS), em Aquiraz, fazendo a transferência dos 290 presos para outras unidades da Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Este é o terceiro prédio totalmente desativado nesta gestão da Secretaria da Justiça e Cidadania por não apresentar condições de segurança e de direitos humanos aos apenados.

O Instituto Penal Paulo Sarasate era o mais antigo presídio do Estado que estava ainda em funcionamento. A estrutura da unidade, que completaria 43 anos no próximo domingo (dia 18), não atendia mais aos critérios de edificação prisional brasileira definidos pelo Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária (CNPCP) e pelo Departamento Penitenciário Nacional (Depen).

“A desativação do IPPS é um marco histórico para a efetivação da luta dos direitos humanos, um ato simbólico que ratifica a importância de dar dignidade a custódia da pessoa presa e marca o momento de modernização do sistema prisional cearense. Com este feito, a Sejus reafirma o compromisso com os privados de liberdade e seus familiares, bem como com a segurança prisional em prol da sociedade”, esclarece a secretária da Justiça e Cidadania do Ceará, Mariana Lobo.

A unidade passava por um longo processo de esvaziamento, tendo sido interditada algumas vezes pela Justiça. Em 03 março de 2010, o juiz titular da Vara de Execução Penal e Corregedoria de Presídios do Fórum Clóvis Beviláqua, Luiz Bessa Neto, determinou a interdição do Instituto Penal Paulo Sarasate (IPPS) e fixou o prazo de dois anos para que a unidade fosse desativada, tendo à época 1.116 presos, ficando proibido assim o recebimento de internos. Em 15 de janeiro de 2013, a Justiça prorrogou em 10 meses o prazo para a desativação total da unidade, previsto para outubro de 2013.

A Coordenadoria do Sistema Penitenciário e a Polícia Militar são responsáveis pela operação de desativação, que conta com a participação de 50 agentes penitenciários do Núcleo de Segurança e Disciplina, 30 agentes penitenciários do Grupo de Apoio Penitenciário (GAP), 110 policiais militares do Batalhão de Choque, Canil, Gate e Batalhão de Policiamento e Guarda dos Presídios, além de três equipes de Coordenadoria de Inteligência da Secretaria da Justiça e Cidadania. Os 290 presos do IPPS serão alocados em outras unidades penitenciárias da Região Metropolitana de Fortaleza, de acordo com a classificação de cada uma delas.

Classificação das unidades prisionais

A Secretaria da Justiça e Cidadania vem trabalhando na definição do perfil de cada unidade prisional da RMF por meio de uma classificação que permita separar os presos por grau de periculosidade, natureza do delito e regime.

Conforme normatização das unidades penitenciárias feita pela Coordenadoria do Sistema Penitenciário (Cosipe), há unidades específicas para o cumprimento dos regimes semiaberto, fechado e provisório, uma unidade para presos com perfil de réu primário, alas específicas para presos que respondem a delitos contra a mulher ou sexuais. Há também unidades cuja classificação não leva em conta o regime e sim o nível de periculosidade.

Por medidas de segurança penitenciária, esta classificação não será publicizada, mas a Coordenadoria do Sistema Penitenciário tem trabalhado de maneira célere e silenciosa para diminuir as tensões no cárcere.

Desde março de 2013, os presos do sistema penitenciário estão sendo realocadas nos estabelecimentos prisionais classificados pela Cosipe, observando características supracitadas como periculosidade, situação judicial e natureza do crime. Atualmente, todos os presos da Região Metropolitana de Fortaleza recebidos das delegacias também passam pela avaliação da Comissão de Avaliação, Transferência e Gestão de Vagas (CATVA) que determina o perfil do interno e define qual unidade será destinado.

“A reclassificação das unidades é um feito importante no sistema penitenciário cearense e um dos pilares nas políticas de reinserção social do apenado, prioridade desta gestão da Sejus”, atesta Mariana Lobo.

História

O IPPS foi inaugurado em 18 de agosto de 1970, pelo então presidente da República general Emílio Garrastazu Médici, com capacidade para 400 internos. Nas décadas de 80 e 90, o IPPS teve sua capacidade ampliada para 940 vagas, mas chegou a receber cerca de 1500 internos. Em agosto de 2013, uma solenidade foi realizada na guarita do Complexo Penitenciária do Aquiraz, onde foi descerrada uma placa simbolizando um pedido formal de desculpas do Governo do Estado do Ceará aos ex-presos políticos que ficaram reclusos no Instituto Penal Paulo Sarasate (IPPS) entre os anos de 1970 e 1979.

Presos fogem de anexo do IPPS

Detentos do Presídio Militar, anexo ao Instituto Penal Paulo Sarasate (IPPS) fugiram na madrugada desta sexta-feira (27). Segundo a polícia, pelo menos quatro homens conseguiram escapar após serrar as grades das celas. Acompanhe a perseguição policial aos foragidos.

Imagem de Amostra do You Tube Imagem de Amostra do You Tube

Detentos serram grades de cela e fogem de presídio no Ceará

A polícia registrou fuga de quatro presos, na madrugada desta sexta-feira (26), do presídio militar que fica anexo ao Instituto Penal Paulo Sarasate (IPPS), em Itaitinga, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF)

A polícia registrou fuga de quatro presos, na madrugada desta sexta-feira (26), do presídio militar que fica anexo ao Instituto Penal Paulo Sarasate (IPPS), em Itaitinga, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF).

Segundo policiais, os detentos serraram as grades de uma cela e conseguiram fugir para um matagal que fica ao lado do prédio. A polícia realizou diligências, mas, até o início da manhã desta sexta, nenhum preso tinha sido recapturado.

Usuário assassinado

Um usuário de drogas foi assassinado a tiros na madrugada desta sexta-feira (27) na Rua 14, no bairro Barroso I, em Fortaleza.  Carlos Tomás dos Santos, de 25 anos, foi morto por dívidas com o tráfico de drogas, segundo a polícia. Nenhum suspeito foi preso.

Perseguição e troca de tiros

A polícia prendeu, na madrugada desta sexta-feira (27), três pessoas acusadas de realizar assaltos na área do bairro Pirambu. De acordo com policiais, no momento da abordagem, os acusados, que estavam em um carro roubado, tentaram fugir e trocaram tiros com a polícia. Após a fuga de carro, os assaltantes tentaram abandonar o veículo e fugiram a pé.

Três deles, no entanto, acabaram sendo presos e outro fugiu. Fernando Sérgio do Nascimento, de 32 anos, e Ingredi Rafaele da Guia Lopes, de 20 anos, foram presos em flagrante e levados para o 7º DP, no bairro Carlito Pamplona. Já a adolescente de 16 anos foi atingida com um tiro nas costas e levada para o Instituto Doutor José Frota (IJF), atendida e apreendida posteriormente.

Leia mais:
Mais uma fuga é registrada na CPPL III

Polícia prende quatro pessoas com 7kg de crack na caixa de som do carro

 Redação Jangadeiro Online, com informações do repórter Nilson Bezerra

Polícia frusta fuga de bandidos no IPPS

Um grupo de presos tentou fugir, na noite desta quinta-feira (6), do Pavilhão 7 do Instituto Penal Paulo Sarasate (IPPS), em Aquiraz. No momento, a polícia percebeu o movimento dos bandidos e logo conseguiu evitar a fuga

Um grupo de presos tentou fugir, na noite desta quinta-feira (6), do Pavilhão 7 do Instituto Penal Paulo Sarasate (IPPS), em Aquiraz, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). No momento, a polícia percebeu o movimento dos bandidos e logo conseguiu evitar a fuga.

Segundo a Secretaria da Justiça do Ceará (Sejus), um preso ficou ferido e foi encaminhado ao Frotinha de Messejana. O detendo recebeu atendimento médico e já retornou para a prisão. Por conta da tentativa de fuga, as celas e os presos do IPPS devem passar por uma vistoria.

Leia mais:
Detentos fogem de Cadeia Pública de Aquiraz pelo telhado

Redação Jangadeiro Online, com informações da Sejus

Confirmada a fuga de três bandidos do IPPS na madrugada do sábado

Novas inspeções serão realizadas na busca dos detentos

A Secretaria de Justiça do Estado do Ceará informa que três bandidos de alta periculosidade presos no Instituto Penal Paulo Sarasate (IPPS) estão desaparecidos desde a madrugada do sábado (21). O caso está sob investigação.

Em conversa com a produção do Jangadeiro Online, o Coordenador do Sistema Penitenciário do Ceará, Bento Laurindo, informou que após uma inspeção realizada na tarde do sábado, por volta das três e meia da tarde, os presos Francisco Fabiano da Silva Aquino, o Fabinho da Pavuna, condenado por assaltos a banco; Francisco Márcio Teixeira Perdigão, sequestrador; e José Silvério, não foram encontrados em suas celas.

As primeiras informações que vazaram sobre uma possível fuga no IPPS davam conta também de que o português Luís Miguel Militão Nunes Guerreiro, acusado de planejar a morte de seis compatriotas numa barraca de praia, também teria sumido. No entanto, Bento Laurindo afirma que o estrangeiro foi identificado na inspeção de ontem à tarde.

Não foram encontrados túneis nem buracos nas muralhas do presídio, o que reforça a suspeita de que possa ter ocorrido uma fuga através dos portões de acesso do IPPS. As autoridades ainda trabalham com a hipótese de que os três ainda possam estar escondidos dentro do IPPS, mas reconhecem que essa possibilidade é remota.

“Há um indicativo forte de que eles fugiram uniformizados (com roupas de policiais militares)”, adianta Bento Laurindo.

O IPPS fará uma nova inspeção neste domingo, em horário estratégico, pois é o dia de visitas, para recontagem de presos e confirmação das fugas.

Com informações do repórter Jeovani Silva e da produtora Déborah Vanessa

Mães idosas recebem homenagem nesta quarta-feira no Paulo Sarasate

A iniciativa marca as comemorações alusivas ao Dia das Mães

O Governo do Estado, com o apoio do Corpo de Bombeiros realiza nesta quarta-feira (12), das 15 horas às 17 horas, no Ginásio Paulo Sarasate, uma programação festiva em homenagem às idosas participantes do Projeto Saúde, Bombeiro e Sociedade.

A iniciativa da primeira dama Maria Célia Habib Moura Ferreira Gomes marca as comemorações alusivas ao Dia das Mães. A festa será animada pela Banda Cacimba de Aluá, do músico cearense, Dilson Pinheiro.

O projeto, que foi implantado em 2003, no bairro Jardim Iracema conta, atualmente, com 357 núcleos em Fortaleza e Região Metropolitana e em alguns municípios do Interior do Estado – São Gonçalo do Amarante, Juazeiro do Norte, Crato, Crateús, Iguatu, Limoeiro do Norte, Barbalha, Sobral, Hidrolândia, Pindoretama, Guaiúba, Redenção, Canindé e Russas.

Aproximadamente 60 mil pessoas idosas são beneficiadas com atividades físicas de baixo impacto, recreativas, orientadas por bombeiros, objetivando ofertar aos participantes, momentos de recreação e saúde, na perspectiva de inclusão social e cidadania.

Materiais ilícitos são apreendidos no IPPS

A vistoria foi realizada por policiais na última quinta-feira

Uma vistoria realizada, na última quinta-feira (12), nas dependências do Instituto Penal Paulo Sarasate (IPPS), localizado em Aquiraz, na Região Metropolitana de Fortaleza, resultou na apreensão de materiais proibidos, como celulares, drogas, 100 comprimidos psicotrópicos e 100 litros de goró (cachaça artesanal).

A operação foi realizada por cinco policiais da 2ª Companhia de Guarda, 15 agentes da equipe A e contou com o apoio de 10 agentes do Núcleo de Segurança e Disciplina (Nudis).

Com informações do Nudis

Página 1 de 11